26 de maio de 2024

A Tarde/Vox Populi: Wagner lidera com 46% e vantagem entre Souto e Geddel é de 6%

Por

A primeira pesquisa A TARDE/Vox Populi sobre as Eleições 2010 mostra o governador Jaques Wagner (PT) com 46% das intenções de votos. Em seguida, está o ex-governador Paulo Souto (DEM), com 17%; o ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB), com 11%; e o deputado Luiz Bassuma (PV), que tem 1%. Se a eleição fosse hoje, Wagner teria mais votos que a soma dos adversários (29%) e venceria a disputa no primeiro turno, mesmo considerando-se a margem de erro da pesquisa, de três pontos percentuais.

Na pesquisa espontânea, quando o eleitor é perguntado sobre a intenção de voto sem que os nomes dos candidatos sejam apresentados, Wagner apresenta 32% de intenções de votos. O segundo colocado, Paulo Souto, aparece com 7%, tecnicamente empatado com Geddel, que tem 6%. Bassuma tem 1%, e quase metade dos eleitores (45%) aparecem como indecisos.


“O eleitor já refletiu sobre os candidatos à presidência e começa a se posicionar para os governadores”, afirma o diretor-presidente do Instituto Vox Populi, João Francisco Meira. Ele acredita que as pessoas definem os votos seguindo uma ordem de prioridades, que se inicia pelos governantes e termina com os postulantes a cargos no Legislativo. O índice de 18% de indecisos confere alguma estabilidade ao cenário.


Avaliação do governo – A percepção do governo Wagner pelo eleitorado e a proximidade em relação ao governo federal, com a conhecida amizade entre ele o presidente Lula, são as maiores armas do governador. Na avaliação do governo, Wagner recebe do eleitorado 10% de avaliação como ótimo, mais 36% como bom. Só aí ele já apresenta os 46% de intenções da pesquisa estimulada, porém ainda existem 31% de eleitores que consideram a administração petista como regular positivo. Segundo a análise do Vox Populi, o candidato ainda teria espaço para crescer mais.


Para 36% do eleitorado baiano, o apoio do presidente Lula é fundamental na escolha de um candidato ao governo, independentemente de quem ele for. Outros 37% do eleitorado admitem atender pedido do presidente e votar no candidato ao governo apoiado por ele, a depender de quem é este candidato. Apenas 5% do eleitorado dizem não votar em candidato apoiado por Lula, enquanto 19% vão avaliar, independentemente de pedido do presidente.

Na hora de identificar o candidato a governador apoiado pelo presidente, 67% dos baianos apontam Jaques Wagner, enquanto 7% dizem ser Geddel. Há 26% que não sabem e 1% que diz ser o democrata Paulo Souto.


“Não sei se existe espaço para uma mudança significativa por conta de outras variáveis”, diz Meira, apontando um claro “sentimento de continuidade” no eleitorado. “Isso não é só da Bahia. Com a reeleição, o eleitor avalia muito a possibilidade de mudanças”, acredita. Para ele, a lógica do eleitor, em qualquer circunstância, seria: “Melhor manter um mais ou menos que arriscar em um novo”.


Entre os candidatos, Paulo Souto é o que tem o maior número de eleitores pensando em mudar o voto, com 38%. Com 23%, Jaques Wagner apresenta o menor percentual de eleitores que pensam em mudar de candidato.


Paulo Souto não conta nem com a expectativa da continuidade, nem com o alinhamento a Dilma. “Isso dificulta muito”, reconhece Meira. Por outro lado, destaca o especialista – com base em sua experiência anterior com a política baiana –, o ex-governador tem a possibilidade de crescer diante do eleitorado quando investe na lembrança da própria trajetória.


Outro que luta contra o desejo de continuidade expresso na pesquisa é o ex-ministro Geddel, que aparece com 11% das intenções de votos. Para João Meira, o desconhecimento do público em relação a ele é o primeiro problema. “Geddel não deveria ter confiado tanto no cacife político porque não tem o mesmo nível de recall (lembrança) dos outros”, diz.


Geddel ainda teria outro problema: as críticas que ele faz ao principal adversário não batem com o desejo da população: 24% acham que nada deve mudar e 44% querem mudar pouco.


