23 de maio de 2024

BA-210 e Terminal Rodoviário de Paulo Afonso – Muitos anos de descaso e abandono

Por

Há muitos anos a BA-210 vive abandonada, se acabando. Há 6 anos as chuvas levaram mais de 60 metros da estrada, no povoado Rio do Sal, em Paulo Afonso. Há mais de um ano foi anunciada a empresa que ganhou a licitação para fazer esta obra. As máquinas e operários apareceram e sumiram. Para a Rodoviária, a ordem de serviço foi assinada em setembro, na véspera da eleição e não se sabe nada sobre o início das obras. Esse descaso vai continuar até quando?


Acompanhe a história da BA-210 e da Rodoviária de Paulo Afonso contada pela imprensa local – jornal Folha Sertaneja, jornal Forquilha, impresso e online, site Bob Charles, jornal Paulo Afonso Notícias, site Osildo Alves, site Acorda Sertão Notícias, rádios Betel, Cultura e Bahia Nordeste, dentre outros veículos de comunicação de Paulo Afonso.


Em Abril de 2005, uma grande cheia do Rio do Sal levou mais de 60 metros da estrada BA-210 deixando isolados todos esses povoados de Paulo Afonso e impedindo o acesso a Usina de Xingó e à capital sergipana por essa via. Para não deixar os moradores ilhados, a Prefeitura fez um conserto provisório.


Antônio Galdino


Em Maio de 2008, novamente a cheia do riacho Cascavel levou o trecho da BA-210 que fica próximo às casas do povoado Rio do Sal e a apenas 4 quilômetros do trevo com a BR-110. O assunto ganhou manchetes de jornais e sites de Paulo Afonso e discursos dos vereadores.


Em Março de 2009 – A Associação de Prefeitos do Sertão Baiano (APSB) se reuniu (dia 17 de março) na sede da UPB – Na pauta da reunião, os prefeitos reivindicam as melhorias nas estradas BR-110, BR-235 e BA-210 (Curaçá/Paulo Afonso),  com o objetivo de facilitar o escoamento da produção agrícola e o deslocamento das pessoas que residem nas localidades distantes da sede do município.


Em 03 de Maio de 2009, o deputado Luiz de Deus (DEM) cobrou, no plenário da ALBA, mais uma vez a recuperação da BA-210 de Paulo Afonso-Sergipe “hoje em completo estado de abandono, prejudicando o escoamento da produção, bem como o transporte de pessoas.Se cair uma chuva forte, o município corre o risco de ficar isolado”.


Em 06 de Maio de 2009, o site de Osildo Alves publica: “Ontem, depois de mais de 05 horas ininterruptas de chuva, o filme se repetiu. Esse trecho da BA – 210 não suportou o grande volume de água e a outra metade da estrada foi abaixo, deixando novamente, ilhados os moradores desses povoados.


Em agosto de 2009, o deputado Federal Mário Negromonte (PP) tão logo que indicou para assumir a titularidade da Secretaria Estadual de Infraestrutura (SEINFRA) o seu amigo pessoal, o deputado João Leão (PP) fez uma das primeiras reivindicações, a reforma da BA – 210. Logo após a posse do novo secretário, em entrevista ao site Mário afirmou “Pedi que ele viesse logo visitar a BA 210 e a gente vai visitar de carro mesmo pra ele ver se conserta logo.


Sobre essa importante obra, o assessor parlamentar do deputado estadual Paulo Rangel (PT), Luis Carlos de Carvalho (Carlinhos de Tico) afirmou através de e-mail que Rangel também havia reivindicado a recuperação da rodovia ao Governador Jaques Wagner (PT). “Vale ressaltar que o indicativo foi do Deputado Paulo Rangel, inclusive na conversa com o Governador Wagner, quando o mesmo esteve repousando em Xingó com a família a convite do Deputado Paulo Rangel”.  


Em 03 de Março de 2010, o site Osildo Alves publica:


Exclusivo: Publicado Aviso de Licitação para a recuperação da BA-210


“Modalidade: Concorrência Nº 031/2010. Objeto: Contratação de empresa especializada para execução de serviço de Restauração e Pavimentação em TSD com Capa Selante, na Rodovia: BA.210, trecho: Divisa BA/SE Curaçá, sub-trecho: Paulo Afonso – Acesso a Quixaba  – Acesso a Barragem de Itaparica” Salvador, 08 de fevereiro de 2010. Roberto Barreto Pereira – Presidente da Comissão


Há muitos anos a BA-210 vive abandonada, se acabando. Há 6 anos as chuvas levaram mais de 60 metros da estrada, no povoado Rio do Sal, em Paulo Afonso. Há mais de um ano foi anunciada a empresa que ganhou a licitação para fazer esta obra. As máquinas e operários apareceram e sumiram. Para a Rodoviária, a ordem de serviço foi assinada em setembro, na véspera da eleição e não se sabe nada sobre o início das obras. Esse descaso vai continuar até quando?


