11 de agosto de 2022

Preso por estuprar filhas apanha em delegacia e morre; polícia investiga

A morte de um preso dentro da delegacia de Iaçu é investigada pela Polícia Civil. Leonidio Carmo de Oliveira, 51 anos, acusado de estuprar a mulher e as filhas de cinco e 13 anos, morreu na madrugada desta quarta-feira (9). Ele ainda chegou a ser socorrido para o Hospital Municipal da cidade, se queixando de dores no peito, mas não resistiu e morreu. O laudo da Polícia Técnica vai indicar a causa da morte.

Leonidio foi preso no bairro Portelinha na tarde de terça. Ele ficou cerca de 30 horas na delegacia e apanhou de um grupo de presos que protestava contra o crime que ele foi acusado. Os presos tiraram a calça de Leonidio e deram chineladas em suas nádegas. Depois, um dos custodiados inseriu um frasco de desodorante em Leonidio. Rafael de Oliveira, 19 anos, confessou ao delegado Renato Fernandes ser o responsável por essa última agressão.

Além de Rafael, o delegado autuou em flagrante, por suspeita de homicídio, nove presos que participaram do episódio na carceragem – Marcos Antônio da Silva, 18, Reginaldo Santos da Silva, 22, Vagner dos Anjos Rocha, 28, Evaldo Evangelista de Macedo, 20, Jon Leno Souza de Jesus, 23, Veranilton Conceição da Silva, 28, Edvando da Silva Mendes, 21, e Anildo Santana dos Santos, 19.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!