10 de agosto de 2022

Anilton Bastos vai à rádio e desmente onda de boatos

“boatos e mentiras”

Em entrevista na Rádio Bahia Nordeste ao radialista Fábio Salvador, o prefeito eleito, Anilton Bastos (DEM) disse estar “bastante contrariado com essa onda de boatos, mentirosos que pessoas ligadas aos atual prefeito vem espalhando pela cidade. Isso é uma tentativa de desmoralizar a Justiça Eleitoral e a nós, eleitos legitimamente pela população de Paulo Afonso que disse NÂO à atual e desastrosa gestão do atual prefeito”.

E acrescentou: “Isso vem ocorrendo desde o encerramento do processo eleitoral e até depois da proclamação dos resultados pela Justiça Eleitoral e apesar das entrevistas concedidas à imprensa local pelo Dr. Rosalino Almeida, Juiz Eleitoral e Dra. Milane, Promotora Eleitoral confirmando a lisura do processo eleitoral e confirmando as eleições de Anilton Bastos para Prefeito e Jugurta Nepomuceno para Vice-Prefeito de Paulo Afonso”


“denúncia mentirosa”

Anilton chegou a demonstrar irritação quando afirmou “estou sendo denunciado por um senhor chamado Ivanofre Pereira Lima, que indicou como testemunha o seu filho Ricardo Pereira Lima dizendo que eu estive em sua casa, no Povoado Barroca e que o teria convidado para outra parte da casa e ali eu teria perguntado quanto ele queria para votar em mim. Ele diz na sua denúncia mentirosa que teria pedido um peça de uma antena parabólica que custaria R$80,00 (oitenta reais) e que eu teria metido a mão no bolso e dado esse dinheiro a ele. Isso nunca existiu!”

Enfático e bastante irritado o Prefeito eleito, Anilton Bastos, disse: “Senhor Ivanofre, eu não conheço o senhor mas a população de Paulo Afonso me conhece e sabe que eu nunca faria uma proposta destas. Em não sei quando o senhor recebeu para assumir uma mentira destas mas asseguro ao senhor que eu estou entrando na justiça com o um processo contra o senhor, contra seu filho e contra o atual prefeito de Paulo Afonso por essa deslavada mentira. E todos vão ter que provar toda esta mentira, essa farsa na justiça!”.

E acrescentou o prefeito eleito de Paulo Afonso: “E podem vir com quantas mentiras quiseram que nós vamos destruir a todas com a verdade que sempre marcou a nossa caminhada, a nossa trajetória política. Para cada uma que aparecer entraremos na justiça para provar de que lado está a verdade.”


“transição”

Outro ponto levantado pelo radialista Fábio Salvador foi sobre o processo de transição.
Anilton disse que “as dificuldades que vêm sendo colocadas pelo atual prefeito para que aconteça o proscesso de transição e de transmissão do cargo de prefeito estão prejudicando a população de Paulo Afonso e ferem mais uma vez o que determina a justiça.

O Tribunal de Contas dos Municípios em sua resolução que trata desse assunto diz que a processo de transição deve acontecer no mínimo até 30 dias antes da posse do novo prefeito para evitar problemas para a população no que se refere à continuidade administrativa. Por exemplo, os serviços essenciais como hospital e coleta de lixo, dentre muitos outros não podem ser simplesmente cortados. Têm que ser mantidos e até agora o nosso grupo de trabalho da Comissão de Transição não tem acesso às secretarias para conhecer a situação atual da gestão. Não sabemos o número de alunos matriculados para planejar a merenda escolar. Não temos o número de empregados…”

Interrompido pelo radialista Fábio Salvador que perguntou se”estas ações têm o objetivo de desestabilizar o novo governo”, Anilton respondeu “não vejo outra explicação para isso mas peço que o povo de Paulo Afonso analise esta situação”.

“a cidade, um caos”

Questionado pelo radialista sobre a situação atual de Paulo Afonso e o que o prefeito eleito espera encontrar em 1º de janeiro, Anilton disse que “todos estão vendo que a cidade está um caos. O prefeito atual está loteando os terrenos do município e distribuindo com seus amigos. O comércio está numa situação precaríssima porque o atual prefeito não está pagando aos fornecedores a ponto de alguns deles já terem ido à prefeitura e retirado bens e mercadorias que não foram pagas. As praças, jardins, lagos, tudo abandonado. Na verdade, desde que perdeu a eleição, em 5 de outubro, a cidade está abandonada e isso vai nos trazer muitas dificuldades de gestão a partir de 1º de janeiro. Mas, deixo claro, em 1º de janeiro Anilton Bastos e Jugurta Nepomuceno assumirão a prefeitura de Paulo Afonso e, como eu disse durante a campanha, vamos precisar de todo o apoio do nosso povo, dos nossos amigos para que a nossa Paulo Afonso volte a ser uma linda cidade e aumente a qualidade de vida dos seus moradores. Sei que teremos dificuldades no nosso início de governo mas nós vamos vencer estas dificuldades”.


