23 de maio de 2024

Silvano Wanderley: Resposta ao Artigo de Almeida Júnior

Por

Almeida Júnior, em seu bem escrito artigo, se esqueceu de comentar alguns detalhes importantes sobre as eleições em Paulo Afonso. Na minha opinião o maior vitorioso em numero de votos chama-se  Paulo Rangel, que praticamente dobrou a sua votação em relação à última eleição (de 3 para 6 mil votos). Raimundo Caires, por ter sido prefeito há apenas dois anos e por Luiz de Deus ter saído para federal, também foi bem votado, muito embora Vavá, quando foi vereador, teve quase 11 mil votos, o que prova que eleição para deputado é outra coisa.


Quanto a Mario Negromonte, não há como negar que na Bahia ele foi muito bem votado. O mesmo não se pode dizer de Paulo Afonso, onde eu esperava que ele pelo menos dobrasse a sua votação, o que nem de longe aconteceu, já que o seu crescimento foi em torno de 50%. Mas decepcionante mesmo foi a votação de Mário Júnior no município, onde perdeu até para o “forasteiro” Elmar, o que comprovou a força do grupo Luiz de Deus.


Quanto à votação de Luiz de Deus, ela se manteve com a mesma média de votos de toda a sua carreira política (em torno de 35%), tendo ou não a prefeitura ao seu lado. É claro que o numero de eleitores subiu, mas também aumentou o numero de candidatos desconhecidos que, somados, levaram mais de 6 mil votos da nossa região. Com relação a sua votação na última eleição, quando ele conseguiu 1,5% a mais de votos do que agora, foi um caso completamente atípico, pois ali já era a eleição para prefeito, com Anilton comandando os funcionários que foram demitidos e uma grande parte da população, revoltada com a administração de Caires.


É lógico que o cenário nacional é todo favorável as forças da esquerda. Mas, como disse, eleição para prefeito é completamente diferente e o pauloafonsino sabe muito bem separar o quadro municipal do estadual e do federal. Ou será que em apenas dois anos a população já se esqueceu do caos que foi a administração da “oposição unida” para o nosso município? Portanto, assim como a eleição de Dilma e Serra se transformou num plebiscito onde o eleitor escolheu se queria a volta do modelo tucano de governar ou a continuidade da gestão Lula, a eleição municipal também será uma consulta. O pauloafonsino irá para as urnas dizer se quer a volta do salário atrasado, do desmando com o dinheiro público e da falta de investimento em obras e infra-estrutura, ou se prefere uma gestão que em apenas dois anos trouxe de volta a dignidade e a auto-estima para o nosso município que, por pouco, não foi destruído por essa mesma turma que hoje festeja a vitória estadual e federal como se fosse municipal. Menos, pessoal, menos.


Silvano Wanderley

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!