15 de agosto de 2022

Integrantes de movimentos sociais mantêm protesto na Chesf

Cerca de 500 integrantes de diversos movimentos sociais mantêm protesto na área de controle da Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf) em Sobradinho (556Km de Salvador). Eles invadiram o local por volta das 5h30 desta terça-feira, 10.


 


Cinco policiais militares acompanham o movimento à distância. Eles estão na guarita, que fica a cerca de 500m dos manifestantes, ao lado de dois vigias da Chesf. Os agentes informaram que 72 veículos do Batalhão de Infantaria de Petrolina, Pernambuco, estão a caminho do local. Em Juazeiro não há posto do Exército. Dois policiais federais também estiveram no local, conversaram com os líderes do movimento e foram embora, depois de fotografar o local.


 


Dez ônibus e carros com os manifestantes estão estacionados na parte de cima da barragem. Os manifestantes quebraram a barra de segurança no acesso à Chesf, além das portas no saguão da sala de controle, deixando os funcionários sem saída. Apesar disso, o movimento é pacífico e não interfere no funcionamento da barragem. 


 


Com faixas, carros de som e empunhando facões, eles protestam nacionalmente na Jornada de Luta da Via Campesina que realizará manifestações em todo o país, principalmente no Nordeste, até a próxima sexta-feira, 13.


 


O movimento é em protesto aos grandes projetos do Governo Federal como a transposição do Rio São Francisco, a construção de barragens e o atual modelo agrícola. A reportagem procurou a direção da Chesf, que não quis se pronunciar.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!