“prestação de contas”

Anilton Bastos também apresentou informações sobre os valores das prestações de contas do atual prefeito, candidato a reeleição dizendo que “ O DEM fez uma campanha modesta, com o apoio de amigos e investimos perto de 300 mil reais, enquanto o atual prefeito declarou que em toda a sua campanha gastou apenas R$18.500,40 (dezoito mil, quinhentos reais e quarenta centavos). Ora, todo mundo viu a quantidade de carros de som, de carretas, de comícios. E os comitês, as bandeiras e a quantidade de carros plotados?…

Nessa altura, o prefeito eleito foi interrompido pelo radialista Fábio Salvador que disse “ter sido informado, por um locutor deste candidato que só ele teria recebido um cachê de 20 mil reais…”

Anilton prosseguiu; “… pra você ver. Como então justificar que em toda a campanha foram gastos apenas dezoito mil, quinhentos reais e quarenta centavos? Nós vamos também buscar informações sobre isso!”

“concurso público”

Sobre o concurso público, Anilton falou: “Todo mundo sabe dos muitos problemas que envolveram a realização do concurso público. Também foi amplamente divulgado pela imprensa que existe uma Lei Municipal que proíbe a realização de concurso público em Paulo Afonso em ano eleitoral. O Sr. Prefeito ignorou tudo isso e fez o concurso que só foi homologado no final do mês de agosto deste ano(2008) e vem convocando as pessoas aprovadas para exames médicos.
Nós estaremos realizando uma auditoria sobre todo esse processo e que se tudo estiver dentro da legalidade tranqüilizamos a todos os aprovados que honraremos o concurso.

“plano de governo”

Sobre o plano de governo apresentado durante a campanha eleitoral, o prefeito eleito, Anilton disse “o plano de governo será cumprido conforme foi anunciado. E isso acontecerá tão logo tenhamos organizado a prefeitura porque não sabemos o que vamos encontrar. Asseguro no entanto que tudo o que encontramos na prefeitura, a forma como encontrarmos cada um dos segmentos, secretarias, tudo ali será amplamente divulgado pela imprensa, rádio, jornais, televisão, internet, por todos os meios para a que a população acompanhe a cada momento o trabalho da nossa gestão”.

Perguntado pelo radialista se o prefeito eleito iria atender ao povo, ser receptivo, Anilton disse: “O Prefeito Anilton e o vice-Prefeito Jugurta, todos os secretários e colaboradores receberemos o povo e teremos prazer de conviver com a população de Paulo Afonso. A Prefeito Anilton Bastos e o Vice-Prefeito Jugurta Nepomuceno somos os prefeito e vice-prefeito de toda a população de Paulo Afonso e não apenas dos eleitores do DEM. Ao contrário do prefeito atual, Anilton não fugiu de nenhum debate, de nenhum convite para ouvir os questionamentos do povo”.

Fábio Salvador perguntou se “essas ausências do atual prefeito aos debates e essas dificulda��������96�� ��

“boatos e mentiras”

Em entrevista na Rádio Bahia Nordeste ao radialista Fábio Salvador, o prefeito eleito, Anilton Bastos (DEM) disse estar “bastante contrariado com essa onda de boatos, mentirosos que pessoas ligadas aos atual prefeito vem espalhando pela cidade. Isso é uma tentativa de desmoralizar a Justiça Eleitoral e a nós, eleitos legitimamente pela população de Paulo Afonso que disse NÂO à atual e desastrosa gestão do atual prefeito”.

