23 de abril de 2024

Otto Alencar defende nome de Paulo Rangel para o TCM e repudia “discriminação”

Por

Redação, sitepa4 (via Política Livre)

O senador Otto Alencar, presidente do PSD da Bahia, defendeu, em conversa com este Política Livre, a candidatura do deputado estadual Paulo Rangel (PT) ao Tribunal de Contas dos Municípios. O parlamentar, que já foi conselheiro da Corte, também refutou que seja um obstáculo o fato de o petista não ter nível superior, conforme revelou o site em primeira mão.

“Talvez quem aposte nisso (a falta do diploma) como um obstáculo para a candidatura dele esteja praticando um ato de discriminação, de exclusão. Não há nada em nossa Constituição que impeça, que proíba. É o mesmo que tentaram já fazer com o presidente Lula (PT)”, declarou Otto, um dos primeiros apoiadores do nome de Rangel para o TCM, ao lado do senador Jaques Wagner (PT).

“Estamos falando de um deputado com vasta experiência e substância política. Está na Assembleia Legislativa desde 2005. Ocupou outros cargos. Parece que tem gente que não entende que isso faz parte do jogo político. Não adianta ficar inventando coisa. Em uma casa legislativa, tem um elevador em que uns sobem e outros descem. Faz parte da rotina”, acrescentou Otto.

O senador também descartou que haja uma disputa por influência no TCM ou acordo com Wagner e com o PT para que o PSD ocupe a próxima vaga, embora admita que o secretário estadual de Infraestrutura, Sérgio Brito, deputado federal licenciado do partido, tenha interesse em concorrer.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!