14 de abril de 2024

Campanha 16 Dias de Ativismo contra a Mulher tem início e reforça ações de combate a discriminação e violência contra o público feminino

Por

Redação, sitepa4

A campanha dos 16 Dias de Ativismo no Brasil acontece desde 2013, onde no dia 20 de novembro, Dia da Consciência Negra, marca seu início devido à dupla vulnerabilidade e discriminação da mulher negra, as quais são as maiores vítimas em percentual de feminicídio, segundo estatísticas.

A simbologia foi intitulada “as mariposas”, em homenagem às irmãs Pátria, Minerva e Maria Teresa, ativistas, assassinadas, em 1960, na República Dominicana, submetidas às mais diversas situações de violência e tortura, dentre elas, o estupro. As irmãs foram silenciadas pelo regime ditatorial de Rafael Trujillo, no dia 25 de novembro de 1960.

O objetivo da campanha é dar visibilidade a forma de renovar e promover novos debates em organizações públicas e privadas, em todo o mundo para a prevenção e eliminação da discriminação e violência contra mulheres e meninas. A subjugação do gênero feminino e sua desqualificação é uma prática arraigada, misógina em uma sociedade machista e patriarcal.

A Lei 11.340/06, Lei Maria da Penha é um dos maiores mecanismos de defensoras feministas, em face dos direitos humanos femininos, por isso é fundamental que mais mulheres estejam presentes em lugares de poder e liderança, sendo protagonistas de sua história.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!