3 de julho de 2022

Prefeitura desmente informação de Montalvão sobre a receita do município

Modificada em 08/05/09 às 11h07min


O advogado Fernando Montalvão, especialista em Gestão Pública, foi autor de um artigo afirmando que a receita da prefeitura de Paulo Afonso no mês de abril foi de 17 milhões de reais. Os números da Secretaria de Finanças do Município são de 8,5 milhões.


 


O artigo publicado pelo advogado Fernando Montalvão no dia 03/05/09, mostrou o que seria a receita da Prefeitura Municipal de Paulo Afonso no mês de abril. Veja o trecho do artigo que tratou sobre esse assunto: “No mês de abril a receita de Paulo Afonso com as transferências da União e do Estado, excluídas a da arrecadação direta foi de R$ 17.141.925,00, creditado o valor líquido de R$ 10.453.163,63. É que R$ 6.289.788,37 são despesas debitadas diretamente quando do repasse dos recursos.”


 


A Prefeitura disse que essa informação está errada e equivocada. A receita segundo a nota foi de R$ 8.398.200,69. A resposta ao advogado foi dura “É necessário que as informações divulgadas sejam coerentes e tenham sustentação, ou que, no mínimo, estejam corretas. Do contrário, não teremos formadores de opinião, mas sim meros divulgadores de informações levianas e irresponsáveis.”


 


Veja na íntegra a informação da Prefeitura com a tabela das receitas do município nos primeiros quatro meses do ano:


 


RESPOSTA À DIVULGAÇÃO ERRADA DA ARRECADAÇÃO MUNICIPAL DO MÊS DE ABRIL/2009


 


A receita decorrente das transferências da União e do Estado para o Município de Paulo Afonso no mês de Abril/09 foi de R$ 8.398.200,69 (oito milhões, trezentos e noventa e oito mil e duzentos reais e sessenta e nove centavos), já inclusos o FUNDEB da Educação e as transferências da Saúde. Daí nossa surpresa com a notícia divulgada no site PAN Notícias, escrita pelo Sr. Fernando Montalvão, onde informa que o repasse para a Prefeitura é o dobro do que efetivamente foi transferido para os cofres municipais.


 


Esta informação, que induz a população ao erro, nos causa estranheza, principalmente por ter sido divulgada por um profissional bem informado. O que há de melhor na prática da democracia é a transparência, o acesso da população às informações da administração pública e a possibilidade de participar, seja através de sites, e-mails, blogs, jornais, revistas; sugerindo, opinando, criticando.


 


Agora, para que a democracia seja aplicada em sua totalidade, antes de tudo, é necessário que as informações divulgadas sejam coerentes e tenham sustentação, ou que, no mínimo, estejam corretas. Do contrário, não teremos formadores de opinião, mas sim meros divulgadores de informações levianas e irresponsáveis.


 


Segue abaixo quadro com a receita arrecadada pela Prefeitura Municipal de Paulo Afonso, de Janeiro a Abril de 2009.


 


DAF – Distribuição de Arrecadação Federal















RECEITA


JANEIRO/09


FEVEREIRO/09


MARÇO/09


ABRIL/09


FPM

Modificada em 08/05/09 às 11h07min


O advogado Fernando Montalvão, especialista em Gestão Pública, foi autor de um artigo afirmando que a receita da prefeitura de Paulo Afonso no mês de abril foi de 17 milhões de reais. Os números da Secretaria de Finanças do Município são de 8,5 milhões.


 


O artigo publicado pelo advogado Fernando Montalvão no dia 03/05/09, mostrou o que seria a receita da Prefeitura Municipal de Paulo Afonso no mês de abril. Veja o trecho do artigo que tratou sobre esse assunto: “No mês de abril a receita de Paulo Afonso com as transferências da União e do Estado, excluídas a da arrecadação direta foi de R$ 17.141.925,00, creditado o valor líquido de R$ 10.453.163,63. É que R$ 6.289.788,37 são despesas debitadas diretamente quando do repasse dos recursos.”


 


A Prefeitura disse que essa informação está errada e equivocada. A receita segundo a nota foi de R$ 8.398.200,69. A resposta ao advogado foi dura “É necessário que as informações divulgadas sejam coerentes e tenham sustentação, ou que, no mínimo, estejam corretas. Do contrário, não teremos formadores de opinião, mas sim meros divulgadores de informações levianas e irresponsáveis.”


