27 de maio de 2024

EBDA Paulo Afonso mostra ações a prefeitos do Território de Itaparica

Por

Articular estratégias de planejamento e desenvolvimento para o Território de Itaparica foi a principal diretriz do Fórum de Desenvolvimento, que reuniu prefeituras, órgãos governamentais e agentes multiplicadores da Bahia e Pernambuco, na última quarta feira (23), na cidade de Jatobá (PE). O Fortalecimento da Agricultura Familiar foi um tema que se destacou, através dos avanços operacionais mostrados pela Gerência Regional da Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola S.A. (EBDA), de Paulo Afonso, empresa vinculada à Secretaria da Agricultura, Irrigação e Reforma Agrária (Seagri).


Temas como o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), dos governos Federal e Estadual, em parceria com as prefeituras municipais, foram apresentados pelo gerente regional da EBDA, Anttonio Almeida Junior, que durante sua apresentação destacou a importância destes programas na vida dos agricultores familiares, que passam a ter a garantia de venda da sua produção.


Para que estes programas sejam colocados em prática é necessário que o agricultor tenha a Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP), emitida pela EBDA. Na região de Itaparica, na Bahia, o programa já está sendo disponibilizado para as cooperativas e associações da agricultura familiar e a EBDA presta Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater), especializada, aos agricultores beneficiados.


O principal destino de produtos como: batata doce, hortaliças, feijão, frutas, dentre outros, são as escolas públicas municipais da região, que, através de um convênio entre prefeituras e associações, passam a receber os produtos alimentares, que são inseridos na merenda escolar.


Para Almeida Junior a agricultura familiar precisava desenvolver mecanismos voltados para a comercialização de seus produtos, e com esses programas, isso já esta assegurado. “O agricultor precisava do escoamento da sua produção, e através destes e de outros programas governamentais, passa a ter acesso a um mercado, onde todos os envolvidos são beneficiados e, em especial, os alunos das escolas públicas que terão garantido alimentos mais naturais e saudáveis”, comentou o gerente.


O articulador do evento, Claudio Ademar da Silva, mostrou-se otimista com o resultado do evento. “Esperamos, a partir de agora, um grande salto no desenvolvimento do território. Fica estabelecido um pacto entre as prefeituras para a troca de experiências, sugestões e trabalhos, envolvendo todos os órgãos governamentais, em prol do bem estar da população, como um todo”, comentou Silva.


A criação do Consórcio Intermunicipal do Território Itaparica e as ações focadas no meio ambiente fizeram parte da rodada de decisões. Representantes da Secretaria de Meio Ambiente do Estado da Bahia (SEMA), apresentaram uma proposta de Gestão Ambiental Compartilhada, que objetiva fortalecer as ações de melhoria na qualidade do meio ambiente. Esta iniciativa visa estimular a participação da sociedade civil na preservação ambiental.



Fonte: – Assimp/EBDA

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!