21 de maio de 2024

Balanço da Copa Vela 2010 e as fotos da última noite do evento

Por

A 22ª edição da Copa Vela, Micareta de Paulo Afonso, terminou na madrugada de hoje (07) com um balanço positivo da Polícia Militar. Segundo o Tenente Coronel Antônio Rosário, comandante do 20º BPM, não houve nenhum fato grave no circuito da folia, durante a Copa Vela, “Quero parabenizar primeiro os foliões pelo comportamento, foram eles que fizeram uma festa tranqüila, depois, é claro, o trabalho não só da Polícia Militar, mais do Corpo de Bombeiros e da Polícia Civil, garantiu a segurança da população”.


 


O coronel lamentou apenas os excessos no uso e na venda de drogas na Copa Vela. “Estávamos preocupados com o tráfico de drogas na festa e isso realmente aconteceu, principalmente no bloco, muita gente foi flagrada usando e vendendo cocaína e crack, mas no geral, o balanço foi positivo” Finalizou.


 


O carnaval fora de época de Paulo Afonso teve uma característica peculiar: misturou rítmos que agradaram todos os públicos.  Uma fórmula que vem dando certo. Pelo menos vinte mil pessoas por dia visitaram circuito da folia. Os números ainda são extra-oficiais.


 


Ao longo de suas edições, o evento atravessou importantes transformações. No início era apenas uma competição náutica. Hoje, a Copa Vela apresenta-se como uma das maiores micaretas do Nordeste, incluída no calendário brasileiro de festas, atraindo pessoas de diversos cantos do Brasil em busca de diversão.


 


Embalados nesse ritmo, nasceram os blocos, que logo inventaram seu circuito. Atrás do trio elétrico, os foliões desfilavam da avenida Apolônio Sales, circuito da folia atual, até a beira do rio da Prainha. E, ao longo dos anos, sentiu-se a necessidade de localizar o evento em um circuito mais seguro e concentrado. A partir daí a festa principal passou a acontecer na Avenida Apolônio Sales.


 


Esse ano, mais uma mudança, a ausência dos trios elétricos, a festa se concentrou apenas numa parte da Avenida Apolônio Sales, com vários camarotes e dois palcos onde as bandas faziam grandes shows. Atualmente, o bloco Chavaska é um dos grandes símbolos do evento.


 


Mas o evento não é foi só festa. Foi oportunidade de trabalho. Enquanto uns curtiram, outros enxergaram uma oportunidade de ganhar dinheiro. Empregos diretos e indiretos foram gerados. Hotéis, pousadas, bares, restaurante, comércio de confecções, barraqueiros foram alguns dos setores beneficiados.


 


Segundo Flávio Ferreira, Diretor Comercial da MS-Distribuidora, que patrocinou o evento com a marca de bebidas Nova Schin, todo estoque foi consumido pelos foliões. Flávio que ficou feliz com a parceria entre a Nova Schin e a Prefeitura Municipal, disse para a imprensa local, que a Copa Vela foi um sucesso total de vendas, os Camarotes Planeta Beer, Korpo & Equilibrio, Insaciáveis e Super Camarote, além do Bloco Chavaska e os ambulantes venderam todo o estoque de bebidas .

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!