13 de agosto de 2022

“Carlinhos de Tico” conta a sua versão sobre a “briga” com Dimas Roque

Carlinhos de Tico: “Olha Ozildo, primeiramente eu fico profundamente triste, mas eu acho que o debate dentro da política é isso mesmo, a gente vai pro embate, agora debate político e a gente nunca espera que chegue com uma tentativa de agressão física, porque eu acho que somos pessoas civilizadas, só que muitas vezes, a gente não consegue controlar esse ímpeto que é natural do ser-humano.


 


Na verdade, o deputado (Paulo Rangel) está incomodando e como é sabido de toda Paulo Afonso de que existe uma ala dentro do PT que é minoria, diga-se de passagem, que ainda sonha em se reaproximar do Governo Caires quando foi decidido por uma ampla maioria em 2006, o rompimento e hoje, há essa coisa emblemática, se o PT é ou não é Governo e com isso, tem causado desconforto e confusão na cabeça das pessoas.


 


O deputado chegou neste final de semana e hoje no seu discurso de abertura lá do evento, do Encontro Regional, colocou que já tinha fechado com Vavá Ferraz, fechado 100% apoio ao deputado na campanha para prefeito, a estadual do partido pediu e quer que o deputado seja candidato a prefeito diante de pesquisas qualitativas que apontam uma possível vitória aqui dentro de Paulo Afonso. Então ele disse que tinha estes números e queria conversar com todo mundo. Este foi o primeiro momento.


 


Tivemos que dar uma saída para uma reunião e quando estávamos em determinado ambiente esperando as pessoas, seriam Val a pedido do deputado Mário Negromonte e Nivaldo e começaram a ligar do partido para o deputado voltar. Eu fiquei esperando Val e o deputado foi e me pediu para eu ficar esperando Val, Maninho veio, nosso amigo conversar comigo e logo logo eu recebo um telefonema de uma pessoa ligada a gente, que eu fosse imediatamente para o Sinergia, porque estava tendo uma tentativa de agressão verbal do Dimas Roque com o Deputado Paulo Rangel.


 


Minha ida até lá, foi justamente para tentar conter isso e evitar. Chegando lá, eu vi o deputado sentado, tinha algum burburinho, mas com calma. Eu falei pra o deputado, olha! Têm alguns provocadores, a gente tinha sentado ontem pra ver isso, vai haver esta tentativa, porque está gerando um desconforto por conta da sua ascensão no interesse do povo de Paulo Afonso e vão ter esses provocadores e tinha identificado o Dimas pela relação que ele tem com pessoas antigas do PT e os interesses dentro da prefeitura, o grupo que está tentando ficar com Raimundo e o próprio partido tem que investigar isso, que interesses são esses e o deputado tranqüilo.


 


Quando eu ia passando, tinha um senhor falando com Dimas Roque, dizendo o seguinte: Dimas, respeite Paulo Rangel, ele é deputado e ele (Dimas) com baixas palavras, entre elas, chamando de moleque, de vagabundo o deputado, porque bem antes, ele (Dimas) estava atrapalhando a fala do deputado, gritando: “O partido não tem dono, o partido não tem dono!”, só na provocação, o que gerou tudo isso. Então eu falei pra ele, olha você está chamando o deputado de moleque, eu acho que você não gostaria que eu dissesse que moleque é você, foi quando ele se levantou imediatamente e partiu para me agredir fisicamente, então você há de convir que eu não poderia aceitar, então eu me defendi, me defendi, foi uma defesa normal e nesse meio tempo, ele também veio pra cima e as pessoas nos contiveram.”


 


Perguntado se ele tinha esmurrado o Dimas, Carlinhos respondeu: ‘Olha Ozildo, no momento da confusão, tanto eu quanto ele possa ter tido algum contato físico, mas, eu não diria esmurrar, eu acho que foi um gesto de defesa entendeu, porque da forma que ele veio, ele iria me agredir, então eu acho que antes de levar, eu prefiro dar”. Disse Carlinhos de Tico.


 


Logo após esta troca de tapas e farpas envolvendo Dimas Roque e Carlinhos de Tico, a reunião foi cancelada. Os dois voltaram a conversar e reconheceram que erraram. Carlinhos responsabilizou o presidente Luis Neto pelo ato, dizendo que ele não teve pulso para conduzir a reunião: “Um presidente que abre um discurso e diz que o PT pode atrapalhar, mas não ganha a eleição em Paulo Afonso, do seu partido, eu acho que nem se ele fosse de um partido inexpressivo que tivesse 0% ninguém parte para uma discussão interna desqualificando o seu próprio partido e o seu deputado, que é o líder da bancada, que vem para ser candidato a prefeito, que as pesquisas apontam que ele pode ganhar a eleição.”


 


Nossa equipe procurou o Presidente Municipal do PT Luis Neto para comentar a reunião, mas não foi localizado.


 


Nesta segunda-feira, na sede do PT situada  à Avenida Getúlio Vargas, haverá uma reunião com o Diretório Executivo do Partido.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!