5 de julho de 2022

TRAGÉDIA – Grande Recife tem mais 22 mortes em deslizamentos de barreiras; sobe para 29 número de óbitos devido às fortes chuvas

Por

Redação (pa4.com.br) com g1

Local onde são feitas buscas nesta quinta (25) por casal que desapareceu em deslizamento de barreira no Córrego do Abacaxi, em Olinda — Foto: Reprodução/TV Globo

 

Mais 22 mortes em deslizamentos de barreira foram confirmadas no Grande Recife neste sábado (28). Com esse acréscimo, aumentou para 29 o número de óbitos devido às fortes chuvas que atingem a Região Metropolitana e a Zona da Mata nesta semana.

No Recife, além de uma morte no Córrego do Jenipapo e outra no Sítio dos Pintos, outras 19 pessoas morreram devido a um deslizamento de terra na comunidade Jardim Monte Verde, no bairro do Ibura, na Zona Sul da capital pernambucana.

Em Camaragibe, no Grande Recife, três pessoas morreram após um deslizamento de barreira na manhã deste sábado (28). Os nomes e as idades das 22 vítimas não foram divulgados até a última atualização desta reportagem.

De acordo com a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), Camaragibe registrou 129 milímetros e o Recife contabilizou 150 milímetros até o início da tarde deste sábado (28). De manhã, as outras duas vítimas que morreram na capital pernambucana foram:

Claudemir Barbosa: 18 anos, morreu soterrado após o deslizamento de uma barreira na Rua Padre Antônio Prado, no Córrego do Jenipapo, na Zona Norte do Recife, por volta das 4h. O corpo do jovem foi encontrado por volta das 9h.

Luciano José de Santana: 47 anos, morreu soterrado após um deslizamento de barreira no Sítio dos Pintos, na Zona Oeste do Recife, por volta da meia-noite e meia.

 

Bombeiros realizam buscas por casal desaparecido em Olinda — Foto: Reprodução / TV Globo

 

Óbitos durante a semana

As chuvas fortes que atingem o Grande Recife e a Zona da Mata desde o domingo (22) provocaram a morte de outras cinco pessoas nesta semana:

José Cláudio da Silva: 62 anos – soterrado em deslizamento de barreira no Córrego do Abacate, no bairro de Águas Compridas, em Olinda.

Aureogildo Antônio de Vasconcelos Júnior: 36 anos: caiu num canal na Avenida Presidente Kennedy, no bairro, em Olinda.

Rosemary Oliveira da Silva: 44 anos, e Sérgio Pimentel dos Santos, de 54 anos: soterrados em deslizamento de barreira no Córrego do Abacaxi, no bairro de Caixa D’Água, em Olinda.

Alex Rodrigo da Luz: 41 anos, foi arrastado pela correnteza enquanto tentava resgatar um cavalo em uma rua alagada no Conjunto Muribeca, em Jaboatão.

Além dos óbitos, as chuvas fizeram com que quase mil pessoas deixassem as casas onde moram por causa dos alagamentos e deslizamentos de terra.

Vídeos impressionam:

 

 

Balanço da Defesa Civil do Recife

Das 19h da sexta (27) às 10h deste sábado (28), a Defesa Civil do Recife recebeu 198 chamados da população, entre pedidos de vistoria e solicitações de lona plástica. O Samu Metropolitano do Recife recebeu 57 chamados nas últimas horas, sendo 26 para atendimentos na capital pernambucana, 22 para Jaboatão dos Guararapes e nove em Camaragibe.

A Secretaria de Educação do Recife disponibilizou 14 escolas e creches da rede municipal de ensino para abrigar as famílias desabrigadas em função das chuvas. São elas:

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!