2 de março de 2024

Pai do suspeito de matar Mônica Cavalcante entrega pistola à Polícia Civil; arma será periciada para saber se foi a usada no crime

Por

Redação, sitepa4

 

Arma entregue à Polícia Civil será periciada para saber se foi a usada para matar mulher em São José da Tapera-AL. Foto: PC-AL

O delegado Rubens Martins, diretor da Gerência de Polícia Judiciária da Região 4, que envolve as delegacias da região do Sertão, disse, no início da noite desta quarta-feira (21), que o trabalho incessante fez com que o pai de Leandro Pinheiro Barros, suspeito de matar Mônica Cavalcante, entregasse uma arma à Polícia Civil, na tarde de hoje.

A pistola foi entregue no Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp), de São José da Tapera.

O delegado Diego Nunes, responsável pelo inquérito policial que investiga o feminicidio, irá solicitar exame pericial para saber se a arma entregue foi a utilizada no assassinato da vítima.

O delegado Rubens Martins voltou a afirmar que a Polícia continua tentando localizar e prender o autor do crime. As buscas são feitas em Alagoas e no estado de Sergipe.

Os familiares do suspeito
O irmão de Leandro chegou a ser preso em 2010 em São José da Tapera, por suspeita de integrar uma quadrilha de roubo e adulteração de veículos e pistolagem.

O pai dele, o policial reformado José Nilton Barros, também era suspeito no caso, além de ter respondido a processos criminais na Justiça de Sergipe — um deles por violência doméstica, em 2012.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!