13 de agosto de 2022

João Gomes (PSB) firma aliança com Washington (PT) na majoritária em Jatobá – PE

O ex-prefeito da vizinha cidade de Jatobá, Pernambuco, João Gomes de Araújo é lançado candidato oficial das oposições daquele município, depois que completou a aliança com o até então também pré-candidato a prefeito pelo PT, o chesfiano Washington. Esta aliança se tornou histórica para a política do município, onde pela primeira vez as forças de oposição se unem na formação de uma chapa majoritária em torno de um nome forte, João Gomes. Esta aliança se fortalece visto que João Gomes do PSB, além de aliado do governador do Estado de Permanbuco, Eduardo Campos (PSB), verticaliza a aliança nacional com o PT, do Presidente Lula. Desta forma, Jatobá poderá, caso eleito, ter o privilégio de um prefeito alinhado com os governos Estadual e Federal.


 


O candidato a prefeito João Gomes que foi o primeiro prefeito do município de Jatobá governou o município de 1997 até 2004. Apesar de não fazer a sucessora, Socorro Simões, que perdeu a vaga por poucos votos, manteve forte ligação política atraindo as atenções para si, dada as comparações entre sua administração e a atual, e desta forma, voltar a disputa nas eleições deste ano de 2008. João Gomes que sempre disse que tinha cumprido seu papel como administrador de Jatobá, colocando o município no rumo do desenvolvimento, através de um governo rigoroso com as contas públicas e eficientes na execução de suas ações, responsável direto pela estruturação da nova cidade recém emancipada, representa, segundo correligionários, o desejo da população em devolver a cidade o rumo do desenvolvimento, parado há 3 anos e meio.


 


O governo atual, do prefeito Itomar Varjão não atendeu as expectativas do seu eleitorado. A cidade pouco desenvolveu, ficando estagnada desde o início do seu governo. As suas ações se limitaram à prática do assistencialismo e a realização de festas, dando-lhe a conotação de um governo populista. Contra a atual administração ainda tem a dificuldade de honrar pagamento com fornecedores, o nepotismo e falta de investimentos em infra-estrutura e a inexistência de um plano de governo voltado para o desenvolvimento. Pesa ainda contra o atual prefeito denúncias por improbidade administrativa feitas por vereadores e a rejeição das suas contas de 2006 pelo TCM-PE, cujo parecer deverá ser votado em breve pela Câmara de Vereadores daquele município, onde a oposição tem maioria. Isso acontecendo, a situação dele não será das melhores, ameaçando inclusive sua candidatura.


 


Com esta aliança das oposições e principalmente com PT de Washington, João Gomes deve subir nas pesquisas de intenção de votos, mesmo sabendo que algumas pesquisas de consulta interna já apontam a sua preferência entre o eleitorado. O prefeiturável João Gomes ainda leva outra vantagem em relação ao atual prefeito, além de ter a maioria da câmara atual, também deverá fazer maioria para próxima legislatura. Conhecido pelo governo equilibrado, Gomes deve pautar sua campanha em planejamento e organização, e já tem ao seu lado uma equipe de consultores de marketing que promoverá o seu nome e dará maior visibilidade a sua campanha.


 


Ao prefeito atual, será preciso correr contra o tempo e promover uma maior organização na sua campanha, nas definições do seu vice e uma defesa maior da sua administração. Assim como, muitos prefeitos desta região do São Francisco, sua atuação frente ao governo municipal deixou muito a desejar, e parece um pouco tarde para ações eleitoreiras e convencer o eleitorado que seu nome ainda mereça mais 4 anos nos destinos a prefeitura de Jatobá. Até 5 de outubro muita coisa ainda vai acontecer, mas a largada foi dada.


 


Procurados pela redação, segundo os coordenadores da campanha de João Gomes haverá inovações em muitos aspectos para dá uma nova cara a política do município, e todo o grupo não medirá esforços para combater as campanhas assistencialistas, que é uma afronta a alto-estima de uma população já massacrada pelas políticas públicas mal elaboradas. Para ele, o povo precisa acordar e lutar por melhorias em toda a comunidade, e não em favor de meia dúzia de pessoas, e o voto limpo, analisando a melhor proposta de governo deve ser o motivo para escolher o melhor candidato. Da mesma forma, se levanta um novo contingente de candidatos a vereador em Jatobá, que poderá promover uma grande renovação nos atuais nomes da Casa. É bom a turma se preparar e trabalhar mais para população se interessar pelos seus trabalhos.


 


Aproveitando este comentário, é preciso uma campanha mais agressiva por parte da Justiça Eleitoral e da imprensa contra os abusos cometidos por candidatos que promovem o assistencialismo como principal arma de campanha, humilhando o povo oferecendo em troca do voto benefícios que duram bem menos do que 4 anos. Dia 5 de outubro o povo irá responder de forma franca e democrática o que está achando de cada um dos candidatos.


 


O candidato a prefeito pelo PSB, João Gomes e o vice petista, Washington homologam a aliança na convenção geral que acontecerá no dia 29, domingo, às 17h30 na sede da Associação de Moradores em Jatobá. Devem estar presentes ao encontro, deputados e autoridade do governo de Pernambuco. Esta convenção será a grande prova e largada da campanha de João Gomes e Washington à prefeitura de Jatobá.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!