7 de julho de 2022

Sete dos 39 deputados federais da BA trocaram de legenda na janela partidária; veja trocas

Por

Redação (pa4.com.br) com g1

De acordo com levantamento, 23,8% dos deputados federais (122 dos 513 da Câmara) trocaram de partido desde que se iniciou, no último dia 3, o período da chamada “janela partidária”.

 

Sete dos 39 deputados federais da Bahia trocaram de partido durante a janela partidária — Foto: Paulo Sergio / Câmara dos Deputados

Na bancada da Bahia, sete dos 39 deputados federais trocaram de partido, ou seja, cerca de 18%. (veja mais abaixo, a lista de quem trocou).O número fica abaixo do percentual nacional, mas pode crescer porque deputados não têm prazo para informar mudança.

A janela partidária — que se fechou às 23h59 desta sexta-feira (1º) — é o intervalo de 30 dias que, seis meses antes da eleição, a legislação concede a deputados federais, estaduais e vereadores para que — se desejarem — troquem de partido sem o risco de perder o mandato.

Entre os parlamentares baianos que mudaram de legenda, a maior parte deve se candidatar à reeleição para o cargo de deputado federal, a exceção fica com o deputado federal e ex-ministro da Cidadania, João Roma. Ele deixou o Republicanos (PRB) para ser candidato ao governo da Bahia pelo PL, mesmo partido do presidente Jair Bolsonaro.

Confira abaixo os deputados federais da Bahia que trocaram de partido durante a “janela partidária”.

  • Abilio Santana do PL para o PSC
  • João Carlos Barcelar deixou o Podemos e foi para o PV
  • João Roma deixou o Republicanos e foi para o PL
  • José Rocha deixou o PL e foi para o União Brasil
  • Marcelo Nilo deixou o PSB
  • Raimundo Costa deixou o PL e foi para o Podemos
  • Alex Santana deixou o PDT e foi para Republicanos

Secretários de estado deixam cargos
Três secretários estaduais do governo da Bahia deixaram a gestão de Rui Costa nesta sexta-feira (1) para disputa das eleições deste ano. As exonerações de Jerônimo Rodrigues, da Educação (SEC), de Eures Ribeiro, do Desenvolvimento Urbano (Sedur), e de Josias Gomes, do Desenvolvimento Rural (SDR), foram publicadas no Diário Oficial do Estado.

De acordo com a legislação eleitoral, os gestores têm até sábado (2) para deixar o cargo. À exceção de quem vai concorrer à reeleição, a lei determina que postulantes devem sair de suas pastas seis meses antes do pleito – que ocorrerá no primeiro fim de semana de outubro.

Dos três, o único com mandato é Josias Gomes (PT), que retorna à Câmara de Deputados. Ele tentará a reeleição. Já o ex-prefeito de Bom Jesus da Lapa e ex-secretário de Desenvolvimento Urbano, Eures Ribeiro, tentará uma vaga na Assembleia Legislativa da Bahia. Já o ex-secretário de Educação, Jerônimo Rodrigues será o candidato do PT para o governo do Estado.

Além deles, o Diretor-Geral da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (ADAB), Oziel Oliveira (PSD) também deixa o cargo para disputar as eleições. Ex-prefeito de Luis Eduardo Magalhães, ele será tentará uma vaga na Câmara de Deputados.

Ainda de acordo com a publicação do Diário Oficial, com a saída de Josias Gomes, o então Chefe de Gabinete Jeandro Laytynher Ribeiro assume a pasta. O mesmo ocorre na Sedur, onde Ananda Teixeira Costa Lage será a nova gestora. Na Educação, o subsecretário Danilo de Melo Souza será o nome chefe da pasta.

S

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Comentários 1

  1. Marluce silva says:

    É bom lembrar ao povo, quê vote no candidato e não em partidos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!