23 de maio de 2024

Morre tenente da PM de Alagoas ferido em treinamento no DF após 10 dias internado

Por

Minane Ribeiro, TV Globo

Abraão Taveira participou do Curso de Cinotecnia — de preparação de cães — feito pela PMDF, e que tem uma das instruções coordenada pelo Corpo de Bombeiros do DF. Segundo militares, no dia 30 de agosto, alunos estavam no Centro de Treinamento Operacional (CTO) dos bombeiros para uma aula em que foram vendados e jogados em uma manilha com água.

Tenente da PM de Alagoas Abraão Taveira se feriu em treinamento no DF — Foto: Arquivo pessoal

O tenente da Polícia Militar de Alagoas, Abraão Taveira, de 39 anos, que se feriu em um treinamento no Distrito Federal no dia 30 de agosto morreu nesta sexta-feira (8). O militar ficou 10 dias internado na UTI do Hospital de Base em estado grave.

Em nota, a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) destaca que foi solicitada a remoção de cadáver ao Instituto Médico Legal (IML) de Brasília e uma equipe de policiais civis foi ao hospital. A 1° Delegacia de Polícia (Asa Sul) investiga o caso (confira nota na íntegra abaixo).

Abraão Taveira participou do Curso de Cinotecnia — de preparação de cães — feito pela PMDF, e que tem uma das instruções coordenada pelo Corpo de Bombeiros do DF. No dia 30 de agosto os alunos estavam no Centro de Treinamento Operacional (CTO) dos bombeiros para uma aula em que foram vendados e jogados em uma manilha com água.

Segundo os militares, durante o exercício, o tenente bateu a cabeça e ficou submerso por alguns minutos. Quando foi retirado da manilha, ele estava em parada cardiorrespiratória.

Durante 38 minutos os socorristas tentaram reanimá-lo. O militar foi levado para o Hospital de Base de Brasília em estado grave.

De acordo com os participantes, a instrução guiada pelos bombeiros “não agrega em nada” e alguns falam em “tortura”. Segundo militares, além do policial de Alagoas, outros também se feriram durante a instrução.

Na quinta-feira (31), em nota conjunta, o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar do Distrito Federal disseram que situações do curso “buscam alcançar todas as circunstâncias de atuação que o policial militar pode vir a ter que enfrentar”.

No mesmo dia, mais tarde, o Corpo de Bombeiros, em uma nova nota, informou que a atividade tinha como objetivo o resgate de vítimas em ambiente confinado ou em estruturas colapsadas com o apoio de cães. Além disso, a nota destaca que “um dos militares veio a ter um mau súbito” e que ele foi “prontamente retirado do local onde se encontrava”.

O comandante da PM-AL, coronel Paulo Amorim, afirmou que, em conjunto com o secretário de Segurança Pública, nomeou um grupo de trabalho para acompanhar as investigações que estão sendo realizadas pelas instituições de segurança pública do Distrito Federal. Em nota, a Associação dos Oficiais Militares de Alagoas cobra esclarecimentos sobre as circunstâncias que culminaram no acidente com o tenente.

A PM de Alagoas, publicou, nesta sexta-feira (8), uma nota de pesar sobre a morte do tenente Abraão Taveira. Além das condolências aos familiares e amigos, o Comando Geral afirma que está “empregando todos os esforços pela elucidação dos fatos que vitimaram o militar alagoano” (veja nota abaixo).

Quem é o tenente
Tenente Taveira entrou na PM-AL em 2016. Ele é o comandante do canil do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope).

O que diz a PCDF
“A 1ª DP foi comunicada sobre ocorrência de afogamento de um policial e tenente militar, residente no Estado de Alagoas, o qual teria se afogado em uma manilha durante atividade chamada: Administração e Controle de Pânico, no último dia 30/08/2023, no Centro de Treinamento do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal.

O tenente teria sofrido um mal súbito e permanecido submerso na água por algum tempo. A vítima foi socorrida e levada ao Hospital de Base, onde permaneceu internada na UTI. Na tarde desta sexta-feira (8/9), o plantão policial foi noticiado da morte do tenente naquele hospital.

Solicitada remoção de cadáver ao IML de Brasília. Equipe de policiais civis compareceu ao hospItal para diligências preliminares. A DP apura os fatos”.

O que diz a PM de Alagoas
“É com profunda dor e imenso pesar que o comandante-geral da Polícia Militar de Alagoas, Coronel Paulo Amorim, vem a público comunicar o falecimento do 1º tenente Abraão da Silva Taveira, de 39 anos de idade, ocorrido nesta sexta-feira (08), em Brasília/DF.

O militar, que é natural de Garanhuns, Pernambuco, ingressou na PM em janeiro de 2016 e após o Curso de Formação de Oficiais (CFO) foi declarado Aspirante da Turma 2018. O tenente era lotado no Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) exercendo a função de comandante do Canil.

Sua carreira foi breve, porém notável. Uma história de serviço marcada pela busca constante por qualificação e aprimoramento técnico, com destacável desempenho em operações especiais e em policiamento com cães. Seu profissionalismo fez com que, em janeiro deste ano, o oficial fosse convocado para comandar a tropa alagoana enviada para reforçar a segurança no Distrito Federal.

No dia 30 de agosto de 2023, o tenente Taveira sofreu um grave acidente durante treinamento no Curso Operacional de Cinotecnia da Polícia Militar do Distrito Federal. Nos dias subsequentes esteve internado no Hospital de Base.

O comandante-geral, coronel Paulo Amorim, em nome de toda a tropa presta as mais sinceras condolências aos familiares e amigos do bravo combatente que serviu, honrou e amou a farda e o Estado de Alagoas.

O Comando Geral reitera que está empregando todos os esforços pela elucidação dos fatos que vitimaram o militar alagoano.

Em breve serão repassadas informações sobre velório e sepultamento”.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!