5 de julho de 2022

PRF afasta policiais envolvidos em abordagem que terminou com morte em Sergipe

Por

Redação (pa4.com.br) com g1

PRF afasta policiais envolvidos em abordagem que terminou com morte em Sergipe. Foto: redes sociais

 

Moradores e representantes de movimentos sociais realizaram um protesto na BR-101, em Umbaúba (SE), pela morte de Genivaldo de Jesus Santos, de 38 anos, o homem imobilizado por policiais rodoviários federais e colocado dentro do porta-malas de uma viatura, onde inalou fumaça, na quarta (25), na cidade. Fogo foi colocado em pneus e as duas vias foram fechadas. Uma fila de veículos se formou no local.

Um laudo do Instituto Médico Legal (IML) de Sergipe, confirmado pela Secretaria de Segurança Pública nesta manhã apontou que asfixia mecânica e insuficiência respiratória aguda foram as causas da morte do homem. Outros exames foram realizados para detalhar a razão da morte.

Segundo a família, a vítima tinha esquizofrenia e tomava remédios controlados há cerca de 20 anos.

 

Manifestantes protestam na BR-101, em Umbaúba (SE) pela morte de homem em abordagem da PRF. Foto: redes sociais

 

Entenda

A vítima estava em uma motocicleta quando foi abordado pelos policiais. Um sobrinho informou que o tio tinha esquizofrenia.

“Eu estava próximo e vi tudo. Informei aos agentes que o meu tio tinha transtorno mental. Eles pediram para que ele levantasse as mãos e encontraram no bolso dele cartelas de medicamentos. Meu tio ficou nervoso e perguntou o que tinha feito. Eu pedi que ele se acalmasse e que me ouvisse”, disse o sobrinho da vítima, Wallyson de Jesus.

Os policiais fizeram o uso de spray de pimenta e o colocaram dentro do porta malas da viatura. “Eles jogaram um tipo de gás dentro da mala, foram para delegacia, mas meu tio estava desacordado. Diante disso, os policiais levaram ele para o hospital, mas já era tarde”.

 

 

O que diz a PRF

Por meio de nota, a Polícia Rodoviária Federal informou que, durante uma ação policial o homem resistiu “ativamente” à abordagem.

O texto diz ainda que, em razão da sua agressividade, foram empregadas técnicas de imobilização e instrumentos de menor potencial ofensivo para sua contenção. E que “ele foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil. No entanto, durante o deslocamento, passou mal, foi socorrido e levado para o Hospital José Nailson Moura, onde posteriormente foi atendido e constatado o óbito”.

A equipe registrou a ocorrência na Polícia Judiciária, que irá apurar o caso. A PRF também lamentou o ocorrido.

PRF afasta policiais envolvidos em abordagem que terminou com morte em Sergipe

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou, nesta quinta-feira (26), que afastou os policiais envolvidos em abordagem que terminou com morte de Genivaldo.

Em nota, a PRF disse que “está comprometida com a apuração inequívoca das circunstâncias relativas à ocorrência no estado, colaborando com as autoridades responsáveis pela investigação”. A instituição disse ainda que “reforça o compromisso com a transparência e isenção”.

O ministro da Justiça, Anderson Torres, se manifestou sobre o assunto : “ Determinei a abertura de investigação pela Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal sobre a abordagem policial de ontem, em Sergipe. Nosso objetivo é esclarecer o episódio com a brevidade que o caso requer”, disse.

 

Laudo do IML apontou asfixia mecânica e insuficiência respiratória aguda como causas da morte. Foto: redes sociais

 

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Comentários 2

  1. Adoniran says:

    Só falta o perdão ser decretado pelo excrementíssimo presidente.

  2. Cláudio says:

    Justiça. Justiça

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!