6 de julho de 2022

Lula quer Wagner e Geddel juntos na Bahia em 2010

O chefe estadual do PT, Jonas Paulo, em nota enviada nesta quinta-feira (16) à imprensa, disse ter interpretado os apupos do presidente Lula ao ministro Geddel Vieira Lima como sintomas do desejo dele em manter a malfadada aliança entre PT e PMDB na Bahia.


 


De acordo com o dirigente, apesar de todo o imbróglio entre os oficialmente parceiros, a harmonia é defendida inclusive pelos petistas locais. “Além de sustentar que o PT deve priorizar a reeleição dos seus governadores, (Lula) fez, de público, referência à atuação do ministro da Integração Nacional, em uma sintonia com a coesão defendida pelo PT baiano”, apostou.


 


O comandante se reuniu esta semana com a direção nacional do partido, em Brasília, e endossa que o peemedebista deve apoiar a candidatura à reeleição do governador Jaques Wagner, além de acreditar em uma nova vitória expressiva em 2010. “Nosso objetivo é a reeleição do governador Wagner e a consolidação da provável candidatura da ministra Dilma Rousseff (Casa Civil) à sucessão presidencial.


 


O PT vai envidar esforços para que a eleição na Bahia seja decidida no 1º turno, pois refletirá positiva e decisivamente na disputa nacional, que será polarizada, das forças da mudança se contrapondo à aliança demo-tucana”, declarou.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!