4 de julho de 2022

Grande operação contra o crime ambiental na região de Paulo Afonso

A PRF finaliza hoje uma operação conjunta com o Instituto do Meio Ambiente – IMA e Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade – ICMBio – na região de Paulo Afonso e Ribeira do Pombal. Essa Operação teve início em 13/07/09 e teve como objetivo combater o desmatamento, a caça, o comércio e o tráfico de animais silvestres nas cidades de Paulo Afonso, Jeremoabo, Santa Brígica, Canudos, Cícero Dantas e Ribeira do Pombal.


 


Durante a Operação, os agentes da PRF visitaram uma grande propriedade rural no município de Paulo Afonso e encontraram diversos animais alojados em um mini-zoológico (08 cutias, 02 jabutis, 01 preá, 01 papagaio, 02 porcos do mato e 3 araras, totalizando 17 animais. Entre as araras existiam duas vermelhas e uma azul). A arara azul é um animal que chega a medir quase 1 metro e que figura na lista internacional de animais em extinção. 



 


A multa para quem é pego com um animal desses é de R$ 5.000,00 por unidade apreendida.


 


Os responsáveis pelo local não foram encontrados e os animais foram encaminhados ao CETAS  – Centro de Tratamento de Animais Silvestres –  em Salvador.


 


No município de Cícero Dantas, na área rural, foram interditadas duas cerâmicas  por operar sem licença ambiental para produção de blocos cerâmicos utilizando argila e lenha de vegetação nativa da caatinga sem autorização dos órgãos competentes. No centro da cidade, no Supermercado NOBRE, foram apreendidos 142 pássaros da fauna silvestre, sendo: 101 canários de brigas, 18 coleras, 09 azulões, 04 cardeais de cabeça vermelha, 03 bigodes, 02 papa capins, 02 jesus meu deus (licuri Chico), 01 estevão, 01 pinta silva, 01 galo de capina (tico-tico). Todos, estavam  mantidos em cativeiro no interior do estabelecimento. Supeita-se que eles eram utilizados em “rinhas” clandestinas.


 


Os animais foram todos recolhidos para o CETAS e o proprietário encaminhado para Delegacia onde se lavrou Termo Circunstanciado e o Termo de Apreensão devendo o mesmo ainda ser multado pelo IMA no valor de  R$ 400.000,00.


 


Também foram realizadas fiscalizações nas feiras-livres dos municípios contemplados pela operação, encontrando vários pássaros presos em gaiolas e caças que estavam sendo comercializados. Todo o material foi recolhido e os  autores evadiram-se, não sendo possível identificar os responsáveis e puní-los com a medida adequada. Diante da operação policial formou-se uma pequena aglomeração de pessoas, para a qual a PRF realizou uma pequena palestra educativa sobre crime ambiental.


 


O combate ao desmatamento também foi realizado através da fiscalização de caminhões carregados com madeira, sendo conferido o Documento de Origem Florestal – DOF – e nas fazendas da região onde foram encontradas madeiras extraídas, irregularmente, prontas para a comercialização. Além de fornos que utilizavam madeira nativa para a produção de cerâmica sem devida autorização dos órgãos competentes.


 














RESUMO DA OPERAÇÃO


Animais silvestres apreendidos


283


Carvão apreendido


13 m3


A PRF finaliza hoje uma operação conjunta com o Instituto do Meio Ambiente – IMA e Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade – ICMBio – na região de Paulo Afonso e Ribeira do Pombal. Essa Operação teve início em 13/07/09 e teve como objetivo combater o desmatamento, a caça, o comércio e o tráfico de animais silvestres nas cidades de Paulo Afonso, Jeremoabo, Santa Brígica, Canudos, Cícero Dantas e Ribeira do Pombal.


 


Durante a Operação, os agentes da PRF visitaram uma grande propriedade rural no município de Paulo Afonso e encontraram diversos animais alojados em um mini-zoológico (08 cutias, 02 jabutis, 01 preá, 01 papagaio, 02 porcos do mato e 3 araras, totalizando 17 animais. Entre as araras existiam duas vermelhas e uma azul). A arara azul é um animal que chega a medir quase 1 metro e que figura na lista internacional de animais em extinção. 



 


A multa para quem é pego com um animal desses é de R$ 5.000,00 por unidade apreendida.


 


Os responsáveis pelo local não foram encontrados e os animais foram encaminhados ao CETAS  – Centro de Tratamento de Animais Silvestres –  em Salvador.


