21 de maio de 2024

Juiz negocia fim de rebelião no presídio de Paulo Afonso

Por

Um grupo de detentos do Presídio Regional de Paulo Afonso, na Bahia, permanecem rebelados há mais de 08 horas e pelo menos dois presos ficaram feridos, segundo confirmou o diretor Carlos Alberto Belíssimo. Os 29 envolvidos se rebelaram no início da manhã de hoje, quando em uma revista de rotina nesta manhã, foi encontrada dentro de uma das galerias, uma certa quantidade de maconha. Logo após a apreensão da droga, o clima ficou tenso entre os presos.


 


Apesar das tentativas da PM e de Agentes Penitenciários para dar um fim a rebelião, os detentos mostrando revolta atearam fogo em um colchão. No tumulto foram feridos dois (2) internos imediatamente conduzidos para o Hospital Nair Alves de Souza.


 


As negociações para o fim da rebelião estão sendo conduzidas pelo Juiz de Direito da Comarca de Paulo Afonso, Cláudio Pantoja e pelo próprio diretor Belíssimo.


 


Recentemente, vinte e cinco presos que eram mantidos na carceragem de delegacia de Feira de Santana a 110 km de Salvador foram transferidos para o Presídio Regional de Paulo Afonso, no nordeste baiano. Número que estava deixando a unidade superlotada e colocava em risco à integridade física de todos os custodiados.


 


Segundo informações o presídio já estava funcionando com sua na capacidade máxima agora abriga o dobro da capacidade. Ultimamente o presídio de Paulo Afonso tem servido de acomodação para presos de outras cidades, especialmente de Feira de Santana, alguns deles traficantes e homicidas.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!