18 de agosto de 2022

Estudante reivindica apoio para pacientes de Glória que se deslocam ao Hospital João Alves

É bom lembrar que várias prefeituras de cidades menores ou do mesmo porte de Glória, garantem este benefício para os seus munícipes e a sugestão, vem em boa hora, uma vez que, faltam pouco mais de três meses para o início de mais uma campanha eleitoral. Veja abaixo o relato com linguagem “internética” da estudante:


 


“oi ozildo , sou thiara academica de enfermagem da unit em aju,sou filha do ex prefeito de gloria, e nao estou fazendo politica. queria q  o senhor soubesse, q estou lhe escrevendo como acadêmica e não como a filha de terto, e q quando faço campanha para q acabe com o preconceito contra os doentes mentais não e atrás de voto, ou quando faço campanha e consigo 40 doadores de sangue tb não estou atrás de voto,  há dois meses atrás um amigo de Paulo Afonso sofreu um acidente de moto e acabou parando numa enfermaria, do hosp joao alves junto com um rpz de gloria, esse rpz estava acompanhado da mãe,ele estava internado há 2 meses, não conheciam ninguém,a mãe passou todo esse tempo dormindo numa cadeira ao lado do leito do filho morando no hospital, meu amigo disse q eu era filha de terto, ela era parenta de uns amigos deles e passei a acompanhar essa senhora e o filho,dando assistência sempre ia lá ver como os dois estavam ,acabei  levando  ela


pra meu apt. pq quando o filho foi fazer a cirurgia, ela não tinha onde ficar.quando cheguei a Paulo Afonso mais uma pessoa de gloria me procurou pq não conhecia ninguém e estava no hospital, esse foi apenas 2 casos nas imagine quantos não tem , o fato e que essas pessoas ficam largadas nos hospitais, pessoas na sua maioria simples, q nunca saíram de seus interiores que não sabem se virar numa capital,muitas delas não tem dinheiro para se alimentar, depende do sopao e ajuda de algumas pessoas que fazem caridade no hosp, o que eu quero e q o município de gloria de assistência a essas pessoas q pague uma pousada, que tenha uma pessoa q acompanha essas pessoas, não basta dar um carro pra


larga essas pessoas num hospital e depois mandar pegar, essas pessoas estão em situação desumana, e Aracaju e o lugar para onde mais vem paciente dessa região, vc sabe que tudo mandam para cá, e não se tem qualquer  apoio.procurei me informa e


soube q só em ssa e q se tem uma pousada para os acompanhantes, quero q essas pessoas sejam tratadas com dignidade, e não precisem da sorte pra não ficar largadas como indigentes nos hospitais daqui, só quem passa ou trabalha em um hospital sabe o quanto e difícil  ter um parente doente e ainda ter


q passar por tudo isso. Espero q o senhor leve a publico essa situação e q se tome alguma providencia.”  


 


Thiara Lisboa

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!