21 de abril de 2024

Vazão de Xingó poderá ser ampliada para conter avanço de petróleo no Velho Chico

Por

REDAÇÃO - PA4.COM.BR

Usina de Xingó – Foto: Divulgação.



 

 

A Agência Nacional de Água (ANA) disse na última sexta-feira (11) que existe a possibilidade de se usar as águas do Rio Francisco para evitar a contaminação do próprio rio pela mancha de petróleo avistada em diversas localidades do litoral da Região Nordeste.

 

Nesta semana, foram encontradas manchas de óleo na foz do Rio São Francisco em Alagoas.

 

Segundo a ANA, existe a possibilidade de aumentar a vazão da usina hidrelétrica de Xingó no Rio São Francisco, na divisa entre Alagoas e Sergipe, de 800 metros cúbicos por segundo (m³/s), para 1.300 m³/s, caso seja identificado risco de contaminação da água do rio na região próxima à foz pelo óleo disperso no litoral nordestino.

 

Cabe ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) identificar a possibilidade de contaminação da água do São Francisco.

 

A distância entre a hidrelétrica de Xingó e a foz do rio é de 179 quilômetros. O aumento de volume de água na foz será percebido 50 horas após o aumento da vazão.

 

Manchas de óleo podem ser vistas em alguns pontos da Praia Pontal do Coruripe, no litoral norte de Alagoas Imagem: Ana Leal/Fotográfico/Estadão Conteúdo

“Para que o aumento da vazão em Xingó possa acontecer, a água precisará ser liberada pela barragem da hidrelétrica de Sobradinho (BA), a maior na calha do Rio São Francisco, que está a montante [acima] de Xingó e a 747,8 km da foz”, diz nota da ANA.

 

A ANA assegura que o eventual aumento da vazão em Xingó causará incremento na geração hidrelétrica na bacia hidrográfica do Rio São Francisco, “sem comprometer a segurança hídrica na região”.







WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Comentários 8

  1. SE OLHO, FALO E COMO, LOGO EXISTO. says:

    Querem apostar?
    Só irão soltar água após pixe chegar as margens do estuário do rio e ficar as margens impregnadas.

  2. Marc says:

    Nesses finais de tempos irá aparecer tanta coisa terrível na terra , pois não só os rios serão contaminados por imprudência do homem, mas também o final do ciclo irá chegar pra raça humana desencadeando juízo final em breve assim como foi da outra vez a milênios atrás…

  3. Carlos Lantyer says:

    Cadê o papa comuna? Cadê as ONG’s. Cadê a esquerda? Tudo caladinho. A contaminação foi planejada e foi terrorismo ambiental. O petróleo é venezuelano. Na hora de começar a culpar Bolsonaro, desistiram. Não ia dar certo, pois foi muito mal planejado. É isto que a esquerda sebosa, violenta, desonesta e injusta está trazendo para o Brasil e para o meio ambiente.

    • Iubrai says:

      Esse é o maior problema no Brasil, buscar culpados. Primeiro deveríamos buscar soluções para o problema. Esses discursos de direita e esquerda está sendo danoso para todos, toda polarização é um mal para a democracia. Menos ódio e mais ações e soluções.

  4. Manoel says:

    Vc é mais um vermento que transmite notícias falsas.

  5. Marc says:

    Sim , amigo, tudo tem um começo , meio e fim, o ciclo atual pode terminar em breve, assim como foi com outras gerações passadas , pois continente ficaram submersos no mar , enquanto outras terras surgiram. Agora tá chegando o tempo pra isso, a terra depois do evento será uma nova terra, sem violência, guerras e todo mal que acometeu a terra até os dias atuais, na verdade será um recomeço, um novo sol irá raiar, após o evento que terá dias de escuridão …

  6. Marc says:

    Pois é, em breve teremos um novo ciclo, o mundo já dá sinais do evento que irá ocorrer

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!