4 de julho de 2022

Detran destina pátio para recolhimento de veículos apreendidos em Paulo Afonso e Demutran pode solicitar remoção

Por

Redação / Informações PMPA

 

Os veículos apreendidos em Paulo Afonso já possuem pátio destinado para a guarda pelo Departamento Nacional de Trânsito (Detran/Bahia) VEJA AQUI. O convênio com a empresa responsável foi publicado no Diário Oficial do Estado, com funcionamento 24 horas, atendendo as autuações da Polícia Rodoviária, Polícia Militar, como também o Departamento Municipal de Trânsito (Demutran).

De acordo com o secretário de Administração, Cléston Andrade, o convênio é do Estado com uma empresa terceirizada e Paulo Afonso, por ter o trânsito municipalizado, adere obrigatoriamente à medida. “Não é uma ação do município, é do Estado, e obrigatoriamente a gente vai ter que cumprir”, complementa o secretário.

Ele ressalta que o pátio é um ganho muito grande para a organização do trânsito do município. “O convênio vem com uma solução para ordenar o trânsito de Paulo Afonso. Muitas vezes o agente de trânsito fazia uma notificação, mas ficava sem poder remover o veículo porque não tinha como fazer o reboque. Hoje com o convênio, isso será sanado porque vai evitar carros estacionados de forma irregular, carro no lugar de moto e moto no lugar de carro; porque na medida que o agente de trânsito chega e percebe o ato infracional, e ele for precedido da medida administrativa, a gente vai ter que acionar o guincho para fazer o reboque”, diz Cléston.

Andrade explica que o pátio fica localizado próximo a unidade prisional e a partir do momento que o veículo é rebocado, o infrator tem que pagar para retirá-lo. Ele enfatiza que se o veículo tiver alguma anormalidade, como por exemplo farol queimando, pára-brisa trincado, entre outros, a liberação do pátio só acontece  se tudo estiver regularizado, inclusive o pagamento do IPVA.  “Isso acaba fazendo com que a população se policie a não cometer as infrações corriqueiras. Quando o carro é levado para o pátio há um valor considerável, uma vez que se soma o valor da diária que o veículo vai permanecer e o valor reboque. Quando você começa a somar as infrações acaba pagando um valor exorbitante e se no prazo de 90 dias você não regularizar o veículo vai para leilão”, fala

Cléston enfatiza ainda que os veículos que se encontram abandonados em vias públicas, também serão recolhidos. “A gente orienta aos proprietários de carros que estão pelas vias, inclusive as sucatas,  a removerem e colocarem em garagem ou em uma propriedade privada, caso contrário ele será removido também”.

“É sempre bom a gente esclarecer essas demandas para a sociedade e dizer a todos os condutores que passaram pelo centro de informação e conhecem a legislação do trânsito que façam cumprir o que estudaram efetivamente para que pudesse ter a sua carteira de motorista, que cumpram a legislação porque com essa medida administrativa, que será a remoção, a gente vai fazer cumprir o que o Estado determina”, finaliza.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!