 


No município de Cícero Dantas, na área rural, foram interditadas duas cerâmicas  por operar sem licença ambiental para produção de blocos cerâmicos utilizando argila e lenha de vegetação nativa da caatinga sem autorização dos órgãos competentes. No centro da cidade, no Supermercado NOBRE, foram apreendidos 142 pássaros da fauna silvestre, sendo: 101 canários de brigas, 18 coleras, 09 azulões, 04 cardeais de cabeça vermelha, 03 bigodes, 02 papa capins, 02 jesus meu deus (licuri Chico), 01 estevão, 01 pinta silva, 01 galo de capina (tico-tico). Todos, estavam  mantidos em cativeiro no interior do estabelecimento. Supeita-se que eles eram utilizados em “rinhas” clandestinas.


 


Os animais foram todos recolhidos para o CETAS e o proprietário encaminhado para Delegacia onde se lavrou Termo Circunstanciado e o Termo de Apreensão devendo o mesmo ainda ser multado pelo IMA no valor de  R$ 400.000,00.


 


Também foram realizadas fiscalizações nas feiras-livres dos municípios contemplados pela operação, encontrando vários pássaros presos em gaiolas e caças que estavam sendo comercializados. Todo o material foi recolhido e os  autores evadiram-se, não sendo possível identificar os responsáveis e puní-los com a medida adequada. Diante da operação policial formou-se uma pequena aglomeração de pessoas, para a qual a PRF realizou uma pequena palestra educativa sobre crime ambiental.


 


O combate ao desmatamento também foi realizado através da fiscalização de caminhões carregados com madeira, sendo conferido o Documento de Origem Florestal – DOF – e nas fazendas da região onde foram encontradas madeiras extraídas, irregularmente, prontas para a comercialização. Além de fornos que utilizavam madeira nativa para a produção de cerâmica sem devida autorização dos órgãos competentes.


 














RESUMO DA OPERAÇÃO


Animais silvestres apreendidos


283


Carvão apreendido


13 m3


A PRF finaliza hoje uma operação conjunta com o Instituto do Meio Ambiente – IMA e Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade – ICMBio – na região de Paulo Afonso e Ribeira do Pombal. Essa Operação teve início em 13/07/09 e teve como objetivo combater o desmatamento, a caça, o comércio e o tráfico de animais silvestres nas cidades de Paulo Afonso, Jeremoabo, Santa Brígica, Canudos, Cícero Dantas e Ribeira do Pombal.


 


Durante a Operação, os agentes da PRF visitaram uma grande propriedade rural no município de Paulo Afonso e encontraram diversos animais alojados em um mini-zoológico (08 cutias, 02 jabutis, 01 preá, 01 papagaio, 02 porcos do mato e 3 araras, totalizando 17 animais. Entre as araras existiam duas vermelhas e uma azul). A arara azul é um animal que chega a medir quase 1 metro e que figura na lista internacional de animais em extinção. 



 


A multa para quem é pego com um animal desses é de R$ 5.000,00 por unidade apreendida.


 


Os responsáveis pelo local não foram encontrados e os animais foram encaminhados ao CETAS  – Centro de Tratamento de Animais Silvestres –  em Salvador.


 


No município de Cícero Dantas, na área rural, foram interditadas duas cerâmicas  por operar sem licença ambiental para produção de blocos cerâmicos utilizando argila e lenha de vegetação nativa da caatinga sem autorização dos órgãos competentes. No centro da cidade, no Supermercado NOBRE, foram apreendidos 142 pássaros da fauna silvestre, sendo: 101 canários de brigas, 18 coleras, 09 azulões, 04 cardeais de cabeça vermelha, 03 bigodes, 02 papa capins, 02 jesus meu deus (licuri Chico), 01 estevão, 01 pinta silva, 01 galo de capina (tico-tico). Todos, estavam  mantidos em cativeiro no interior do estabelecimento. Supeita-se que eles eram utilizados em “rinhas” clandestinas.


 


Os animais foram todos recolhidos para o CETAS e o proprietário encaminhado para Delegacia onde se lavrou Termo Circunstanciado e o Termo de Apreensão devendo o mesmo ainda ser multado pelo IMA no valor de  R$ 400.000,00.


 


Também foram realizadas fiscalizações nas feiras-livres dos municípios contemplados pela operação, encontrando vários pássaros presos em gaiolas e caças que estavam sendo comercializados. Todo o material foi recolhido e os  autores evadiram-se, não sendo possível identificar os responsáveis e puní-los com a medida adequada. Diante da operação policial formou-se uma pequena aglomeração de pessoas, para a qual a PRF realizou uma pequena palestra educativa sobre crime ambiental.