 


Veja na íntegra a informação da Prefeitura com a tabela das receitas do município nos primeiros quatro meses do ano:


 


RESPOSTA À DIVULGAÇÃO ERRADA DA ARRECADAÇÃO MUNICIPAL DO MÊS DE ABRIL/2009


 


A receita decorrente das transferências da União e do Estado para o Município de Paulo Afonso no mês de Abril/09 foi de R$ 8.398.200,69 (oito milhões, trezentos e noventa e oito mil e duzentos reais e sessenta e nove centavos), já inclusos o FUNDEB da Educação e as transferências da Saúde. Daí nossa surpresa com a notícia divulgada no site PAN Notícias, escrita pelo Sr. Fernando Montalvão, onde informa que o repasse para a Prefeitura é o dobro do que efetivamente foi transferido para os cofres municipais.


 


Esta informação, que induz a população ao erro, nos causa estranheza, principalmente por ter sido divulgada por um profissional bem informado. O que há de melhor na prática da democracia é a transparência, o acesso da população às informações da administração pública e a possibilidade de participar, seja através de sites, e-mails, blogs, jornais, revistas; sugerindo, opinando, criticando.


 


Agora, para que a democracia seja aplicada em sua totalidade, antes de tudo, é necessário que as informações divulgadas sejam coerentes e tenham sustentação, ou que, no mínimo, estejam corretas. Do contrário, não teremos formadores de opinião, mas sim meros divulgadores de informações levianas e irresponsáveis.


 


Segue abaixo quadro com a receita arrecadada pela Prefeitura Municipal de Paulo Afonso, de Janeiro a Abril de 2009.


 


DAF – Distribuição de Arrecadação Federal















RECEITA


JANEIRO/09


FEVEREIRO/09


MARÇO/09


ABRIL/09


FPM

Modificada em 08/05/09 às 11h07min


O advogado Fernando Montalvão, especialista em Gestão Pública, foi autor de um artigo afirmando que a receita da prefeitura de Paulo Afonso no mês de abril foi de 17 milhões de reais. Os números da Secretaria de Finanças do Município são de 8,5 milhões.


 


O artigo publicado pelo advogado Fernando Montalvão no dia 03/05/09, mostrou o que seria a receita da Prefeitura Municipal de Paulo Afonso no mês de abril. Veja o trecho do artigo que tratou sobre esse assunto: “No mês de abril a receita de Paulo Afonso com as transferências da União e do Estado, excluídas a da arrecadação direta foi de R$ 17.141.925,00, creditado o valor líquido de R$ 10.453.163,63. É que R$ 6.289.788,37 são despesas debitadas diretamente quando do repasse dos recursos.”


 


A Prefeitura disse que essa informação está errada e equivocada. A receita segundo a nota foi de R$ 8.398.200,69. A resposta ao advogado foi dura “É necessário que as informações divulgadas sejam coerentes e tenham sustentação, ou que, no mínimo, estejam corretas. Do contrário, não teremos formadores de opinião, mas sim meros divulgadores de informações levianas e irresponsáveis.”


 


Veja na íntegra a informação da Prefeitura com a tabela das receitas do município nos primeiros quatro meses do ano:


 


RESPOSTA À DIVULGAÇÃO ERRADA DA ARRECADAÇÃO MUNICIPAL DO MÊS DE ABRIL/2009


 


A receita decorrente das transferências da União e do Estado para o Município de Paulo Afonso no mês de Abril/09 foi de R$ 8.398.200,69 (oito milhões, trezentos e noventa e oito mil e duzentos reais e sessenta e nove centavos), já inclusos o FUNDEB da Educação e as transferências da Saúde. Daí nossa surpresa com a notícia divulgada no site PAN Notícias, escrita pelo Sr. Fernando Montalvão, onde informa que o repasse para a Prefeitura é o dobro do que efetivamente foi transferido para os cofres municipais.


 


Esta informação, que induz a população ao erro, nos causa estranheza, principalmente por ter sido divulgada por um profissional bem informado. O que há de melhor na prática da democracia é a transparência, o acesso da população às informações da administração pública e a possibilidade de participar, seja através de sites, e-mails, blogs, jornais, revistas; sugerindo, opinando, criticando.


