27 de maio de 2024

Como localização geográfica colocou a Bahia na rota do tráfico

Por

Redação, com g1

Cortada por diversas rodovias importantes, a Bahia tem as estradas como principal via de entrada das drogas.

Localização geográfica da Bahia torna estado rota para tráfico de drogas — Foto: Humberto Filho

 

Porta de entrada para o Nordeste, divisa com estados do Norte, Centro Oeste e Sudeste, cortada por diversas rodovias estaduais e federais e dona da maior extensão litorânea do Brasil, a Bahia tem localização geográfica favorável para o tráfico de drogas e armas. E os criminosos se aproveitam disso.

A Bahia tem as estradas como principal via de entrada das drogas no estado, segundo o advogado especialista em ciências criminais, Luiz Henrique Requião. Isso porque o ente federativo é cortado pelas duas maiores rodovias do país, a BR-116 e a BR-101, e pela BR-324, que dá acesso ao interior do estado –incluindo Feira de Santana, que é o maior entroncamento do Norte-Nordeste.

“A questão geográfica influencia muito, nós temos uma extensão litorânea muito grande. Essa posição geográfica nos torna visíveis no sentido desse trânsito de drogas, fora que a Bahia é um estado grande, é um estado de uma população significativa, que também tem um consumo muito significativo. É um local de distribuição e de consumo significativo”, destacou Requião.

Neste mês de setembro, a Bahia registrou ao menos 68 mortes durante confrontos – 65 delas de suspeitos de envolvimentos com crimes, além do policial federal, e dois policiais militares.

Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) e a Polícia Federal têm agido em conjunto na Bahia — Foto: Divulgação/SSP-BA

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!