24 de julho de 2024

Dois trabalhadores do MST são assassinados em acampamento

Por

Redação, sitepa4

Vítimas, integrantes do MST, foram surpreendidas por dois homens em uma moto | Bnews – Divulgação Divulgação/MST-PB

 

No sábado (11), uma tragédia terrível abalou o Sertão da Paraíba, quando dois trabalhadores do Movimento dos Trabalhadores e Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) foram assassinados no Sítio Rancho Dantas, zona rural de Princesa Isabel.

Aldecy Viturino Barros, de 44 anos, coordenador do acampamento e pai de dois filhos, estava consertando o telhado do pai da outra vítima, Ana Paula Costa Silva, de 29 anos e mãe de três filhos, que segurava a escada. O ataque brutal ocorreu quando dois homens de moto chegaram, alegando necessitar da assinatura de Aldecy para um documento. Sem dar chance à vítima de baixo da escada, os agressores realizaram vários disparos, atingindo fatalmente Aldecy e Ana Paula, que foram baleadas na cabeça.

Ana Paula ainda foi levada para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas infelizmente não resistiu aos ferimentos. O MST da Paraíba, em postagem nas redes sociais, procedimento justiça e expressou luto pelas mortes, declarando: “O MST cobra a apuração do crime e a prisão dos autores. Enquanto movimento, reafirmamos nossa luta contra toda forma de violência. Aos nossos mortos nenhum segundo de silêncio, mas uma vida toda de luta”.

O acampamento, presente desde 2008 e abrigando 22 famílias, agora está marcado pela tristeza e pela busca por respostas. A Polícia Civil está investigando a autoria e motivação desse crime brutal, que levou a vida de dois defensores da causa do MST na Paraíba.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!