 


Agora, para que a democracia seja aplicada em sua totalidade, antes de tudo, é necessário que as informações divulgadas sejam coerentes e tenham sustentação, ou que, no mínimo, estejam corretas. Do contrário, não teremos formadores de opinião, mas sim meros divulgadores de informações levianas e irresponsáveis.


 


Segue abaixo quadro com a receita arrecadada pela Prefeitura Municipal de Paulo Afonso, de Janeiro a Abril de 2009.


 


DAF – Distribuição de Arrecadação Federal















RECEITA


JANEIRO/09


FEVEREIRO/09


MARÇO/09


ABRIL/09


FPM

Modificada em 08/05/09 às 11h07min


O advogado Fernando Montalvão, especialista em Gestão Pública, foi autor de um artigo afirmando que a receita da prefeitura de Paulo Afonso no mês de abril foi de 17 milhões de reais. Os números da Secretaria de Finanças do Município são de 8,5 milhões.


 


O artigo publicado pelo advogado Fernando Montalvão no dia 03/05/09, mostrou o que seria a receita da Prefeitura Municipal de Paulo Afonso no mês de abril. Veja o trecho do artigo que tratou sobre esse assunto: “No mês de abril a receita de Paulo Afonso com as transferências da União e do Estado, excluídas a da arrecadação direta foi de R$ 17.141.925,00, creditado o valor líquido de R$ 10.453.163,63. É que R$ 6.289.788,37 são despesas debitadas diretamente quando do repasse dos recursos.”


 


A Prefeitura disse que essa informação está errada e equivocada. A receita segundo a nota foi de R$ 8.398.200,69. A resposta ao advogado foi dura “É necessário que as informações divulgadas sejam coerentes e tenham sustentação, ou que, no mínimo, estejam corretas. Do contrário, não teremos formadores de opinião, mas sim meros divulgadores de informações levianas e irresponsáveis.”


 


Veja na íntegra a informação da Prefeitura com a tabela das receitas do município nos primeiros quatro meses do ano:


 


RESPOSTA À DIVULGAÇÃO ERRADA DA ARRECADAÇÃO MUNICIPAL DO MÊS DE ABRIL/2009


 


A receita decorrente das transferências da União e do Estado para o Município de Paulo Afonso no mês de Abril/09 foi de R$ 8.398.200,69 (oito milhões, trezentos e noventa e oito mil e duzentos reais e sessenta e nove centavos), já inclusos o FUNDEB da Educação e as transferências da Saúde. Daí nossa surpresa com a notícia divulgada no site PAN Notícias, escrita pelo Sr. Fernando Montalvão, onde informa que o repasse para a Prefeitura é o dobro do que efetivamente foi transferido para os cofres municipais.


 


Esta informação, que induz a população ao erro, nos causa estranheza, principalmente por ter sido divulgada por um profissional bem informado. O que há de melhor na prática da democracia é a transparência, o acesso da população às informações da administração pública e a possibilidade de participar, seja através de sites, e-mails, blogs, jornais, revistas; sugerindo, opinando, criticando.


 


Agora, para que a democracia seja aplicada em sua totalidade, antes de tudo, é necessário que as informações divulgadas sejam coerentes e tenham sustentação, ou que, no mínimo, estejam corretas. Do contrário, não teremos formadores de opinião, mas sim meros divulgadores de informações levianas e irresponsáveis.


 


Segue abaixo quadro com a receita arrecadada pela Prefeitura Municipal de Paulo Afonso, de Janeiro a Abril de 2009.


 


DAF – Distribuição de Arrecadação Federal















RECEITA


JANEIRO/09


FEVEREIRO/09


MARÇO/09


ABRIL/09


FPM

Modificada em 08/05/09 às 11h07min


O advogado Fernando Montalvão, especialista em Gestão Pública, foi autor de um artigo afirmando que a receita da prefeitura de Paulo Afonso no mês de abril foi de 17 milhões de reais. Os números da Secretaria de Finanças do Município são de 8,5 milhões.


 


O artigo publicado pelo advogado Fernando Montalvão no dia 03/05/09, mostrou o que seria a receita da Prefeitura Municipal de Paulo Afonso no mês de abril. Veja o trecho do artigo que tratou sobre esse assunto: “No mês de abril a receita de Paulo Afonso com as transferências da União e do Estado, excluídas a da arrecadação direta foi de R$ 17.141.925,00, creditado o valor líquido de R$ 10.453.163,63. É que R$ 6.289.788,37 são despesas debitadas diretamente quando do repasse dos recursos.”


