3 de julho de 2022

Belo e Edu e Maraial no Aniversário de Paulo Afonso

Já estão oficialmente confirmadas as duas grandes atrações que irão movimentar Paulo Afonso na comemoração do 51º Aniversário da Cidade. O cantor Belo e a dupla Edu e Maraial são presenças confirmadas nos festejos da cidade, dia 27 deste mês, na Avenida Apolônio Sales.


No dia 28 de julho acontece o tradicional desfile cívico, quando as redes de Educação, Exército, Polícia Militar, entre outras entidades, apresentam homenagem e contam a história da cidade. Toda a programação de comemoração do Aniversário da Cidade já está sendo organizada pela Prefeitura Municipal de Paulo Afonso, através da Secretaria Municipal de Turismo, representada pelo secretário Jânio Soares.


Segundo Kôca Tavares, diretor do Departamento de Eventos, são esperadas para o show mais de vinte mil pessoas. “A Prefeitura Municipal está preocupada em deixar toda a comunidade pauloafonsina satisfeita com as atrações que estão vindo para a cidade. A expectativa é que cerca de vinte mil pessoas estejam na Avenida na noite da segunda-feira, cantando e festejando o aniversário da cidade. Não esperávamos fazer uma festa tão grande assim, mas o povo pauloafonsino merece. Depois do aniversário da cidade, todo o nosso empenho será para a Copa de Vela, que também marcará mais uma grande festa na nossa cidade, gerando ainda mais economia, renda e muita alegria”, declara Kôca. 


CONHEÇA UM POUCO DA HISTÓRIA DA NOSSA CIDADE


A região de Paulo Afonso começou a ser habitada por bandeirantes portugueses, no início do século XVIII. Chefiados por Garcia D’Ávila, subiram o Rio São Francisco e atingiram as terras onde hoje está localizado o município.


Em 1725, o sesmeiro Paulo Viveiros Afonso, recebeu por alvará uma sesmaria, situada na margem esquerda do rio, no lado alagoano, abrangendo as terras da cachoeira, até então conhecida como Sumidouro.


Tempos depois, em 1913, Delmiro Gouveia, industrial e empresário da época, vislumbra com o potencial da região e implanta um grande e ousado projeto, a primeira usina hidrelétrica do Nordeste, a Usina Angiquinho.


A partir da ideia do pioneiro Delmiro Gouveia, o então Presidente do Brasil, Getúlio Vargas, assina o Decreto autorizando a organização da CHESF – Companhia Hidrelétrica do São Francisco, oficializada em1948 com a primeira Assembleia Geral de Acionistas.


Em torno da CHESF nasce o que viria a ser a cidade de Paulo Afonso, até então parte do município de Glória. Só em 1958 nasce o município, através de sua Emancipação Política.


Paulo Afonso é uma cidade ainda jovem, com um grande futuro pela frente, uma cidade conduzida por mãos fortes de um povo trabalhador e alegre. Hoje é considerada uma das melhores cidades do nordeste, dinâmica e com um grande potencial turístico de crescimento, o verdadeiro “Oásis do Sertão”. 

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!