10 de agosto de 2022

É hora de Paulo Afonso pensar no seu turismo

OZILDOALVES.COM.BR – CONTATO


Mensagem enviada através do site em 9/2/2009 – 8h50m


=============================================================


 


Nome: Tarcisio Pereira


E-mail: [email protected]


 


Mensagem:


 


É HORA DE PAULO AFONSO PENSAR NO SEU TURISMO


 


Poucos lugares no mundo têm o privilégio de desfrutar de uma beleza como a existente no município de Paulo Afonso. Dos Canions, das Bacias formadas pelos lagos artificiais à Serra do Umbuzeiro e Cachoeiras, com o seus encantos, usinas e o raso


da Catarina deslumbrantes, tudo demonstra que neste ponto do nordeste da Bahia é um recanto único, incomparável, mas, infelizmente, muito mal-aproveitado. O turismo não pode mais ser considerado a “indústria” do futuro, pois ele é um negócio do presente. Trata-se de um segmento ambientalmente sustentável, socialmente justo (por distribuir a riqueza) e de grande potencial econômico. E é fantástico que a velha Paulo Afonso tenha plena condição de desenvolver-se nos mais interessantes nichos dessa indústria: as modalidades de turismo rural, ecológico e de aventura.


A tendência atual é unir turismo com a conscientização e a preservação ambiental, promovendo o chamado turismo alternativo e sustentável. Ela surge como contraponto aos altos custos, sobretudo ambientais, do turismo de massa. Cresce o número de


viajantes em busca de espaços naturais, rurais e vilarejos. Porém, ao contrário do que se possa imaginar, esse é um tipo de turismo que exige grande dose de planejamento e atenção, além de sintonia fina entre o poder público, a iniciativa privada e o terceiro setor. Em compensação, o retorno para a comunidade seria ilimitado, colocando Paulo Afonso definitivamente no mapa do turismo no Brasil e porque não dizer no mundo. Não é mais possível nem aceitável que apenas os de fora (como os Sarkozy da vida) enxerguem as belezas naturais do nosso município. O próprio cidadão de Paulo Afonso é que deve reconhecer e valorizar o quanto de riqueza ele possui. Trata-se de um potencial que não pode mais continuar inexplorado ou relegado a terceiro plano.


É preciso arregaçar as mangas e começar a trabalhar, investindo em empreendimentos de custo relativamente baixo e altíssimo retorno, como a instalação de uma central de atendimento ao turista em varios pontos, a revitalização do balneário, a liberação das agues das cachoeiras e o planejamento de ações para divulgar o


município junto aos principais pólos emissores de turistas, além de procurar atrair e incentivar a chegada de empreendimentos no setor de hotelaria. Pois bem, o mundo já descobriu as belezas que Paulo Afonso. Falta agora o próprio município se descobrir, crescer e aparecer. Tarciso Pereira, lutando por turismo em Paulo Afonso. Formado em ciencias ocultas e letras apagadas, contudo sei o que realmente Paulo Afonso precisa.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Comentários 0

  1. eu says:

    é hora de pensar em trabalho, cade meu emprego anilton bastos??

  2. TURISMO JÁ. says:

    QUEM SABE ALGUM DIA NÓIS ACORDA NÃO É, MAZELAS NÃO, SAFADEZA, NÃO, VAMOS LUTAR PARA MELHORAR E NÃO PRECISAR DESTE EMPREGUINHO DESTA MALDITA PREFEITURA.

  3. TURISMO, QUE TURISMO? says:

    Vejam, teremos um encontro sobre TURISMO por estes dias, mais vejam, somente conversa fiada, para boi dormir.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!