 


Na Bahia Dilma tem 65% contra 15% de Serra, 50% de vantagem


 


Candidata petista vence entre todos os públicos pesquisados no levantamento A TARDE/Vox Populi


 

Com 90% de identificação como a candidata apoiada pelo presidente Lula para sucedêlo, Dilma Rousseff (PT) aparece com 65% das intenções de votos entre o eleitorado baiano, de acordo com a primeira pesquisa A TARDE/ Vox Populi sobre as Eleições 2010. O segundo colocado, José Serra (PSDB), está 50 pontos percentuais atrás, com 15% das intenções de votos. Com isso, caso as eleições presidenciais fossem hoje, a petista conquistaria 6 milhões de votos no Estado e teria uma frente de 4,7 milhões em relação ao adversário tucano. A terceira colocada, Marina Silva (PV), aparece com 6% de preferência dos baianos.

Na pesquisa espontânea, quando o eleitor responde emquempretende votarsem ter acesso à relação dos candidatos que estão na disputa, a petista aparece com 53%, o que representa mais da metade dos votos entre os baianos. José Serra tem 12%. Em terceiro lugar aparece o presidente Lula, que nem é candidato a nada, com 5% das intenções de votos do eleitorado baiano. Os indecisos representam 21% dos eleitores na pesquisa espontânea.

Em relação à possibilidade de vitória, Dilma é vista como favorita por 75% dos eleitores. Serra é o favorito para 10% dos baianos e 1% acredita que Marina vence a eleição.

O favoritismo de Dilma entre os baianos pode ser explicado pela relação entre ela e o presidente Lula, que é vista como fundamental para a definição de votos entre 49% dos entrevistados. Outros 29% dizem votar a depender do candidato. Apenas 5% dos eleitores baianos afirmam nãovotaremcandidatoàpresidência apoiado por Lula.

O presidente é fundamental na escolha de 61% dos baianos com ensino até a quarta série. Entre os que recebem salário mínimo, a influência de Lula faz a diferença para 58% dos eleitores.

Entre os 29% dos eleitores que têm afinidade com Lula, mas votariam no candidato à presidência a depender de quem ele é, 53% dizem que votam em Dilma. Enquanto isso, 22% desses eleitores poderiam votar em José Serra se ele fosse o apoiado por Lula. Mas a maioria deste eleitorado (59%) não votaria no ex-governador de São Paulo, mesmo que Lula estivesse ao lado dele.

Para 90% dos eleitores baianos não existem mais dúvidas sobre qual é a preferência de Lula entre os candidatos à presidência. Dilma desponta com 90% das indicações, enquanto 9% das pessoas não souberam responder quem seria.O1% restante ficou dividido entre os outros candidatos.

“Dilma é a representante de um governo muito bem avaliado pelos efeitos econômicos”, acredita o diretor presidente do Vox Populi, João Meira. É a economia o que explicaria, por exemplo, a boa avaliação positiva em relação a Lula entre o público com renda superior a cinco salários mínimos. “Apesar de o foco do governo ter sido as pessoas com menor renda, todos se beneficiaram com o impacto que isso trouxe à economia”, explica, em relação à preferência da classe média pela candidata do PT, o que segundo ele estaria se repetindo em todo o País.

O estudo mostra que Dilma vence entre todos os públicos pesquisados. A maior margem dela fica por conta dos votos dos homens e dos jovens com idade entre 16 e 24 anos.

Quase metade dos baianos (49%) deseja que as políticas implementadas pelo governo Lula permaneçam inalteradas no próximo governo. Há 40% que desejam algum tipo de mudança, com a permanência da maioria das políticas. Apenas 3% dos eleitores desejam modificar todas as políticas públicas implementadas por Lula.

É Dilma Rousseff quem aparece como a candidata que vai dar continuidade a essas políticas para 83% dos eleitores. Isso apesar de todo o esforço do tucano José Serra e de Marina Silva (PV), no sentido de garantir a continuidade das��������Y �� ��

A primeira pesquisa A TARDE/Vox Populi sobre as Eleiçõe

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!