6 de julho de 2022

CRÔNICA – Semana do Meio Ambiente, belo exemplo de iniciativa – com acabativa! (Francisco Nery Júnior)

Por

Redação (pa4.com.br)

 

Por Francisco Nery Júnior

Acabativa é um neologismo. Ouvi pela primeira vez do professor Hercílio Arandas; ouvido agora pela maioria dos nossos leitores. Iniciativa sem acabativa está fadada ao fracasso. Aliás, é um fracasso.

A Secretaria de Meio Ambiente da Prefeitura Municipal anuncia a Semana do Meio Ambiente para o início do mês de junho. Belo exemplo. Bela iniciativa. Vem de encontro ao nosso coração de todos os pauloafonsinos. Sem o meio ambiente, sem a Natureza, em vão os nossos sonhos – que são a nossa vida.

Que venham ações executivas e inspirativas que tornem Paulo Afonso um lugar ainda melhor para se viver. Iniciativas oportunas que esperamos evoluírem até um final acabativo.

Folguedos, discursos e fanfarras esperamos. Fazem parte. Belo lançamento com placas, faixas e corte de fita. Certamente vibraremos. Antes da acabativa, após a iniciativa, poderíamos esperar ações de incentivo à preservação do espaço onde vivemos (fomentar faz parte de uma administração) e ações concretas como, por exemplo, a prática da compostagem na Usina de Tratamento de lixo para distribuição aos munícipes interessados ou mesmo para comercialização em função de um objetivo nobre.

No micro espaço do antigo Ciepa, onde labutamos por mais de trinta anos, assistimos a inúmeras iniciativas de arborização. Numa delas, cem mudas foram plantadas. Não foram as ervas daninhas que as abafaram como na parábola da semeadura. Foi o sol inclemente do dia seguinte. Foi a falta de continuidade e rega – foi a falta de acabativa!

Nesta outra ocasião, lançamento, direção convidada, até passagem no noticiário televisivo da região. Fim da festa, mil mudas arduamente geradas, cedidas pela sementeira da Prefeitura ou da Chesf, feneceram [até a morte] num canto escuro e sombrio da escola. O saldo do “projeto” foi a quase morte do jenipapeiro frondoso da área central e um ramal de irrigação danificado para sempre.

As árvores que hoje lá estão assim estão por esforço e comprometimento inspirados na declaração de Cristo que, convenhamos, adoramos esquecer: “Meu pai trabalha até agora e eu trabalho também”.

A nossa esperança, que desejamos profecia, é que haja acabativa, como ademais exaramos no final do nosso título.

 

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!