29 de maio de 2024

Seis adultos e três crianças são encontrados mortos em casas na Bahia; sete estavam carbonizados

Por

g1 BA e TV Bahia

Os corpos estavam em dois imóveis próximos e foram encontrados na manhã desta segunda-feira (28), em Mata de São João, próxima a Salvador. Uma das hipóteses é de que tenha acontecido uma chacina. Um adolescente de 12 anos sobreviveu e foi encaminhado ao hospital com 50% do corpo queimado.

Nove mortos são encontrados em Mata de São João, na Região Metropolitana de Salvador — Foto: Camila Marinho/TV Bahia

 

Nove pessoas foram encontradas mortas em duas casas, na manhã desta segunda-feira (28), na cidade de Mata de São João, na Região Metropolitana de Salvador. Três crianças estão entre as vítimas. Sete corpos estavam carbonizados.

Segundo a Polícia Militar, os corpos de duas mulheres foram encontrados em uma das casas com ferimentos de tiros e, os outros sete que estavam carbonizados, foram encontrados no outro imóvel – as crianças mortas foram queimadas.

Um adolescente de 12 anos foi resgatado com vida com mais de 50% do corpo queimado. Ele estava na mesma casa onde as pessoas foram encontradas carbonizadas. De acordo com a PM, o jovem foi atendido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado para o Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador. Não há detalhes sobre o estado de saúde dele. De acordo com informações levantadas pela equipe da TV Bahia, a ambulância foi escoltada pela PM.

A Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) não divulgou nomes e idades das vítimas nem informações sobre a motivação das mortes. O órgão determinou o reforço do policiamento na região. O g1 apurou que a polícia trabalha com a hipótese de que possa ter ocorrido uma chacina.

Os dois imóveis onde os corpos foram encontrados ficam lado a lado, na localidade conhecida como Portal do Lunda, na zona rural da cidade, perto de uma escola municipal.

Ao g1, Tiago Silva, um dos peritos que trabalhou no caso, afirmou que é possível dizer que uma das pessoas, do sexo masculino, foi morta antes de ser queimada. Os profissionais não conseguiram confirmar se o mesmo ocorreu com as outras vítimas carbonizadas por conta do estado dos corpos.

“A vítima do sexo masculino veio a óbito antes, por causa do tipo de lesão que consegui observar, mas as demais eu não consegui por conta do estado dos corpos, da ação das chamas, eu não consigo precisar as lesões”, explicou.

“Então, esses corpos eu não consigo precisar se foram antes ou após o incêndio. Se a causa do óbito foi as chamas ou inalar de fumaça ou se foi uma ação violenta anterior. Isso só o laudo da necropsia que vai esmiuçar esses detalhes”.

Inicialmente, a Polícia Civil informou que as vítimas eram quatro adultos e cinco crianças, mas a informação foi atualizada pelo coordenador regional Maurício Botelho.

Violência
A Bahia é o estado que registrou o maior número de mortes violentas no primeiro trimestre de 2023, de acordo com o Monitor da Violência. Entre janeiro e março deste ano, 1.289 pessoas morreram em casos de feminicídios, homicídios dolosos, latrocínios ou lesões corporais seguidas de morte.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!