24 de julho de 2024

Secretaria de Saúde de Glória organiza força-tarefa na comunidade Quixaba para combater o ‘Aedes aegypti’

Por

Não é a primeira vez na história da humanidade que um mosquito assombra o mundo, no começo do século passado, a malária, transmitida por mosquito, matou milhares de pessoas.

O inimigo da saúde responde pelo nome de Aedes aegypti, transmissor do vírus que provoca: dengue, a febre chicungunha e o zika vírus – este apontado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), como responsável direto pelo aumento assustador da microcefalia – doença em que a cabeça e o cérebro das crianças são menores que o normal e consequentemente prejudica o desenvolvimento mental dos bebês.

Por isso o município de Glória, através da Secretaria Municipal de Saúde, organiza força-tarefa nas comunidades, para conscientizar a população da importância que cada pessoa tem em bloquear o mosquito, não permitindo a proliferação dos focos ocasionados por água parada e lixo desordenado.

A comunidade da Quixaba recebeu nesta sexta-feira (26), a equipe organizada pela coordenadora epidemiológica do município, Letys Amônica e vistoriada pela secretária de saúde, Ademásia Rodrigues.

Durante toda manhã os agentes de endemias percorreram o trecho conhecido, inspecionado rotineiramente, mas desta vez com uma atenção especial no que diz respeito à prevenção.

“A Quixaba tem um agente exclusivo, mas hoje o foco em todo país é o enfrentamento da microcefalia, nós temos esta triple epidemia: zica, chicungunha e dengue, a infestação predial no município é controlada, o que falta mesmo é a população se conscientizar, o conhecimento já tem”, informou Letys.

Segundo a coordenadora epidemiológica, a receptividade do povo foi muito positiva, não apenas nas residências, mas também nas escolas: “As crianças logo nos acompanharam queriam ver como se combate, e a gente se anima porque elas vão voltar para casa e ensinar aos pais”.

Segundo as informações da coordenadora, na comunidade são dois casos de dengue, dois de zika e três de chicungunha notificados: “Não são confirmados, ainda precisam da sorologia que já foi encaminhada, estamos controlados”.

“Desde o início que estamos trabalhando, o governo tem responsabilidade e compromisso com tudo que diz respeito à saúde do município, só que este trabalho preventivo não depende apenas da secretaria de saúde, por exemplo, hoje precisamos da secretaria de infraestrutura, mas no que diz respeito ao cuidado, já fizemos isto várias vezes aqui mesmo na Quixaba”, afirmou a secretária de saúde, Ademásia.

“O nosso sucesso depende da população, o governo é minoria, mas se a população colaborar, pensar no próximo vai dar certo, porque você fica protegido em casa, mas tem seu vizinho”, reforçou Ademásia.

A criançada aprendeu e já saiu ensinado. A prefeita Ena Vilma que estava na Quixaba verificando as obras parou para cumprimentar a equipe, que segundo as informações da secretária continuará em outras localidades.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!