21 de abril de 2024

Projeto pretende proibir sacolas plásticas em estabelecimentos comerciais de Paulo Afonso

Por

REDAÇÃO - PA4.COM.BR, com informações da Assessoria Parlamentar

Foto: Divulgação/Ilustração



 

 

Um Projeto de Lei que dispõe sobre a proibição da distribuição ou venda de sacolas plásticas na cidade será protocolado na secretária da Câmara nesta semana. A proposta é do vereador Cícero Bezerra de Andrade (PP) e disciplina também a distribuição e venda de sacolas tipo biodegradável ou biocompostável, a consumidores em todos os tipos de estabelecimentos comerciais de Paulo Afonso.

 

O Projeto de Lei será apresentado na sessão ordinária do Poder Legislativo na próxima segunda-feira, 26, e prevê que os estabelecimentos comerciais da cidade devem estimular o uso de sacolas reutilizáveis, assim consideradas aquelas confeccionadas com materiais resistentes, e que suportem acondicionamento e transporte de produtos e mercadorias em geral.

 

Bezerra informou que a proposição “é uma forma de contribuir para a proteção do meio ambiente no nosso município, por meio da proibição da distribuição e venda de sacolas plásticas por estabelecimentos comerciais, bem como estimular a população de Paulo Afonso ao hábito de utilizar sacolas retornáveis, bolsas, mochilas ou qualquer outro meio de transporte de suas compras, reduzindo assim a geração de resíduos de fontes plásticas”.




 

Lembra que no Brasil, cerca de um bilhão de sacolas são distribuídas nos supermercados mensalmente, o que dá em média 66 sacolas por brasileiro ao mês. As sacolinhas têm alto custo ambiental já que são produzidas a partir de petróleo ou gás natural (recursos naturais não-renováveis). Depois de usadas costumam ser descartadas de maneira incorreta e levam cerca de 450 anos para se decompor, aumentando a poluição, entupindo bueiros e impedindo o escoamento das águas das chuvas, ou vão parar em matas, rios e oceanos, onde acabam engolidas por animais que morrem sufocados ou presos nelas.

 

O Projeto de Lei, se aprovado, vai permitir a distribuição ou a venda de sacolas do tipo biodegradável ou biocompostável, aquelas não oriundas de polímeros sintéticos fabricados à base de petróleo, elaborados a partir de matérias orgânicas como fibras naturais celulósicas, amidos de milho e mandioca, bagaço de cana, óleo de mamona, cana-de-açúcar, beterraba, ácido lático, milho e proteína de soja e outras fibras e materiais orgânicos.

 

A proibição, no entanto, não se aplica às embalagens originais das mercadorias; às embalagens de produtos alimentícios vendidos a granel, e às embalagens de produtos alimentícios que vertam água. A proposta, após aprovação, deverá ser implementada no prazo máximo de doze meses.




 

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Comentários 26

  1. anônimo says:

    Esse votou a favor da Embasa, votou pelos 80 milhões e agora com essa. Vamos lhe chamar para levar as compras nos braços. Procure o que fazer vereador fraco!

    • Cliff says:

      Ótimo comentário
      Assino embaixo!

    • francisco says:

      Tudo bem que proibam, mas apresentem solucoes que nao onerem a populacao. Nesse momento todos politicos so querem aparecer…………..

  2. Jefferson says:

    Deveria criar um projeto de lei proibindo políticos iguais a você. Político que polui a verdadeira política.

  3. Léo says:

    Esse que resolver um problema de milhões de ano. Isso é Brasil vereador, você está procurando sarna pra se Corsa.

  4. indignado says:

    esse serumaninho nao tem um pingo de respeito pela comunidade que o elegeu, sempre VOTA em projetos para massacrar a comunidade e agora vem com essa de preocupação com o Meio Ambiente!!
    tira o POVO de otario.

  5. Anônimo says:

    Vai procurá oque fazer vereador…

  6. CHESFIANO APOSENTADO says:

    Esse sub vereador é uma piada.

  7. Eraldo says:

    Que política suja, Anilton fala mal dos 10 vereadores, fala mal do grupo de MJ, fala mal de RC, etc e agora estão especulando União??? Mim deixe viu.

