5 de julho de 2022

Deputado vai à Justiça para evitar que Mário Negromonte seja o líder do PP pela 4ª vez

O deputado federal Gérson Peres (PP/PA) comemora uma vitória sobre o seu correligionário baiano e até então líder da bancada na Câmara, Mário Negromonte (PP-BA). Líder do partido por três anos, Negromonte já havia pleiteado a liderança pela quarta vez. A indicação já havia sido aceita pela Mesa da Câmara Federal. Peres, no entanto, considera que o estatuto do partido vinha sendo ferido com os sucessivos mandatos do colega. Por isso, entrou com pedido de liminar e conseguiu decisão favorável de um juiz do Distrito Federal, suspendendo indicação da liderança, embasada em uma lista com assinaturas de deputados.


“Quero dizer aos colegas que não sou candidato a líder e não postulo liderança, apenas quero que seja respeitado o estatuto do partido”, declarou Peres a O LIBERAL. Ele ressaltou que, mesmo que o deputado Negromonte recorra da decisão, o recurso não tem efeito suspensivo, o que levará o partido, obrigatoriamente, a providenciar as eleições para a escolha do novo líder.


Mário Negromonte foi reconduzido à liderança do partido em 18 de dezembro do ano passado com o apoio de 30 dos 41 deputados da bancada federal. O presidente nacional do partido, Francisco Dorneles, foi quem conduziu os trabalhos, dando apoio à indicação de Negromonte. Mas o deputado Gérson Peres discordou da posição do presidente: ‘Disse a ele que não havia representatividade na indicação’. O deputado paraense argumentou que o regimento interno do PP reza que a eleição para a liderança ‘tem que ser secreta, em dois turnos, e que é vedada a reeleição’. Negromonte lançou mão do recurso da aclamação, apresentando à Mesa uma lista com assinaturas de deputados, que foi aceita.


O juiz considerou, no entanto, que mesmo sendo aceita pela Câmara, a lista infringia o regimento do partido, que manda que sejam convocadas eleições para a liderança. A decisão pode ter grande repercussão na Câmara Federal, onde a recondução de líderes é recorrente. Outros partidos podem seguir o mesmo exemplo.


Fonte: O Liberal

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!