27 de maio de 2024

Nota da PMPA sobre distribuição de cestas básicas na semana das eleições

Por


NOTA À IMPRENSA


 


 A Prefeitura de Paulo Afonso vem comunicar, por intermédio desta, que participa, executa e administra alguns programas relacionados à Segurança Alimentar, como o Restaurante Popular – que serve comida para trabalhadores de todas as classes ao preço de R$ 1,00 (um real) o prato, Banco de Alimentos – que arrecada alimentos de empresas do setor e os organiza, seleciona e distribui para  entidades pré cadastradas que fazem parte da rede sócio -assistencial do município, O PAA , Programa de Aquisição de Alimento que é a compra direta ao agricultor , e que é repassado para rede sócio- assistencial, além de outros programas municipais de segurança alimentar e combate à fome, que adotam rigorosos critérios semelhantes aos do Governo Federal, mas que são totalmente custeados pela Prefeitura, como o Auxílio Alimentação – que fornece uma cesta básica, mensalmente, para mães com filhos de 0 a 6 meses de idade e que se encontram em situação de vulnerabilidade social  e insegurança alimentar, assim como o Programa de Distribuição de Cestas Básicas – destinados a famílias que se encontram enquadradas nos mesmos critérios. Essas cestas são distribuídas de dois em dois meses, e só tem direito as famílias que se encontram dentro dos padrões estabelecidos pelo SUAS e LOAS, sendo que, mesmo com o período eleitoral, a distribuição das cestas não cessou.


 


O motivo desta nota é que, pessoas mal intencionadas estão divulgando que esse programa, de vital importância para essas pessoas, tem fins eleitoreiros. A Prefeitura quer deixar bem claro que não interrompeu o fornecimento das cestas, por entender que a miséria e a fome da população necessitada independem de período ou de partidos políticos e, sim, da responsabilidade social assumida pela gestão municipal.


 


Saiba mais sobre o Programa de Distribuição de Cestas Básicas:


 


·        No centro de Paulo Afonso são distribuídas 1876 (mil oitocentas e setenta e seis) cestas básicas. Além desse número, mais 39 (trinta e nove) pessoas com doenças crônicas, que não têm condições de ir até o caminhão de distribuição, recebem as cestas em casa. E no BTN são 1.700 (mil e setecentas) cestas.


·        Na área rural, são distribuídas 1826 (mil oitocentas e vinte e seis) cestas em 53 e três povoados.


·        As famílias que recebem essas cestas são cadastradas e, apenas as famílias que tenham uma renda per capita de até ¼ de salário mínimo por pessoa, podem receber essas cestas. As condições de moradias também são avaliadas.


·        A última entrega de cestas básicas em Paulo Afonso foi realizada no mês de julho de 2010, sendo que, agora em setembro, completam-se dois meses.


 


 


Atenciosamente,


Assessoria de Comunicação


Prefeitura de Paulo Afonso


 

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!