5 de julho de 2022

Uma chuva de meteoros promete clarear o céu de todo Brasil, entre 0h e 2h desta terça-feira (31): ‘Vai ser fora de série’

Por

Maria Lúcia Gontijo, g1 Minas — Belo Horizonte

Chuva de meteoros Eta Aquáridas, que ocorre anualmente em maio. — Foto: Divulgação/Observatório Espacial Heller & Jung

 

A madrugada desta terça-feira (31) será marcada pelo fenômeno “Tau-Herculídeas”, uma chuva de meteoros que poderá ser observada em diversas regiões do Brasil. Segundo especialistas, a tempestade acontece entre 0h e 2h, no horário de Brasília.

Segundo as previsões, o país estará dividido em quatro áreas de visibilidade, cortando o território em diagonais. Minas Gerais está na terceira faixa, onde cerca de 25 mil meteoros passarão por outros 12 estados.

Esta é a primeira vez em quase 200 anos que um fenômeno dessa magnitude poderá ser visto na Terra. A última tempestade desse nível ocorreu em 1833.

“Vai ser algo fora de série, acreditamos que será igual o que aconteceu em 1833, a Terra vai cruzar, nesta madrugada, a nuvem de dejetos, de ‘sujeirinhas’ de estrelas deixadas pelo cometa 73P quando ele passou aqui anos atrás”, explicou o astrônomo da UFMG Renato Las Casas.

Apesar da chuva de meteoros ser visível por todo país e a olho nu, algumas regiões vão ser privilegiadas. Las Casas disse que em Belo Horizonte será possível enxergar a chuva de estrelas, desde que o clima colabore e o céu não esteja encoberto, mas no interior do estado a visibilidade pode ser ainda melhor.

“Eu mesmo vou para uma serra no interior do estado onde a visibilidade deve ser ainda melhor”, disse.

Melhores horários
A chuva de meteoros “Tau-Herculídeas” será dividida em duas “janelas”, segundo Las Casas. A primeira delas deve ocorrer por volta da 00h11 de terça-feira, e deve durar em torno de 15 minutos.

Já a segunda janela do fenômeno — a mais intensa, segundo o especialista — acontece próximo às 2h05 da madrugada. A duração pode variar entre 20 e 30 minutos.

Como observar
O especialista disse que não é preciso instrumentos profissionais para contemplar o fenômeno.

O ideal é assistir à chuva de meteoros em um local mais escuro, longe das luzes mais fortes da cidade. Também é preciso privilegiar ambientes mais abertos, onde haja uma boa visibilidade do céu.

“No escuro é melhor, em local com menos poluição também. Se olharmos pra região norte vamos ver o maior numero de estrelas cadentes. Nada vai tirar o brilho delas em todo céu do país”, disse Las Casas.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Comentários 1

  1. Amo aviação até o fim says:

    eu vi uma chuva chata de inverno que estragou esse privilégio
    perdi o espetáculo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!