10 de agosto de 2022

Helicópteros da FAB fazem simulação em Salvador

Em janeiro último, helicópteros da Força Aérea Brasileira (FAB) ajudaram no resgate de vítimas de enchentes na Bolívia. Dez destas aeronaves estão em Salvador desde a última quarta-feira, operando em simulações de busca e salvamento para treinamento de oito esquadrões da aeronáutica. 
 
São 280 homens dos estados de Rio de Janeiro, Pará e Amazonas, participando até 5 de julho da 23ª Reunião da Aviação de Asas Rotativas (RAAR), série de competições que pela primeira vez acontece em Salvador. Segundo o coronel Gilvan Coelho, um dos coordenadores do evento, o objetivo é avaliar “o grau de adestramento“ e “nível de agilidade“ das unidades de busca e resgate. 


 


Neste segmento, o coronel afirmou que, em relação ao material humano e tecnológico, a FAB tem progredido. “Estamos caminhando para atingir o grau de excelência“, disse. 
 
A Bahia não participa do evento, porque a FAB não conta no estado com grupos de avião de asas rotativas (helicópteros). O esquadrão baiano  –  1°/7° grupo de aviação (Gav) – tem cerca de 120 homens e trabalha com o avião Bandeirulha, usado para localização de vítimas no mar e na selva. 


 


No estado, realiza também trabalho de busca e salvamento o Grupamento Aéreo da Polícia Militar (Graer), que conta com 61 homens, dois helicópteros H-50, conhecidos como “esquilos“, e dois aviões.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!