10 de agosto de 2022

Ética na vitória, elegância na derrota

O PSB-40 interrompeu uma trajetória de 16 anos de governo em Paulo Afonso. Em 2004, a esquerda tomou a prefeitura dos Democratas, no voto. A cidade apostou numa gestão de mudanças, esperando uma nova forma de governar sob uma visão socialista e democrática.


 


Durante aquela campanha, fortes críticas foram lançadas aos prefeitos que durante quase duas décadas governaram o município. No final do pleito, Raimundo Caires Rocha assumiu, nos braços do povo, o comando do maior cargo da cidade.


 


Passados os quase quatro anos de mandato, o saldo foi negativo. Fechou escolas, quando prometeu revolucionar a educação. Promoveu perseguições políticas, quando declarou em seus comícios que todos seriam iguais, como diz o Artigo 5º da Constituição Federal. Houve o maior índice de desemprego na cidade – e tinha prometido dez mil postos de trabalho! Empresas de fora foram trazidas, levando milhões de reais daqui para outras praças, o que provocou o enfraquecimento do comércio local, já que nossas empresas ficaram de fora.


 


Durante a campanha pela reeleição, o atual prefeito obrigou cada funcionário a plotar seus carros, colocar adesivos em suas roupas e ir aos comícios, caminhadas e carreatas, com direito a monitoração pelos chefes imediatos.


 


O povo avaliou o mandato de Raimundo Caíres. Fez o julgamento e deu o veredito nas urnas: demitiu sumariamente o prefeito eleito em 2004 e admitiu Anilton Bastos Pereira para o comando da cidade nos próximos.


 


Democracia é assim mesmo. O povo leva ao poder e o povo tira do poder. Cada eleito tem que rezar pela cartilha do eleitor, construindo obras que beneficiem o povo, trazendo benefícios para a saúde, segurança, desenvolvimento e educação. É isso que o povo quer! Um bom e verdadeiro prefeito tem que fazer a cidade prosperar e crescer, do contrário, só terá direito a ser prefeito por quatro anos.


 


Até aí, tudo normal. O que é anormal é não saber perder. Um grande homem não é só o que vence. Um grande homem é aquele que sabe perder com dignidade, com elegância e ética. Não foi, todavia, o que a cidade viu, após o resultado final das eleições em Paulo Afonso. Viu-se um candidato derrotado pelo adversário que ele o subestimou e derrotado, sobretudo, pela ganância, pelo ódio, pela vaidade e pela falta de postura ética e política.


 


Agora, a justiça já homologou o resultado. Resta agora esperar a gestão do DEM nos quatro anos vindouros. Que se espera? A cidade está esperançosa e na expectativa.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!