11 de agosto de 2022

Vereador Dorival diz que o processo para a escolha do vice foi atropelado pelo PT

MANDATO POPULAR VEREADOR PROFESSOR DORIVAL – PT – ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO


 


Paulo Afonso, 15 de Junho de 2008


 


COMUNICADO À SOCIEDADE PAULOAFONSINA


 


O vereador professor Dorival, membro e filiado do Partido dos Trabalhadores, nesses últimos meses tem acompanhado todo debate interno e externo do PT em relação ao processo eleitoral de 2008. Diante dos últimos fatos o mandato do professor Dorival comunica que:


 


Atendendo a convite de diversas pessoas, militantes e lideranças, do PT, de outros partidos, e da sociedade, o professor Dorival colocou seu nome para composição da chapa majoritária com o PSB, na condição de candidato a vice-prefeito do município;


 


Durante todo processo reconhece a importância dos nomes postulantes a vaga, a exemplo do Luiz Neto e Maninho, e tantos outros nomes valiosos e importantes para o PT e para a sociedade;


 


No processo eleitoral mais relevante que os nomes é o projeto estratégico que avance as políticas públicas de saúde, educação, emprego, agricultura familiar, meio ambiente, turismo… Entendemos que o que está em jogo em Paulo Afonso é o fortalecimento de forças democráticas, dos projetos maiores e ações do governo Lula e do governo Wagner.


 


Aceitamos em nome do PT e do consenso entre suas lideranças colocar para avaliação do partido nosso nome. Acreditamos que nesse contexto qualquer disputa interna de medição de força é legítima, porém desnecessária. Nesses últimos dois dias tivemos diversas reuniões com a direção estadual do partido onde o sentimento e o compromisso de todos eram pra que o nome a vice fosse fruto do consenso e não de uma disputa de grupos internos do PT;


 


Para a escolha do vice a executiva estadual, juntamente com diretório e executiva municipal, orientou a observância de alguns critérios: Densidade eleitoral; Representação na sociedade, com setores, com movimentos sociais e populares; Relação e boa circulação entre os diferentes partidos da coligação; Capacidade de diálogo e de colaboração na campanha e no eventual segundo mandato do atual governo. O processo foi atropelado, o partido não discutiu devidamente nem os critérios nem os nomes, apenas uma parte do partido definiu a escolha do vice;


 


Após esses dois dias de reuniões, 13 e 14 de junho, com o presidente estadual e o secretário de organização do PT foi decidido e acatado por todos que os três postulantes, atendendo a orientação da executiva estadual e referendada pela executiva municipal, conversassem e esgotassem todas as possibilidades de diálogo e de consenso para evitar qualquer disputa e medição de força através do voto. Se não houvesse consenso entre os três pré-candidatos, Professor Dorival, Maninho e Neto, o partido de forma legítima decidiria em outra data, posterior ao dia 15 de junho, através de suas instâncias, diretório, executiva e encontro municipal, que pelo prazo da justiça eleitoral essa definição poderá ser até 30 de junho. Em todo momento entendemos que a decisão do vice seria tomada através do consenso, a decisão no encontro através do voto seria a última possibilidade. Apesar do nosso esforço e de outras pessoas para o consenso, outras lideranças não entenderam assim.


 


Em nenhum momento o vereador Dorival queria ser vice de um grupo e sim do conjunto do partido, após o tempo e diálogo necessários que uma decisão tão importante dessas requer. Nesse sentido no encontro do dia 15/06, domingo passado, ainda no prazo de construção do consenso entediamos que o partido não estava devidamente unificado para tomar importante decisão. Portanto, retiramos o nosso nome da disputa por entendermos que o vice deve ser do partido e não de uma tendência ou de um grupo, pois o acordo e os diálogos com a direção estadual eram para que no encontro do dia 15 de junho não se escolhesse o vice, mas se definisse outros processos do pleito eleitoral, coligações, eleição de vereadores e propostas de governo.    


 


Ser candidato a vice-prefeito para nós era uma missão, um desafio e um serviço a sociedade, ao governo e ao Partido dos Trabalhadores. De nossa parte, vamos dar continuidade ao nosso trabalho e nossas lutas por saúde, educação, cultura, meio ambiente, emprego e renda respeitando e estimulando o diálogo e nos colocando na condição de pré-candidato a vereador deste município.


 


Assessoria de Comunicação do Mandato Popular do Vereador Professor Dorival – PT


 

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!