  8. EdiWhatsApp says:

    Isso é proteger a natureza?não, é só arrumar uma forma do cosumidor pagar pela socola pastica , essa prática já é frequente em outros municipios, ou tu levas a tua própria bolsa ou tu compras a mesma sacola pástica no mercado . projeto para onerar suas compras não faz bem a natureza nem a seu bolso.

  9. Carioca says:

    Aqui no Rio já tem essa lei em vigor, e é uma bosta, os sacos plásticos biodegradável são cobrados R$ 0,04 cada, fora que não tem maiores, ou vc vai com a sua de casa, ou volta com produtos na mão!

  10. Débora says:

    Vamos leva as compra nas mãos vai procura oq fazer seu vereador ….

  11. Cidadã says:

    Parabéns pelo projeto. Costumo evitar sacolas plásticas, questionar se o estabelecimento possui sacolas bio ou sugerindo a adoção pelo estabelecimento. Só por lei mesmo e quando pesa no bolso a população adotar hábitos corretos. Seria ainda melhor se o projeto pudesse incluir o fim da oferta de canudos plásticos.

  12. Anônimo says:

    Esses vereadores não faz nada quer prestar,ganhar tanto dinheiro pra ser contar o povo mas em 2020 vem aí,logo vão ter a resposta

  13. Maria Durcamo says:

    Se tirar as sacolas plásticas de circulação nós supermercados a população terá que volta a colocar os lixos para o caminhão de coleta recolher em baldes de borrachas. O q na correria dos tempo de hoje não é viável. Será que o caro vereador leva uma bolsa de pano para o supercado? Tem balde de borracha feito com pneu para colocar o lixo na rua? Comece o senhor a nos dar o exemplo.

  14. Carlos Lantyer says:

    O plástico é um problema mundial. Até no Polo Norte, o plástico já chegou. Em Paulo Afonso – BA, o lixo continua sendo levado para o LIXÃO (intitulado usina de reciclagem), vizinho ao matadouro de Paulo Afonso – BA. Por trás, da “usina de reciclagem”, existe uma montanha gigantesca de lixo, com muito plástico. Também, nos terrenos baldios e nas ruas estão entupidas de plástico (lixo). Ali no povoado Malhada Grande (Monumento Natural do Rio São Francisco) está entupido de lixo. Haja plástico e haja baronesa.

  15. Cidadã says:

    Esse vereador não tem o q fazer não???? Votou contra o povo a todas as vezes q foi convocado! 2020 vem aí vereador, essa Câmara será totalmente renovada!

  16. Morador says:

    Não é mais facil fazer campanhas educativas para educar a população a fazer o descarte correto da sacolas?

  17. nativo OBSERVADOR says:

    na proxima eleição se prepare ou compre votos: vc já era seu duble de vereador.

  18. Bora ver Paulo Afonso? says:

    Ano que vem o meu voto é seu vereador, mais é o voto de despedida. Vai procurar o que fazer sem noção

  19. anônimo says:

    A realidade aqui é outra vereador sem noção, o povo não tem condição de comprar os alimentos, pagar pelas sacolas e as bolsas vai tirar dinheiro do pão. Então se preocupe com meio mundo plásticos que tem nas coisas que vendem no mercado. Nunca mais de elege de novo.

  20. Isaque says:

    E ainda querem aumentar o número de vereadores na Câmara de Paulo Afonso, pra criarem e votarem em projetos ridículos como esse. Vergonha!

    • ai dento says:

      pra votar projetos mais sao projetos de como vao …esse bando de …

  21. PA 2020 says:

    Vereador o quer è seu tà guardado. Aproveite bem o restinnho do seu mandato.. vc è vereador de um sò mandato. Vai procurar ajudar o povo. E esqueça esse projeto de proibir sacolas. Tanto coisa que a nossa cidade precisa. Vc vereador se preocupando com besteira. 2020 tà chegandooooo. O povo nåo è besta como vcs vereadores pensam. O senhor nåo pensa no povo … sò em si pròprio.

  22. É ISSO QUE ACONTECE says:

    QUEM GOSTA DE POLITICA COMECEM A SE CANDIDATAR. TODAS ELEIÇÕES SÃO OS MESMO VEREADORES QUE SE CANDIDATAM AI FICAM FAZEM PROJETOS COMO ESSE. OU SEJA FAZENDO NADA.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!