Acompanhe a história da BA-210 e da Rodoviária de Paulo Afonso contada pela imprensa local – jornal Folha Sertaneja, jornal Forquilha, impresso e online, site Bob Charles, jornal Paulo Afonso Notícias, site Osildo Alves, site Acorda Sertão Notícias, rádios Betel, Cultura e Bahia Nordeste, dentre outros veículos de comunicação de Paulo Afonso.


Em Abril de 2005, uma grande cheia do Rio do Sal levou mais de 60 metros da estrada BA-210 deixando isolados todos esses povoados de Paulo Afonso e impedindo o acesso a Usina de Xingó e à capital sergipana por essa via. Para não deixar os moradores ilhados, a Prefeitura fez um conserto provisório.


Antônio Galdino


Em Maio de 2008, novamente a cheia do riacho Cascavel levou o trecho da BA-210 que fica próximo às casas do povoado Rio do Sal e a apenas 4 quilômetros do trevo com a BR-110. O assunto ganhou manchetes de jornais e sites de Paulo Afonso e discursos dos vereadores.


Em Março de 2009 – A Associação de Prefeitos do Sertão Baiano (APSB) se reuniu (dia 17 de março) na sede da UPB – Na pauta da reunião, os prefeitos reivindicam as melhorias nas estradas BR-110, BR-235 e BA-210 (Curaçá/Paulo Afonso),  com o objetivo de facilitar o escoamento da produção agrícola e o deslocamento das pessoas que residem nas localidades distantes da sede do município.


Em 03 de Maio de 2009, o deputado Luiz de Deus (DEM) cobrou, no plenário da ALBA, mais uma vez a recuperação da BA-210 de Paulo Afonso-Sergipe “hoje em completo estado de abandono, prejudicando o escoamento da produção, bem como o transporte de pessoas.Se cair uma chuva forte, o município corre o risco de ficar isolado”.


Em 06 de Maio de 2009, o site de Osildo Alves publica: “Ontem, depois de mais de 05 horas ininterruptas de chuva, o filme se repetiu. Esse trecho da BA – 210 não suportou o grande volume de água e a outra metade da estrada foi abaixo, deixando novamente, ilhados os moradores desses povoados.


Em agosto de 2009, o deputado Federal Mário Negromonte (PP) tão logo que indicou para assumir a titularidade da Secretaria Estadual de Infraestrutura (SEINFRA) o seu amigo pessoal, o deputado João Leão (PP) fez uma das primeiras reivindicações, a reforma da BA – 210. Logo após a posse do novo secretário, em entrevista ao site Mário afirmou “Pedi que ele viesse logo visitar a BA 210 e a gente vai visitar de carro mesmo pra ele ver se conserta logo.


Sobre essa importante obra, o assessor parlamentar do deputado estadual Paulo Rangel (PT), Luis Carlos de Carvalho (Carlinhos de Tico) afirmou através de e-mail que Rangel também havia reivindicado a recuperação da rodovia ao Governador Jaques Wagner (PT). “Vale ressaltar que o indicativo foi do Deputado Paulo Rangel, inclusive na conversa com o Governador Wagner, quando o mesmo esteve repousando em Xingó com a família a convite do Deputado Paulo Rangel”.  


Em 03 de Março de 2010, o site Osildo Alves publica:


Exclusivo: Publicado Aviso de Licitação para a recuperação da BA-210


“Modalidade: Concorrência Nº 031/2010. Objeto: Contratação de empresa especializada para execução de serviço de Restauração e Pavimentação em TSD com Capa Selante, na Rodovia: BA.210, trecho: Divisa BA/SE Curaçá, sub-trecho: Paulo Afonso – Acesso a Quixaba  – Acesso a Barragem de Itaparica” Salvador, 08 de fevereiro de 2010. Roberto Barreto Pereira – Presidente da Comissão


Há muitos anos a BA-210 vive abandonada, se acabando. Há 6 anos as chuvas levaram mais de 60 metros da estrada, no povoado Rio do Sal, em Paulo Afonso. Há mais de um ano foi anunciada a empresa que ganhou a licitação para fazer esta obra. As máquinas e operários apareceram e sumiram. Para a Rodoviária, a ordem de serviço foi assinada em setembro, na véspera da eleição e não se sabe nada sobre o início das obras. Esse descaso vai continuar até quando?


