17 de abril de 2024

Francisco Nery Júnior – Papo de Imortais (2)

Por

Redação, sitepa4

Por Francisco Nery Júnior

Acabo de receber mensagem do colega imortal Edson Mendes, membro da Academia de Letras de Paulo Afonso. Mensagem que ele me envia. Deseja um Feliz Ano Novo. Não é verdade. Ele não deseja. Ele faz. “Faço o Ano Novo feliz [para o próximo]; não apenas desejo”.

Claro, caro Edson, há infinitas maneiras de assim fazer. Poderíamos todos fazer.

“Não envio frutos”, disse. “Envio sementes”. Claro, belo! Belo e claro. O fruto é algo pronto, herdado sem graça. A semente na mão, com ela o explodir das virtudes e do desenvolvimento. O fruto que virá da semente valerá a pena. Terá sido regado com o suor do agricultor. Carregará o seu DNA. Frutificará a mil. Contagiará.

Na mensagem de Edson, “te dirão o que sabes”. Evidente, [criados] à semelhança de Deus, tudo sabemos. Tudo está dentro de nós como uma semente nervosa para explodir e frutificar. Os que “te dizem o que sabes” são os educadores de todas as beiras e proximidades.

Vem a definição de felicidade: “A serenidade da Eternidade (aqui grafada com maiúscula) nos faz mais ou menos felizes”. A escolha do mais ou do menos, ouso arriscar, cabe a cada um. O famoso arbítrio é próprio. Se assim não fosse, seríamos todos robôs.

E o recurso fantástico do companheiro ao apelar para o pleonasmo: “eternidade para sempre”. Para sempre felizes em cada Ano Novo.

 

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!