 


A Prefeitura disse que essa informação está errada e equivocada. A receita segundo a nota foi de R$ 8.398.200,69. A resposta ao advogado foi dura “É necessário que as informações divulgadas sejam coerentes e tenham sustentação, ou que, no mínimo, estejam corretas. Do contrário, não teremos formadores de opinião, mas sim meros divulgadores de informações levianas e irresponsáveis.”


 


Veja na íntegra a informação da Prefeitura com a tabela das receitas do município nos primeiros quatro meses do ano:


 


RESPOSTA À DIVULGAÇÃO ERRADA DA ARRECADAÇÃO MUNICIPAL DO MÊS DE ABRIL/2009


 


A receita decorrente das transferências da União e do Estado para o Município de Paulo Afonso no mês de Abril/09 foi de R$ 8.398.200,69 (oito milhões, trezentos e noventa e oito mil e duzentos reais e sessenta e nove centavos), já inclusos o FUNDEB da Educação e as transferências da Saúde. Daí nossa surpresa com a notícia divulgada no site PAN Notícias, escrita pelo Sr. Fernando Montalvão, onde informa que o repasse para a Prefeitura é o dobro do que efetivamente foi transferido para os cofres municipais.


 


Esta informação, que induz a população ao erro, nos causa estranheza, principalmente por ter sido divulgada por um profissional bem informado. O que há de melhor na prática da democracia é a transparência, o acesso da população às informações da administração pública e a possibilidade de participar, seja através de sites, e-mails, blogs, jornais, revistas; sugerindo, opinando, criticando.


 


Agora, para que a democracia seja aplicada em sua totalidade, antes de tudo, é necessário que as informações divulgadas sejam coerentes e tenham sustentação, ou que, no mínimo, estejam corretas. Do contrário, não teremos formadores de opinião, mas sim meros divulgadores de informações levianas e irresponsáveis.


 


Segue abaixo quadro com a receita arrecadada pela Prefeitura Municipal de Paulo Afonso, de Janeiro a Abril de 2009.


 


DAF – Distribuição de Arrecadação Federal















RECEITA


JANEIRO/09


FEVEREIRO/09


MARÇO/09


ABRIL/09


FPM

Modificada em 08/05/09 às 11h07min


O advogado Fernando Montalvão, especialista em Gestão Pública, foi autor de um artigo afirmando que a receita da prefeitura de Paulo Afonso no mês de abril foi de 17 milhões de reais. Os números da Secretaria de Finanças do Município são de 8,5 milhões.


 


O artigo publicado pelo advogado Fernando Montalvão no dia 03/05/09, mostrou o que seria a receita da Prefeitura Municipal de Paulo Afonso no mês de abril. Veja o trecho do artigo que tratou sobre esse assunto: “No mês de abril a receita de Paulo Afonso com as transferências da União e do Estado, excluídas a da arrecadação direta foi de R$ 17.141.925,00, creditado o valor líquido de R$ 10.453.163,63. É que R$ 6.289.788,37 são despesas debitadas diretamente quando do repasse dos recursos.”


 


A Prefeitura disse que essa informação está errada e equivocada. A receita segundo a nota foi de R$ 8.398.200,69. A resposta ao advogado foi dura “É necessário que as informações divulgadas sejam coerentes e tenham sustentação, ou que, no mínimo, estejam corretas. Do contrário, não teremos formadores de opinião, mas sim meros divulgadores de informações levianas e irresponsáveis.”


 


Veja na íntegra a informação da Prefeitura com a tabela das receitas do município nos primeiros quatro meses do ano:


 


RESPOSTA À DIVULGAÇÃO ERRADA DA ARRECADAÇÃO MUNICIPAL DO MÊS DE ABRIL/2009


 


A receita decorrente das transferências da União e do Estado para o Município de Paulo Afonso no mês de Abril/09 foi de R$ 8.398.200,69 (oito milhões, trezentos e noventa e oito mil e duzentos reais e sessenta e nove centavos), já inclusos o FUNDEB da Educação e as transferências da Saúde. Daí nossa surpresa com a notícia divulgada no site PAN Notícias, escrita pelo Sr. Fernando Montalvão, onde informa que o repasse para a Prefeitura é o dobro do que efetivamente foi transferido para os cofres municipais.