Acompanhe a história da BA-210 e da Rodoviária de Paulo Afonso contada pela imprensa local – jornal Folha Sertaneja, jornal Forquilha, impresso e online, site Bob Charles, jornal Paulo Afonso Notícias, site Osildo Alves, site Acorda Sertão Notícias, rádios Betel, Cultura e Bahia Nordeste, dentre outros veículos de comunicação de Paulo Afonso.


Em Abril de 2005, uma grande cheia do Rio do Sal levou mais de 60 metros da estrada BA-210 deixando isolados todos esses povoados de Paulo Afonso e impedindo o acesso a Usina de Xingó e à capital sergipana por essa via. Para não deixar os moradores ilhados, a Prefeitura fez um conserto provisório.


Antônio Galdino


Em Maio de 2008, novamente a cheia do riacho Cascavel levou o trecho da BA-210 que fica próximo às casas do povoado Rio do Sal e a apenas 4 quilômetros do trevo com a BR-110. O assunto ganhou manchetes de jornais e sites de Paulo Afonso e discursos dos vereadores.


Em Março de 2009 – A Associação de Prefeitos do Sertão Baiano (APSB) se reuniu (dia 17 de março) na sede da UPB – Na pauta da reunião, os prefeitos reivindicam as melhorias nas estradas BR-110, BR-235 e BA-210 (Curaçá/Paulo Afonso),  com o objetivo de facilitar o escoamento da produção agrícola e o deslocamento das pessoas que residem nas localidades distantes da sede do município.


Em 03 de Maio de 2009, o deputado Luiz de Deus (DEM) cobrou, no plenário da ALBA, mais uma vez a recuperação da BA-210 de Paulo Afonso-Sergipe “hoje em completo estado de abandono, prejudicando o escoamento da produção, bem como o transporte de pessoas.Se cair uma chuva forte, o município corre o risco de ficar isolado”.


Em 06 de Maio de 2009, o site de Osildo Alves publica: “Ontem, depois de mais de 05 horas ininterruptas de chuva, o filme se repetiu. Esse trecho da BA – 210 não suportou o grande volume de água e a outra metade da estrada foi abaixo, deixando novamente, ilhados os moradores desses povoados.


Em agosto de 2009, o deputado Federal Mário Negromonte (PP) tão logo que indicou para assumir a titularidade da Secretaria Estadual de Infraestrutura (SEINFRA) o seu amigo pessoal, o deputado João Leão (PP) fez uma das primeiras reivindicações, a reforma da BA – 210. Logo após a posse do novo secretário, em entrevista ao site Mário afirmou “Pedi que ele viesse logo visitar a BA 210 e a gente vai visitar de carro mesmo pra ele ver se conserta logo.


Sobre essa importante obra, o assessor parlamentar do deputado estadual Paulo Rangel (PT), Luis Carlos de Carvalho (Carlinhos de Tico) afirmou através de e-mail que Rangel também havia reivindicado a recuperação da rodovia ao Governador Jaques Wagner (PT). “Vale ressaltar que o indicativo foi do Deputado Paulo Rangel, inclusive na conversa com o Governador Wagner, quando o mesmo esteve repousando em Xingó com a família a convite do Deputado Paulo Rangel”.  


Em 03 de Março de 2010, o site Osildo Alves publica:


Exclusivo: Publicado Aviso de Licitação para a recuperação da BA-210


“Modalidade: Concorrência Nº 031/2010. Objeto: Contratação de empresa especializada para execução de serviço de Restauração e Pavimentação em TSD com Capa Selante, na Rodovia: BA.210, trecho: Divisa BA/SE Curaçá, sub-trecho: Paulo Afonso – Acesso a Quixaba  – Acesso a Barragem de Itaparica” Salvador, 08 de fevereiro de 2010. Roberto Barreto Pereira – Presidente da Comissão


Há muitos anos a BA-210 vive abandonada, se acabando. Há 6 anos as chuvas levaram mais de 60 metros da estrada, no povoado Rio do Sal, em Paulo Afonso. Há mais de um ano foi anunciada a empresa que ganhou a licitação para fazer esta obra. As máquinas e operários apareceram e sumiram. Para a Rodoviária, a ordem de serviço foi assinada em setembro, na véspera da eleição e não se sabe nada sobre o início das obras. Esse descaso vai continuar até quando?


