22 de junho de 2024

Mário Galinho rebate Marcondes Francisco após declaração polêmica sobre atendimento no Hospital Nair Alves de Souza

Por

Redação, sitepa4

Mário Galinho rebate Marcondes Francisco após declaração polêmica sobre atendimento no Hospital Nair Alves de Souza

 

Em um episódio que gerou intensa repercussão nas redes sociais, o prefeito em exercício de Paulo Afonso, Marcondes Francisco (PP), foi duramente criticado pelo pré-candidato a prefeito, Mário Galinho (PSD), após uma declaração polêmica durante a inauguração da UTI Neonatal no Hospital Nair Alves de Souza (HNAS).

Segundo relato do próprio prefeito, uma moradora da cidade o procurou para relatar a situação desesperadora de seu esposo, que está há cerca de 20 dias aguardando por uma segunda cirurgia. O prefeito, no entanto, rechaçou a queixa da cidadã de maneira contundente.

“Ontem eu fiquei um pouco nervoso! Estava aqui na lanchonete e uma senhora disse: ‘Prefeito! Que vergonha é essa do hospital! Meu marido tá aí há 20 dias! Aguardando uma segunda cirurgia’. Eu disse: Respeite o hospital Nair Alves de Souza, respeite os profissionais que estão derramando seu suor… Porque que você não levou ele pra algum lugar aqui pertinho? Porque trouxe pra cá?”, declarou Marcondes Francisco no palanque.

A declaração do prefeito rapidamente gerou debate nas redes sociais e nos meios de comunicação locais. Entre os críticos mais veementes está o pré-candidato a prefeito, Mário Galinho, que expressou seu repúdio à fala do gestor. Em suas redes sociais, Galinho postou um vídeo criticando a postura do prefeito:

“Prefeito, eu lamento muito que o senhor seja o gestor dessa cidade (…) O senhor não representa nosso povo. Saia das redes sociais, desça dos palanques onde você vive cercado de pessoas que só dizem amém, e vá ver a cidade abandonada que você deveria estar gerindo. Mas essa realidade vai mudar. Porque pra estar na política, é preciso gostar de gente”, afirmou Galinho.

“É inadmissível que o prefeito em exercício de Paulo Afonso trate com tamanho desdém a dor e a angústia de uma cidadã que há 20 (vinte) dias luta pelo direito básico à saúde de seu esposo. Solidarizo-me profundamente com a senhora e sua família. A saúde pública de nossa cidade precisa de mais respeito, humanidade e eficiência. Não vamos tolerar atitudes desumanas de quem deveria estar a serviço do povo”, declarou também Galinho.

O episódio sublinha a crescente tensão política em Paulo Afonso, especialmente à medida que as eleições municipais se aproximam, e coloca em evidência as questões de saúde pública na cidade.

ASSISTA

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!