20 de maio de 2024

Secretaria de Saúde orienta população como prevenir e evitar a transmissão da doença mão-pé-boca

Por

ASCOM/Glória – BA

A Prefeitura Municipal de Glória (BA), através da Secretaria de Saúde por meio da Vigilância Epidemiológica, orienta a população gloriense sobre as medidas frente ao aumento de casos de Síndrome Mão-Pé-Boca (SMPB) no município.

A doença é uma infecção transmissível causada por um enterovírus caracterizada por pequenas feridas avermelhada na cavidade oral, mãos e pés e é muito comum em crianças, especialmente nas menores de 5 anos e costuma acontecer na forma de surtos, acometendo crianças que frequentam creches e escolas. A Coordenação da Vigilância Epidemiológica alerta que em caso da doença, a criança deve ser afastada imediatamente do convívio com outras crianças até que se recupere.

Usualmente o período de incubação, que vai desde a transmissão do vírus até o aparecimento dos sintomas, é de 3 a 7 dias e manifesta-se com febre em torno de 38-39°C, embora alguns casos possam ocorrer sem febre. O paciente pode apresentar, também, falta de apetite, dor de garganta, dor de cabeça, pequenas úlceras dolorosas.

A transmissão ocorre através do contato direto ou indireto com fezes de pessoas contaminadas, por meio das gotículas espalhadas por tosse/espirros/saliva e/ou objetos de uso compartilhado ou pelo consumo de alimentos contaminados ou mal cozidos. Outra forma de contágio é o contato direto com as lesões.

Mesmo depois de recuperado, o paciente pode transmitir o vírus pelas fezes durante aproximadamente quatro semanas.

 

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!