Acompanhe a história da BA-210 e da Rodoviária de Paulo Afonso contada pela imprensa local – jornal Folha Sertaneja, jornal Forquilha, impresso e online, site Bob Charles, jornal Paulo Afonso Notícias, site Osildo Alves, site Acorda Sertão Notícias, rádios Betel, Cultura e Bahia Nordeste, dentre outros veículos de comunicação de Paulo Afonso.


Em Abril de 2005, uma grande cheia do Rio do Sal levou mais de 60 metros da estrada BA-210 deixando isolados todos esses povoados de Paulo Afonso e impedindo o acesso a Usina de Xingó e à capital sergipana por essa via. Para não deixar os moradores ilhados, a Prefeitura fez um conserto provisório.


Antônio Galdino


Em Maio de 2008, novamente a cheia do riacho Cascavel levou o trecho da BA-210 que fica próximo às casas do povoado Rio do Sal e a apenas 4 quilômetros do trevo com a BR-110. O assunto ganhou manchetes de jornais e sites de Paulo Afonso e discursos dos vereadores.


Em Março de 2009 – A Associação de Prefeitos do Sertão Baiano (APSB) se reuniu (dia 17 de março) na sede da UPB – Na pauta da reunião, os prefeitos reivindicam as melhorias nas estradas BR-110, BR-235 e BA-210 (Curaçá/Paulo Afonso),  com o objetivo de facilitar o escoamento da produção agrícola e o deslocamento das pessoas que residem nas localidades distantes da sede do município.


Em 03 de Maio de 2009, o deputado Luiz de Deus (DEM) cobrou, no plenário da ALBA, mais uma vez a recuperação da BA-210 de Paulo Afonso-Sergipe “hoje em completo estado de abandono, prejudicando o escoamento da produção, bem como o transporte de pessoas.Se cair uma chuva forte, o município corre o risco de ficar isolado”.


Em 06 de Maio de 2009, o site de Osildo Alves publica: “Ontem, depois de mais de 05 horas ininterruptas de chuva, o filme se repetiu. Esse trecho da BA – 210 não suportou o grande volume de água e a outra metade da estrada foi abaixo, deixando novamente, ilhados os moradores desses povoados.


Em agosto de 2009, o deputado Federal Mário Negromonte (PP) tão logo que indicou para assumir a titularidade da Secretaria Estadual de Infraestrutura (SEINFRA) o seu amigo pessoal, o deputado João Leão (PP) fez uma das primeiras reivindicações, a reforma da BA – 210. Logo após a posse do novo secretário, em entrevista ao site Mário afirmou “Pedi que ele viesse logo visitar a BA 210 e a gente vai visitar de carro mesmo pra ele ver se conserta logo.


Sobre essa importante obra, o assessor parlamentar do deputado estadual Paulo Rangel (PT), Luis Carlos de Carvalho (Carlinhos de Tico) afirmou através de e-mail que Rangel também havia reivindicado a recuperação da rodovia ao Governador Jaques Wagner (PT). “Vale ressaltar que o indicativo foi do Deputado Paulo Rangel, inclusive na conversa com o Governador Wagner, quando o mesmo esteve repousando em Xingó com a família a convite do Deputado Paulo Rangel”.  


Em 03 de Março de 2010, o site Osildo Alves publica:


Exclusivo: Publicado Aviso de Licitação para a recuperação da BA-210


“Modalidade: Concorrência Nº 031/2010. Objeto: Contratação de empresa especializada para execução de serviço de Restauração e Pavimentação em TSD com Capa Selante, na Rodovia: BA.210, trecho: Divisa BA/SE Curaçá, sub-trecho: Paulo Afonso – Acesso a Quixaba  – Acesso a Barragem de Itaparica” Salvador, 08 de fevereiro de 2010. Roberto Barreto Pereira – Presidente da Comissão


Há muitos anos a BA-210 vive abandonada, se acabando. Há 6 anos as chuvas levaram mais de 60 metros da estrada, no povoado Rio do Sal, em Paulo Afonso. Há mais de um ano foi anunciada a empresa que ganhou a licitação para fazer esta obra. As máquinas e operários apareceram e sumiram. Para a Rodoviária, a ordem de serviço foi assinada em setembro, na véspera da eleição e não se sabe nada sobre o início das obras. Esse descaso vai continuar até quando?


