21 de maio de 2024

Aleluia: Bandidos trocam ‘saidinha bancária’ pelo ‘toma abadá’

Por

“Sem liderança, o governador Jaques Wagner não evita a greve da Polícia Civil em pleno Carnaval. Pior para o povo baiano, porque os bandidos não estão dando trégua. Durante a festa, a bandidagem está trocando a ‘saidinha bancária’ pelo ‘toma abadá’ para desespero dos foliões”, alerta o presidente da Fundação Liberdade e Cidadania, José Carlos Aleluia.


 


Para Aleluia, várias gangs estão tirando o sossego de baianos e turistas, usando o mesmo modo de operar das saidinhas bancárias,. “É um horror! As pessoas compram seus abadás e, depois que os pegam nos pontos de entrega, são assaltadas”.


O problema maior, na opinião do vice-presidente nacional do Democratas, é que, com a Polícia Civil em greve, fica difícil a desarticulação e a prisão dos componentes dessas gangs.


 


“É preciso um trabalho de investigação e inteligência para prender esses bandidos. E isso é papel da Polícia Civil. Não adiantar destacar soldados da Polícia Militar para os pontos de entrega para realizar um policiamento ostensivo, porque a ação criminosa não se dá lá”, comenta Aleluia.


 


O presidente da Fundação Liberdade e Cidadania lamenta que episódios deploráveis, como o ‘toma abadá’, estejam contribuindo para a projeção de uma imagem negativa da Bahia, principalmente no período de uma festa tão especial quanto o Carnaval de Salvador, que é conhecida mundialmente. “Mas o governador parece que não está muito preocupado com isto”.


 


SSP assegura policiamento durante o Carnaval


 


Diante da tentativa de paralisação promovida pelo Sindicato dos Policiais Civis do Estado da Bahia (Sindpoc), a Secretaria Estadual da Segurança Pública (SSP) afirmou, na tarde desta quinta-feira (3), em coletiva à imprensa realizada na sede da SSP, no CAB, que a segurança para o carnaval está garantida e normalizada.


 


Mesmo com a Justiça já tendo decretado a greve como ilegal, o secretário estadual da Segurança Pública, Maurício Barbosa, confirmou que havia um esquema especial montado para garantir a tranquilidade dos foliões, com policiais em todos os circuitos do carnaval. “A segurança no carnaval está garantida. Temos 22 mil homens trabalhando, entre os quais delegados, digitadores e investigadores de polícia civil, que inclusive já retiraram seus kits de trabalho”.


 


A tentativa de paralisação foi em decorrência do incidente que resultou no falecimento de um policial civil, na noite de quarta-feira (2), na avenida Paulo VI, Pituba.


 

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!