19 de junho de 2024

Homicídio em Paulo Afonso-BA: Delegado confirma morte de idoso a pauladas e prisão do autor

Por

Redação, sitepa4

Idoso que foi assassinado e suspeito preso logo em seguida pela Polícia Militar. Fotos: redes sociais

 

O delegado distrital de Paulo Afonso, Eduardo Henrique, concedeu uma entrevista ao repórter Tiago Santos, da rádio Delmiro FM, confirmando um crime chocante ocorrido no final da noite desta terça-feira, 6 de fevereiro de 2024. O incidente trágico teve lugar na Rua da Paz, no Bairro Centenário, em Paulo Afonso, Bahia.

🕵️‍♂️ Detalhes do crime:

🔍 Vítima: João Miguel Pires, um idoso de 67 anos.

🔍 Autor Confesso: Lucilio Cordeiro Ferraz, 33 anos, conhecido como “Dudu Pescador”.

  • Confusão antiga por causa de som, justiça, pagamento de 1 mil reais, xingamentos e raiva

“Ontem teve esse homicídio. Já existia uma briga entre o autor e a vítima porque eles eram vizinhos e o som alto da vítima, o autor foi lá, quebrou o som e isso foi registrado em boletim de ocorrência e enviado para a Justiça. Segundo o autor que eu estava interrogando, conhecido como Dudu Pescador, ele disse que o som era um som velho, custava em torno de 200 reais e essa situação foi para a Justiça e a vítima pediu lá na Justiça 1 mil reais, isso deixou ele (o autor) com muita raiva. Ele também disse que era xingado pela vítima e aí foi enchendo de raiva.”

  • Foi à casa do idoso e o matou com pedaço de pau

“Então no dia de ontem ele foi lá, entrou na casa da vítima e com um pedaço de pau matou ele, não sei dizer se foram vários golpes, mas ele matou, foi com um instrumento contundente uma madeira”.

  • Avisou que iria matar

“Ele disse que bebeu. Ele disse que vinha sendo xingado pela vítima e foi ficando com raiva. E essa questão do som, ontem ele tinha sido intimado, foi intimado segundo o irmão, e não foi ao Fórum. Ontem, já durante o dia já disse, eu vou matar ele, eu vou matar ele. E continuou bebendo, eu vou matar ele, anunciou, até que realmente ele foi lá na casa dele e matou.”

  • Autor preso em seguida pela Polícia Militar

“Nesse momento ele preso, a polícia militar esteve no local e os vizinhos disseram que ele tinha sai por aí sem camisa e nas proximidades encontrou com ele.”

➡️ A polícia continua investigando o caso para garantir que a justiça seja feita.

 

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!