E acrescentou: “Isso vem ocorrendo desde o encerramento do processo eleitoral e até depois da proclamação dos resultados pela Justiça Eleitoral e apesar das entrevistas concedidas à imprensa local pelo Dr. Rosalino Almeida, Juiz Eleitoral e Dra. Milane, Promotora Eleitoral confirmando a lisura do processo eleitoral e confirmando as eleições de Anilton Bastos para Prefeito e Jugurta Nepomuceno para Vice-Prefeito de Paulo Afonso”


“denúncia mentirosa”

Anilton chegou a demonstrar irritação quando afirmou “estou sendo denunciado por um senhor chamado Ivanofre Pereira Lima, que indicou como testemunha o seu filho Ricardo Pereira Lima dizendo que eu estive em sua casa, no Povoado Barroca e que o teria convidado para outra parte da casa e ali eu teria perguntado quanto ele queria para votar em mim. Ele diz na sua denúncia mentirosa que teria pedido um peça de uma antena parabólica que custaria R$80,00 (oitenta reais) e que eu teria metido a mão no bolso e dado esse dinheiro a ele. Isso nunca existiu!”

Enfático e bastante irritado o Prefeito eleito, Anilton Bastos, disse: “Senhor Ivanofre, eu não conheço o senhor mas a população de Paulo Afonso me conhece e sabe que eu nunca faria uma proposta destas. Em não sei quando o senhor recebeu para assumir uma mentira destas mas asseguro ao senhor que eu estou entrando na justiça com o um processo contra o senhor, contra seu filho e contra o atual prefeito de Paulo Afonso por essa deslavada mentira. E todos vão ter que provar toda esta mentira, essa farsa na justiça!”.

E acrescentou o prefeito eleito de Paulo Afonso: “E podem vir com quantas mentiras quiseram que nós vamos destruir a todas com a verdade que sempre marcou a nossa caminhada, a nossa trajetória política. Para cada uma que aparecer entraremos na justiça para provar de que lado está a verdade.”


“transição”

Outro ponto levantado pelo radialista Fábio Salvador foi sobre o processo de transição.
Anilton disse que “as dificuldades que vêm sendo colocadas pelo atual prefeito para que aconteça o proscesso de transição e de transmissão do cargo de prefeito estão prejudicando a população de Paulo Afonso e ferem mais uma vez o que determina a justiça.

O Tribunal de Contas dos Municípios em sua resolução que trata desse assunto diz que a processo de transição deve acontecer no mínimo até 30 dias antes da posse do novo prefeito para evitar problemas para a população no que se refere à continuidade administrativa. Por exemplo, os serviços essenciais como hospital e coleta de lixo, dentre muitos outros não podem ser simplesmente cortados. Têm que ser mantidos e até agora o nosso grupo de trabalho da Comissão de Transição não tem acesso às secretarias para conhecer a situação atual da gestão. Não sabemos o número de alunos matriculados para planejar a merenda escolar. Não temos o número de empregados…”

Interrompido pelo radialista Fábio Salvador que perguntou se”estas ações têm o objetivo de desestabilizar o novo governo”, Anilton respondeu “não vejo outra explicação para isso mas peço que o povo de Paulo Afonso analise esta situação”.

“a cidade, um caos”

Questionado pelo radialista sobre a situação atual de Paulo Afonso e o que o prefeito eleito espera encontrar em 1º de janeiro, Anilton disse que “todos estão vendo que a cidade está um caos. O prefeito atual está loteando os terrenos do município e distribuindo com seus amigos. O comércio está numa situação precaríssima porque o atual prefeito não está pagando aos fornecedores a ponto de alguns deles já terem ido à prefeitura e retirado bens e mercadorias que não foram pagas. As praças, jardins, lagos, tudo abandonado. Na verdade, desde que perdeu a eleição, em 5 de outubro, a cidade está abandonada e isso vai nos trazer muitas dificuldades de gestão a partir de 1º de janeiro. Mas, deixo claro, em 1º de janeiro Anilton Bastos e Jugurta Nepomuceno assumirão a prefeitura de Paulo Afonso e, como eu disse durante a campanha, vamos precisar de todo o apoio do nosso povo, dos nossos amigos para que a nossa Paulo Afonso volte a ser uma linda cidade e aumente a qualidade de vida dos seus moradores. Sei que teremos dificuldades no nosso início de governo mas nós vamos vencer estas dificuldades”.


“prestação de contas”

Anilton Bastos também apresentou informações sobre os valores das prestações de contas do atual prefeito, candidato a reeleição dizendo que “ O DEM fez uma campanha modesta, com o apoio de amigos e investimos perto de 300 mil reais, enquanto o atual prefeito declarou que em toda a sua campanha gastou apenas R$18.500,40 (dezoito mil, quinhentos reais e quarenta centavos). Ora, todo mundo viu a quantidade de car

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!