23 de maio de 2024

CRÔNICA – Um amor das antigas (Francisco Nery Júnior)

Por

Redação, sitepa4

Por Francisco Nery Júnior

Um amor das antigas

De meter inveja. Parecer bobo, sendo sábio – como invejamos.

Era perto de um sinal, farol para os paulistas e sinaleira para os baianos. Era um casal. Ele na bicicleta, pronto para virar à esquerda, e ela já virando à direita. Tinham que se separar. Há os afazeres da vida e trabalhar é preciso – além de amar.

O motivo desta escrita foi a despedida final: parado de plantão, atento ao início da caminhada da amada, a recomendação quase imperceptível: “Vá pela sombra”.

Nunca tinha visto a recomendação tão usada por nós outros, às vezes por gozação, tão saída do fundo do coração. “Vá pela sombra”, o melhor que ele tinha para desejar para sua companheira!

Será que ele já tinha lido Victor Hugo em alguma vez de sua vida? De Hugo: “Coisa boa é ser amado. Coisa melhor ainda é amar”. Muito diferente do que vemos na novela das oito.

 

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!