6 de julho de 2022

Análise sobre Paulo Afonso, o Concurso e a Política

Por Cláudio Ériston


 


Para apreciação e postagem, caso julgue oportuna, no todo ou em parte. Trata-se, pois, de uma análise de um modesto cidadão pauloafonsino que gostaria de ver, ainda vivo, essa cidade se modernizar, crescer economicamente e, sobretudo, presenciar os seus moradores satisfeitos com as possibilidades de futuros promissores para si e para as suas gerações e viverem com dignidade podendo contar com educação de qualidade, saúde, emprego e governada por pessoas que efetivamente estejam compromissadas com o bem estar coletivo.


 


Posiciono-me, politicamente mencionando, como contrário a qualquer gestor público que venha a conduzir os seus atos e prol de poucos em detrimento de promover melhorias para a maioria carente, necessitada e que não venha demonstrar preocupação pelo social de maneira prioritária.


 


Torno público o meu repúdio quanto aos atos do prefeito e/ou dos seus “assessores”, especificamente posso citar do Senhor Procurador do Município, mas, extensivo a qualquer pessoa que se diz contrária à nomeação dos aprovados no último concurso promovido pela PMPA, haja vista que, ATÉ AGORA, NÃO FORAM MOSTRADAS, PELA ENTÃO COMISSÃO CONSTITUÍDA PARA AVERIGUAÇÃO DO CONCURSO, QUAISQUER PROVAS QUE VENHAM A TORNÁ-LO PASSÍVEL DE CANCELAMENTO / ANULAÇÃO. ISTO É FATO! SE HOUVESSE O (A) TERIAM FEITO(A) ANTERIORMENTE.


 


Essas pessoas prendem-se em argumentos frágeis e sem fundamentação concreta! Parece-me que querem nos tornar CEGOS ou que não tenhamos que dar importância ao que presenciamos! Será que a promessa de campanha política não tem importância?! Sei que muitos refletirão: “santa inocência, parece novidade! “. Conclusão: os políticos, na sua grande maioria, fazem questão de que não confiemos no que dizem. Será que a consciência do atual prefeito está tranqüila? Ele prometeu cumprir o processo seletivo e chamar os aprovados. Será que somente eu presenciei este FATO? Como se diz e é verdade: “contra FATOS não há ARGUMENTOS!”; Como se não bastasse o que temos presenciado, temos que tolerar: Ausência de licitações em todas as esferas da prestação do serviço público: coleta de lixo, limpeza pública, eventos etc.


 


Somente eu estou presenciando essas CONSTATAÇÕES?! AGORA me PERDOEM, MAS JUSTIFICAR A AUSÊNCIA DE LICITAÇÕES COM A PREMISSA DO “CARÁTER DE URGÊNCIA” É NO MÍNIMO BRINCAR COM A INTELIGÊNCIA DO POVO. DEVERIA PARTIR DA PROCURADORIA A ORIENTAÇÃO DE QUE SE CONTRATAR SERVIÇOS SEM LICITAÇÕES PODE ATÉ SER LEGAL, MAS SERÁ QUE É MORAL?!!! ESSA É UMA GRANDE DISCUSSÃO NA CIÊNCIA DO DIREITO, MAS POUCOS SABEM SEPARAR ESSAS QUESTÕES. CADÊ AS LICITAÇÕES? PUBLIQUE-AS PARA CONHECIMENTO DE TODOS E QUE AS OPORTUNIDADES SEJAM COMUNS PARA TODOS OS INTERESSADOS. DISSE AINDA HOJE PARA ALGUMAS PESSOAS NUM MOMENTO DE DISCUSSÃO DE ASSUNTOS POLÍTICOS, POR EXEMPLO: SE EU FOSSE MEMBRO DA DIOCESE, PROCURARIA INVESTIGAR / RATIFICAR / MANIFESTAR SE REALMENTE O PADRE FÁBIO DE MELO COBROU PARA REALIZAR O SEU SHOW A “BAGATELA” DE R$ 180.000,00 COMO NOTICIADO. POSSO ESTAR ENGANADO POR NÃO CONHECER DE FATO OS TERMOS DO CONTRATO, MAS SERÁ QUE FOI TUDO ISSO MESMO?! NÃO PODERIA TER SIDO REALIZADA UMA FESTA JUNINA FAZENDO USO DE UM ORÇAMENTO MAIS MODESTO?! NÃO VENHA ME DIZER QUE A POPULAÇÃO PRIORIZA A FESTA DO QUE A SAÚDE PÚBLICA, POR EXEMPLO, JÁ QUE VEMOS UMA CIDADE SEM UTI, ENFIM SEM QUE POSSAMOS TER CONFIANÇA NO SISTEMA DE SAÚDE EXISTENTE NO MUNICÍPIO. SERÁ QUE OS TRIBUTOS DEVIDOS AO MUNICÍPIO E AO GOVERNO FEDERAL FORAM RECOLHIDOS PELAS EMPRESAS CONTRATADAS PARA A PRESTAÇÃO DO SERVIÇO DE REALIZAÇÃO DE EVENTOS.


 


Fui aprovado em 2º lugar para o cargo de Auditor Fiscal. Vislumbrei ingressar no serviço público e poder combater, dentro das minhas possibilidades, a sonegação fiscal e poder contribuir para que o município viesse a incrementar as suas receitas e utilizá-las em prol do seu desenvolvimento urbano. Através de pesquisa pessoal, obtive a informação de possuirmos mais de 2.000 (duas mil) empresas prestadoras de serviços, mas cadastradas junto à PMPA muito menos do que esse número, ou seja, não cumprem com a sua obrigação principal que é a de recolher o tributo municipal (ISS), se for o caso.