 


Esta informação, que induz a população ao erro, nos causa estranheza, principalmente por ter sido divulgada por um profissional bem informado. O que há de melhor na prática da democracia é a transparência, o acesso da população às informações da administração pública e a possibilidade de participar, seja através de sites, e-mails, blogs, jornais, revistas; sugerindo, opinando, criticando.


 


Agora, para que a democracia seja aplicada em sua totalidade, antes de tudo, é necessário que as informações divulgadas sejam coerentes e tenham sustentação, ou que, no mínimo, estejam corretas. Do contrário, não teremos formadores de opinião, mas sim meros divulgadores de informações levianas e irresponsáveis.


 


Segue abaixo quadro com a receita arrecadada pela Prefeitura Municipal de Paulo Afonso, de Janeiro a Abril de 2009.


 


DAF – Distribuição de Arrecadação Federal















RECEITA


JANEIRO/09


FEVEREIRO/09


MARÇO/09


ABRIL/09


FPM

Modificada em 08/05/09 às 11h07min


O advogado Fernando Montalvão, especialista em Gestão Pública, foi autor de um artigo afirmando que a receita da prefeitura de Paulo Afonso no mês de abril foi de 17 milhões de reais. Os números da Secretaria de Finanças do Município são de 8,5 milhões.


 


O artigo publicado pelo advogado Fernando Montalvão no dia 03/05/09, mostrou o que seria a receita da Prefeitura Municipal de Paulo Afonso no mês de abril. Veja o trecho do artigo que tratou sobre esse assunto: “No mês de abril a receita de Paulo Afonso com as transferências da União e do Estado, excluídas a da arrecadação direta foi de R$ 17.141.925,00, creditado o valor líquido de R$ 10.453.163,63. É que R$ 6.289.788,37 são despesas debitadas diretamente quando do repasse dos recursos.”


 


A Prefeitura disse que essa informação está errada e equivocada. A receita segundo a nota foi de R$ 8.398.200,69. A resposta ao advogado foi dura “É necessário que as informações divulgadas sejam coerentes e tenham sustentação, ou que, no mínimo, estejam corretas. Do contrário, não teremos formadores de opinião, mas sim meros divulgadores de informações levianas e irresponsáveis.”


 


Veja na íntegra a informação da Prefeitura com a tabela das receitas do município nos primeiros quatro meses do ano:


 


RESPOSTA À DIVULGAÇÃO ERRADA DA ARRECADAÇÃO MUNICIPAL DO MÊS DE ABRIL/2009


 


A receita decorrente das transferências da União e do Estado para o Município de Paulo Afonso no mês de Abril/09 foi de R$ 8.398.200,69 (oito milhões, trezentos e noventa e oito mil e duzentos reais e sessenta e nove centavos), já inclusos o FUNDEB da Educação e as transferências da Saúde. Daí nossa surpresa com a notícia divulgada no site PAN Notícias, escrita pelo Sr. Fernando Montalvão, onde informa que o repasse para a Prefeitura é o dobro do que efetivamente foi transferido para os cofres municipais.


 


Esta informação, que induz a população ao erro, nos causa estranheza, principalmente por ter sido divulgada por um profissional bem informado. O que há de melhor na prática da democracia é a transparência, o acesso da população às informações da administração pública e a possibilidade de participar, seja através de sites, e-mails, blogs, jornais, revistas; sugerindo, opinando, criticando.


 


Agora, para que a democracia seja aplicada em sua totalidade, antes de tudo, é necessário que as informações divulgadas sejam coerentes e tenham sustentação, ou que, no mínimo, estejam corretas. Do contrário, não teremos formadores de opinião, mas sim meros divulgadores de informações levianas e irresponsáveis.


 


Segue abaixo quadro com a receita arrecadada pela Prefeitura Municipal de Paulo Afonso, de Janeiro a Abril de 2009.


 


DAF – Distribuição de Arrecadação Federal















RECEITA


JANEIRO/09


FEVEREIRO/09


MARÇO/09


ABRIL/09


FPM

Modificada em 08/05/09 às 11h07min


O advogado Fernando Montalvão, especialista em Gestão Pública, foi autor de um artigo afirmando que a receita da prefeitura de Paulo Afonso no mês de abril foi de 17 milhões de reais. Os números da Secretaria de Finanças do Município são de 8,5 milhões.


