6 de julho de 2022

Vereador Daniel Luiz protocola denúncia no CREMEB, em Salvador, contra o HNAS

O Vereador Daniel Luiz, não medindo esforços para defender os interesses da população pauloafonsina, esteve na Capital baiana no último dia 08, no Conselho de Medicina do Estando da Bahia-CREMEB, para protocolar denúncia pela constante falta de médicos no pronto socorro adulto e pediátrico do Hospital Nair Alves de Souza–HNAS, hospital este de referência de mais de 10(dez) anos na nossa região.


 


Esteve também no Ministério Público do Estado da Bahia, na Promotoria de Defesa da Saúde e da Cidadania, sendo atendido prontamente pela Promotora de plantão, que por sua vez, elogiou a atitude de Daniel Luiz pelo fiel cumprimento do seu papel como vereador e homem público, por se preocupar com as demandas que afligem a população, onde protocolou a denúncia, que foi imediatamente encaminhada ao Presidente do Tribunal para que despachasse e determinasse uma rigorosa apuração dos fatos.


 


No dia 04 do mês de julho do corrente ano, o vereador Daniel Luiz ao procurar o Pronto Socorro do Hospital Nair Alves de Souza–HNAS, pôde constatar que não havia médico plantonista no período da tarde e que não haveria também no período noturno, vale ressaltar que este fato efetivamente é corriqueiro na referida Instituição.


 


Indignado com o estado de abando com a saúde que estava o hospital, registrou o fato através de vídeos e fotos do seu próprio celular, mesmo com a tentativa de intimidação pelo policial de plantão da portaria que ora cumpria ordens da Direção.


 


Imediatamente, socorreu com o seu veículo particular, o paciente que lá chegou em estado de emergência levando para outro Hospital local para o pronto atendimento daquele, após isto, procurou a Delegacia de Polícia para registrar um boletim de ocorrência, pois tratava-se de um fato que envolvia a vida e o possível risco de morte que os pacientes corriam sem o devido socorro médico. Ressalte-se que o referido boletim policial foi anexado junto a denúncia ao Ministério Público e ao CREMEB.


 


Segundo o Vereador, teve conhecimento que a contratação e prestação dos serviços Hospital Nair Alves de Souza–HNAS é de responsabilidade do Instituto Médico de Pernambuco-IMIP, empresa médica terceirizada ganhadora da licitação pública da CHESF, que reloca recursos financeiros mensalmente para aquele Instituto a fim de garantir o atendimento médico, contudo, não há fiscalização nem punição, pois a própria Direção do Hospital responsável por esta incumbência é também terceirizada pelo IMIP ( ou seja, o IMIP fiscaliza o próprio IMIP).


 


O que provoca ainda mais indignação é o fato da direção administrativa da própria CHESF, em programa de rádio, defender os interesses da empresa terceirizada tentando justificar o injustificável, qual seja, a falta de médicos no Hospital, daí o Vereador pergunta à CHESF, se um paciente, ao chegar no pronto socorro do Hospital Nair Alves de Souza, deixar de ser atendido por não ter médico plantonista para socorrê-lo, vier a óbito, de quem é a culpa?


 


Assessoria do Vereador Daniel Luiz

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!