 


O combate ao desmatamento também foi realizado através da fiscalização de caminhões carregados com madeira, sendo conferido o Documento de Origem Florestal – DOF – e nas fazendas da região onde foram encontradas madeiras extraídas, irregularmente, prontas para a comercialização. Além de fornos que utilizavam madeira nativa para a produção de cerâmica sem devida autorização dos órgãos competentes.


 














RESUMO DA OPERAÇÃO


Animais silvestres apreendidos


283


Carvão apreendido


13 m3


A PRF finaliza hoje uma operação conjunta com o Instituto do Meio Ambiente – IMA e Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade – ICMBio – na região de Paulo Afonso e Ribeira do Pombal. Essa Operação teve início em 13/07/09 e teve como objetivo combater o desmatamento, a caça, o comércio e o tráfico de animais silvestres nas cidades de Paulo Afonso, Jeremoabo, Santa Brígica, Canudos, Cícero Dantas e Ribeira do Pombal.


 


Durante a Operação, os agentes da PRF visitaram uma grande propriedade rural no município de Paulo Afonso e encontraram diversos animais alojados em um mini-zoológico (08 cutias, 02 jabutis, 01 preá, 01 papagaio, 02 porcos do mato e 3 araras, totalizando 17 animais. Entre as araras existiam duas vermelhas e uma azul). A arara azul é um animal que chega a medir quase 1 metro e que figura na lista internacional de animais em extinção. 



 


A multa para quem é pego com um animal desses é de R$ 5.000,00 por unidade apreendida.


 


Os responsáveis pelo local não foram encontrados e os animais foram encaminhados ao CETAS  – Centro de Tratamento de Animais Silvestres –  em Salvador.


 


No município de Cícero Dantas, na área rural, foram interditadas duas cerâmicas  por operar sem licença ambiental para produção de blocos cerâmicos utilizando argila e lenha de vegetação nativa da caatinga sem autorização dos órgãos competentes. No centro da cidade, no Supermercado NOBRE, foram apreendidos 142 pássaros da fauna silvestre, sendo: 101 canários de brigas, 18 coleras, 09 azulões, 04 cardeais de cabeça vermelha, 03 bigodes, 02 papa capins, 02 jesus meu deus (licuri Chico), 01 estevão, 01 pinta silva, 01 galo de capina (tico-tico). Todos, estavam  mantidos em cativeiro no interior do estabelecimento. Supeita-se que eles eram utilizados em “rinhas” clandestinas.


 


Os animais foram todos recolhidos para o CETAS e o proprietário encaminhado para Delegacia onde se lavrou Termo Circunstanciado e o Termo de Apreensão devendo o mesmo ainda ser multado pelo IMA no valor de  R$ 400.000,00.


 


Também foram realizadas fiscalizações nas feiras-livres dos municípios contemplados pela operação, encontrando vários pássaros presos em gaiolas e caças que estavam sendo comercializados. Todo o material foi recolhido e os  autores evadiram-se, não sendo possível identificar os responsáveis e puní-los com a medida adequada. Diante da operação policial formou-se uma pequena aglomeração de pessoas, para a qual a PRF realizou uma pequena palestra educativa sobre crime ambiental.


 


O combate ao desmatamento também foi realizado através da fiscalização de caminhões carregados com madeira, sendo conferido o Documento de Origem Florestal – DOF – e nas fazendas da região onde foram encontradas madeiras extraídas, irregularmente, prontas para a comercialização. Além de fornos que utilizavam madeira nativa para a produção de cerâmica sem devida autorização dos órgãos competentes.


 














RESUMO DA OPERAÇÃO


Animais silvestres apreendidos


283


Carvão apreendido


13 m3


A PRF finaliza hoje uma operação conjunta com o Instituto do Meio Ambiente – IMA e Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade – ICMBio – na região de Paulo Afonso e Ribeira do Pombal. Essa Operação teve início em 13/07/09 e teve como objetivo combater o desmatamento, a caça, o comércio e o tráfico de animais silvestres nas cidades de Paulo Afonso, Jeremoabo, Santa Brígica, Canudos, Cícero Dantas e Ribeira do Pombal.


 


Durante a Operação, os agentes da PRF visitaram uma grande propriedade rural no município de Paulo Afonso e encontraram diversos animais alojados em um mini-zoológico (08 cutias, 02 jabutis, 01 preá, 01 papagaio, 02 porcos do mato e 3 araras, totalizando 17 animais. Entre as araras existiam duas vermelhas e uma azul). A arara azul é um animal que chega a medir quase 1 metro e que figura na lista internacional de animais em extinção. 



 


A multa para quem é pego com um animal desses é de R$ 5.000,00 por unidade apreendida.


WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!