 


Sou concursado em empresa pública bancária, mas mesmo assim estava decidido a investir nessa nova carreira, contra muitos que me conceituam como “maluco” e abrindo mão de benefícios financeiros.


 


A falta de incentivo decorre da falta de credibilidade no serviço público, das diretrizes dos governantes e, conseqüentemente, os seus servidores que se dedicam mesmo sem condições de trabalho dignas, ao menos a maioria, carregam esse peso injusto de improdutivos.


 


Não posso deixar de mencionar o fato de que não consigo entender mais qual realmente é a função da GUARDA MUNICIPAL! Não seria PROTEGER O PATRIMÔNIO PÚBLICO?! O que tenho presenciado é a tomada de função de outra Instituição e que tem atuado sem quaisquer motivos que se justifiquem o uso da força para impedir a manifestação pacífica, tão salutar no sistema democrático. Hoje, 31/07/2009, fui ao centro da cidade e quem foi vai poder ratificar o que presenciei, estava faltando energia elétrica e os semáforos, obviamente, sem funcionar, mas NÃO VERIFIQUEI a presença sequer de um AGENTE DE TRÂNSITO em nenhum dos sinais de trânsito existentes no centro da cidade. NÃO SERIA ESSA UMA OPORTUNIDADE para MOSTRAR A ORGANIZAÇÃO DA CIDADE, onde eles estavam? Cadê o comando? Já não é mais tão fácil transitar pelo centro e como estava hoje então, os riscos de acidentes foram grandes.


 


O Senhor prefeito está nos prejudicando, concursados. Demonstra uma insensibilidade enorme. Portanto, não devemos ter medo de perseguições, afinal, possuímos o direito de emitir opiniões e buscar prevalecer os nossos direitos que foram adquiridos de maneira limpa inquestionável, sem apoio político, tão somente com dedicação aos estudos e com esforço próprio.


 


Decidi essa semana e fui até o escritório do Dr. Celso para dar entrada no mandado de segurança e, honestamente, sugiro que quem não tomou essa providência que o faça, haja vista não vislumbrar outro meio para que se faça prevalecer os nossos direitos, além do fato de que o prazo do concurso está correndo e não tenham dúvidas de que não será prorrogado. Infelizmente ou talvez pela falsa ilusão de segurança, pela necessidade é provável e justo, muitos aprovados estão sendo contratados pela prefeitura e com isso, consegue-se dar um “cala boca” e��������Y-�� ��

Por Cláudio Ériston


 


Para apreciação e postagem, caso julgue oportuna, no todo ou em parte. Trata-se, pois, de uma análise de um modesto cidadão pauloafonsino que gostaria de ver, ainda vivo, essa cidade se modernizar, crescer economicamente e, sobretudo, presenciar os seus moradores satisfeitos com as possibilidades de futuros promissores para si e para as suas gerações e viverem com dignidade podendo contar com educação de qualidade, saúde, emprego e governada por pessoas que efetivamente estejam compromissadas com o bem estar coletivo.


 


Posiciono-me, politicamente mencionando, como contrário a qualquer gestor público que venha a conduzir os seus atos e prol de poucos em detrimento de promover melhorias para a maioria carente, necessitada e que não venha demonstrar preocupação pelo social de maneira prioritária.


 


Torno público o meu repúdio quanto aos atos do prefeito e/ou dos seus “assessores”, especificamente posso citar do Senhor Procurador do Município, mas, extensivo a qualquer pessoa que se diz contrária à nomeação dos aprovados no último concurso promovido pela PMPA, haja vista que, ATÉ AGORA, NÃO FORAM MOSTRADAS, PELA ENTÃO COMISSÃO CONSTITUÍDA PARA AVERIGUAÇÃO DO CONCURSO, QUAISQUER PROVAS QUE VENHAM A TORNÁ-LO PASSÍVEL DE CANCELAMENTO / ANULAÇÃO. ISTO É FATO! SE HOUVESSE O (A) TERIAM FEITO(A) ANTERIORMENTE.


 


Essas pessoas prendem-se em argumentos frágeis e sem fundamentação concreta! Parece-me que querem nos tornar CEGOS ou que não tenhamos que dar importância ao que presenciamos! Será que a promessa de campanha política não tem importância?! Sei que muitos refletirão: “santa inocência, parece novidade! “. Conclusão: os políticos, na sua grande maioria, fazem questão de que não confiemos no que dizem. Será que a consciência do atual prefeito está tranqüila? Ele prometeu cumprir o processo seletivo e chamar os aprovados. Será que somente eu presenciei este FATO? Como se diz e é verdade: “contra FATOS não há ARGUMENTOS!”; Como se não bastasse o que temos presenciado, temos que tolerar: Ausência de licitações em todas as esferas da prestação do serviço público: coleta de lixo, limpeza pública, eventos etc.


 


Somente eu estou presenciando essas CONSTATAÇÕES?! AGORA me PERDOEM, MAS JUSTIFICAR A AUSÊNCIA DE LICITAÇÕES COM A PREMISSA DO “CARÁTER DE URGÊNCIA” É NO MÍNIMO BRINCAR COM A INTELIGÊNCIA DO POVO. DEVERIA PARTIR DA PROCURADORIA A ORIENTAÇÃO DE QUE SE CONTRATAR SERVIÇOS SEM LICITA

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!