21 de julho de 2024

Paulo Afonso: Oposição derruba 1ª tentativa do Governo para executar R$ 10 milhões em obras, incluindo conclusão da sede da Justiça Federal

Por

Redação, sitepa4

Vereadores Leco (líder da bancada governista), Jean Roubert (líder da oposição) e o juiz federal João Paulo Piropo. Fotos: Câmara de Paulo Afonso.

 

A Câmara de Paulo Afonso reprovou, por 7 votos contra 5, o pedido de dispensa das formalidades feito pelo vereador Leco (PP), líder do governo, para colocar em votação nesta segunda-feira, 6 de maio, dois Projetos de Lei para crédito adicional suplementar. Os projetos seguirão agora o trâmite normal e serão encaminhados para as comissões competentes.

R$ 6.9 milhões para concluir sede da Justiça Federal

No primeiro PL, o Governo Municipal pede a liberação de R$ 6.906.114,32 (seis milhões, novecentos e seis mil, cento e quatorze reais e trinta e dois centavos), destinados à continuidade da construção da sede própria da Justiça Federal. Nem mesmo a presença e o discurso do juiz federal João Paulo Piropo foram suficientes para convencer a Oposição a liberar o recurso.

Segundo PL: R$ 3.219.554,52 para 7 obras

  1. Pavimentação em paralelepípedos de vias urbanas em diversos bairros: Barroca, BTN 3, Alves de Souza, Vila Nobre (Chesf), Jardim Aeroporto, Pedra Comprida e Dom Mário Zanetta – Valor (R$ 350.025,05)
  2. Recuperação asfáltica em vias públicas – Valor (R$ 550.000,00)
  3. Complementação da reforma e ampliação do Mercado Público – Valor (R$ 197.330,00)
  4. Canteiro lateral do Ceasa até Polícia Rodoviária Federal – Valor (R$ 350.000,00)
  5. Continuidade do serviço de reforma e ampliação do Estádio de Futebol Álvaro de Carvalho (antigo Ruberleno de Oliveira) – Valor (R$ 531.412,00)
  6. Construção de 30 unidades habitacionais de interesse social – Valor (R$ 650.000,00)
  7. Cascalho compactado em estradas vicinais nos povoados Riacho, Xingozinho, BA-210 e o trevo Várzea/Juá – Valor (R$ 590.787,47)

Os recursos são o restante do empréstimo que o Município contraiu junto à Caixa Econômica Federal no valor de R$ 80 milhões em 2019. “Os valores serão consignados para honrar pagamentos dos contratos em execução firmados com o Município”, disse a Prefeitura.

7 vereadores votaram contra a votação antecipada os projetos:

  • Jean Roubert (PSD)
  • Pedro Macário (PSDB)
  • Paulo Tatu (PSD)
  • Leda Chaves (PSDB)
  • Bero do Jardim Bahia (PSD)
  • Gilmário Marinho (PSD)
  • Keko do Benone (Avante)

5 vereadores votaram a favor da dispensa das formalidades para votação dos projetos:

  • Leco (PP)
  • Jailson Oliveira (PP)
  • Valmir Rocha (PCdoB)
  • Zezinho do INSS (PP)
  • Bero do Jardim Aeroporto (PRD)
Vereadores Leco (líder da bancada governista), Jean Roubert (líder da oposição) e o juiz federal João Paulo Piropo. Fotos: Câmara de Paulo Afonso.

 

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!