Acompanhe a história da BA-210 e da Rodoviária de Paulo Afonso contada pela imprensa local – jornal Folha Sertaneja, jornal Forquilha, impresso e online, site Bob Charles, jornal Paulo Afonso Notícias, site Osildo Alves, site Acorda Sertão Notícias, rádios Betel, Cultura e Bahia Nordeste, dentre outros veículos de comunicação de Paulo Afonso.


Em Abril de 2005, uma grande cheia do Rio do Sal levou mais de 60 metros da estrada BA-210 deixando isolados todos esses povoados de Paulo Afonso e impedindo o acesso a Usina de Xingó e à capital sergipana por essa via. Para não deixar os moradores ilhados, a Prefeitura fez um conserto provisório.


Antônio Galdino


Em Maio de 2008, novamente a cheia do riacho Cascavel levou o trecho da BA-210 que fica próximo às casas do povoado Rio do Sal e a apenas 4 quilômetros do trevo com a BR-110. O assunto ganhou manchetes de jornais e sites de Paulo Afonso e discursos dos vereadores.


Em Março de 2009 – A Associação de Prefeitos do Sertão Baiano (APSB) se reuniu (dia 17 de março) na sede da UPB – Na pauta da reunião, os prefeitos reivindicam as melhorias nas estradas BR-110, BR-235 e BA-210 (Curaçá/Paulo Afonso),  com o objetivo de facilitar o escoamento da produção agrícola e o deslocamento das pessoas que residem nas localidades distantes da sede do município.


Em 03 de Maio de 2009, o deputado Luiz de Deus (DEM) cobrou, no plenário da ALBA, mais uma vez a recuperação da BA-210 de Paulo Afonso-Sergipe “hoje em completo estado de abandono, prejudicando o escoamento da produção, bem como o transporte de pessoas.Se cair uma chuva forte, o município corre o risco de ficar isolado”.


Em 06 de Maio de 2009, o site de Osildo Alves publica: “Ontem, depois de mais de 05 horas ininterruptas de chuva, o filme se repetiu. Esse trecho da BA – 210 não suportou o grande volume de água e a outra metade da estrada foi abaixo, deixando novamente, ilhados os moradores desses povoados.


Em agosto de 2009, o deputado Federal Mário Negromonte (PP) tão logo que indicou para assumir a titularidade da Secretaria Estadual de Infraestrutura (SEINFRA) o seu amigo pessoal, o deputado João Leão (PP) fez uma das primeiras reivindicações, a reforma da BA – 210. Logo após a posse do novo secretário, em entrevista ao site Mário afirmou “Pedi que ele viesse logo visitar a BA 210 e a gente vai visitar de carro mesmo pra ele ver se conserta logo.


Sobre essa importante obra, o assessor parlamentar do deputado estadual Paulo Rangel (PT), Luis Carlos de Carvalho (Carlinhos de Tico) afirmou através de e-mail que Rangel também havia reivindicado a recuperação da rodovia ao Governador Jaques Wagner (PT). “Vale ressaltar que o indicativo foi do Deputado Paulo Rangel, inclusive na conversa com o Governador Wagner, quando o mesmo esteve repousando em Xingó com a família a convite do Deputado Paulo Rangel”.  


Em 03 de Março de 2010, o site Osildo Alves publica:


Exclusivo: Publicado Aviso de Licitação para a recuperação da BA-210


“Modalidade: Concorrência Nº 031/2010. Objeto: Contratação de empresa especializada para execução de serviço de Restauração e Pavimentação em TSD com Capa Selante, na Rodovia: BA.210, trecho: Divisa BA/SE Curaçá, sub-trecho: Paulo Afonso – Acesso a Quixaba  – Acesso a Barragem de Itaparica” Salvador, 08 de fevereiro de 2010. Roberto Barreto Pereira – Presidente da Comissão


Há muitos anos a BA-210 vive abandonada, se acabando. Há 6 anos as chuvas levaram mais de 60 metros da estrada, no povoado Rio do Sal, em Paulo Afonso. Há mais de um ano foi anunciada a empresa que ganhou a licitação para fazer esta obra. As máquinas e operários apareceram e sumiram. Para a Rodoviária, a ordem de serviço foi assinada em setembro, na véspera da eleição e não se sabe nada sobre o início das obras. Esse descaso vai continuar até quando?


Acompanhe a história da BA-210 e da Rodoviária de Paulo Afonso contada pela imprensa local – jornal Folha Sertaneja, jornal Forquilha, impresso e online, site Bob Charles, jornal Paulo Afonso Notícias,

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!