17 de maio de 2022

Bahia e Pernambuco lideram desemprego no país no 1º trimestre; veja taxa por estado

Por

Redação (pa4.com.br) com g1

A taxa de desemprego ficou estável em 26 das 27 unidades da federação no 1º trimestre, na comparação com os 3 últimos meses de 2021, segundo pesquisa divulgada nesta sexta-feira (13) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

As maiores taxas de desemprego foram as da Bahia (17,6%), de Pernambuco (17,0%) e Rio de Janeiro (14,9%) e as menores, de Santa Catarina (4,5%), Mato Grosso (5,3%) e Mato Grosso do Sul (6,5%).

Na média nacional, a taxa desemprego ficou no 11,1% no 1º trimestre de 2022, mostrando estabilidade frente ao 4º trimestre, mas com a falta de trabalho ainda atingindo quase 12 milhões de brasileiros, conforme já divulgado anteriormente pelo IBGE.

A única queda ocorreu no Amapá, cuja taxa recuou 3,3 pontos percentuais, passando de 17,5% no quarto trimestre de 2021 para 14,2% no primeiro trimestre deste ano.

Taxa de desemprego do Brasil deve ficar entre as maiores do mundo em 2022; veja ranking
Brasil é um caso raro de país com taxas de dois dígitos de inflação, juros e desemprego

Veja abaixo a taxa por estado:

-Bahia: 17,6%
-Pernambuco:17%
-Rio de Janeiro: 14,9%
-Sergipe: 14,9%
-Acre: 14,8%
-Paraíba: 14,3%
-Alagoas: 14,2%
-Amapá: 14,2%
-Rio Grande do Norte: 14,1%
-Amazonas: 13%
-Maranhão: 12,9%
-Distrito Federal: 12,6%
-Piauí: 12,3%
-Pará: 12,2%

-Brasil: 11,1%
-Ceará: 11%
-São Paulo: 10,8%
-Minas Gerais: 9,3%
-Tocantins: 9,3%
-Espírito Santo: 9,2%
-Goiás: 8,9%
-Roraima: 8,8%
-Rio Grande do Sul: 7,5%
-Rondônia: 6,9%
-Paraná: 6,8%
-Mato Grosso do Sul: 6,5%
-Mato Grosso: 5,3%
-Santa Catarina: 4,5%

Segundo o IBGE, todas as grandes regiões tiveram taxas de desocupação estáveis na comparação com o último trimestre do ano passado, sendo que o Nordeste (14,9%) se manteve com o maior índice ao longo de todos os trimestres analisados. Já a região Sul teve a menor, 6,5%.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Comentários 4

  1. Jotinha says:

    Governos de esquerda é isso aí. O resultado não poderia ter sido outro. Incompetentes e desonestos.

  2. Maria says:

    Não é a toa que o nordeste é a região mais atrasada do país e com os piores índices de violência saúde, educação, desemprego etc mesmo com 16 anos do PT no poder. O modelo fracassado implantado na Venezuela, Argentina etc que figuravam entre os países mais ricos da América do Sul e hoje estão entre os mais pobres é uma demonstração do que nos aguarda pois, é o modelo que o PT tanto defende implantar aqui. O comunismo e socialismo são uma utopia, muito bonitos na teoria mas, na prática são insustentáveis por muito tempo, tanto que, nunca deram certo em nenhum país do mundo. Por onde passam só elevam mais a fome, violência, destruição, desemprego etc para índices astronômicos. Deus tenha misericórdia do povo brasileiro.

  3. Observando says:

    Continuem votando nos partidos de esquerda kkkkk

  4. Cidadã says:

    Se no estado a esquerda fez isso imaginem a desgraça que podem fazer no Brasil se voltarem ao poder para concluírem o projeto de destruição do Brasil que foi abortado mas que eles ainda tem em mente como fizeram recentemente com o retorno ao puder na Argentina e acabaram com o país. Acordem antes que seja tarde!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!