 


O artigo publicado pelo advogado Fernando Montalvão no dia 03/05/09, mostrou o que seria a receita da Prefeitura Municipal de Paulo Afonso no mês de abril. Veja o trecho do artigo que tratou sobre esse assunto: “No mês de abril a receita de Paulo Afonso com as transferências da União e do Estado, excluídas a da arrecadação direta foi de R$ 17.141.925,00, creditado o valor líquido de R$ 10.453.163,63. É que R$ 6.289.788,37 são despesas debitadas diretamente quando do repasse dos recursos.”


 


A Prefeitura disse que essa informação está errada e equivocada. A receita segundo a nota foi de R$ 8.398.200,69. A resposta ao advogado foi dura “É necessário que as informações divulgadas sejam coerentes e tenham sustentação, ou que, no mínimo, estejam corretas. Do contrário, não teremos formadores de opinião, mas sim meros divulgadores de informações levianas e irresponsáveis.”


 


Veja na íntegra a informação da Prefeitura com a tabela das receitas do município nos primeiros quatro meses do ano:


 


RESPOSTA À DIVULGAÇÃO ERRADA DA ARRECADAÇÃO MUNICIPAL DO MÊS DE ABRIL/2009


 


A receita decorrente das transferências da União e do Estado para o Município de Paulo Afonso no mês de Abril/09 foi de R$ 8.398.200,69 (oito milhões, trezentos e noventa e oito mil e duzentos reais e sessenta e nove centavos), já inclusos o FUNDEB da Educação e as transferências da Saúde. Daí nossa surpresa com a notícia divulgada no site PAN Notícias, escrita pelo Sr. Fernando Montalvão, onde informa que o repasse para a Prefeitura é o dobro do que efetivamente foi transferido para os cofres municipais.


 


Esta informação, que induz a população ao erro, nos causa estranheza, principalmente por ter sido divulgada por um profissional bem informado. O que há de melhor na prática da democracia é a transparência, o acesso da população às informações da administração pública e a possibilidade de participar, seja através de sites, e-mails, blogs, jornais, revistas; sugerindo, opinando, criticando.


 


Agora, para que a democracia seja aplicada em sua totalidade, antes de tudo, é necessário que as informações divulgadas sejam coerentes e tenham sustentação, ou que, no mínimo, estejam corretas. Do contrário, não teremos formadores de opinião, mas sim meros divulgadores de informações levianas e irresponsáveis.


 


Segue abaixo quadro com a receita arrecadada pela Prefeitura Municipal de Paulo Afonso, de Janeiro a Abril de 2009.


 


DAF – Distribuição de Arrecadação Federal















RECEITA


JANEIRO/09


FEVEREIRO/09


MARÇO/09


ABRIL/09


FPM

Modificada em 08/05/09 às 11h07min


O advogado Fernando Montalvão, especialista em Gestão Pública, foi autor de um artigo afirmando que a receita da prefeitura de Paulo Afonso no mês de abril foi de 17 milhões de reais. Os números da Secretaria de Finanças do Município são de 8,5 milhões.


 


O artigo publicado pelo advogado Fernando Montalvão no dia 03/05/09, mostrou o que seria a receita da Prefeitura Municipal de Paulo Afonso no mês de abril. Veja o trecho do artigo que tratou sobre esse assunto: “No mês de abril a receita de Paulo Afonso com as transferências da União e do Estado, excluídas a da arrecadação direta foi de R$ 17.141.925,00, creditado o valor líquido de R$ 10.453.163,63. É que R$ 6.289.788,37 são despesas debitadas diretamente quando do repasse dos recursos.”


 


A Prefeitura disse que essa informação está errada e equivocada. A receita segundo a nota foi de R$ 8.398.200,69. A resposta ao advogado foi dura “É necessário que as informações divulgadas sejam coerentes e tenham sustentação, ou que, no mínimo, estejam corretas. Do contrário, não teremos formadores de opinião, mas sim meros divulgadores de informações levianas e irresponsáveis.”


 


Veja na íntegra a informação da Prefeitura com a tabela das receitas do município nos primeiros quatro meses do ano:


 


RESPOSTA À DIVULGAÇÃO ERRADA DA ARRECADAÇÃO MUNICIPAL DO MÊS DE ABRIL/2009


 


A receita decorrente das transferências da União e do Estado para o Município de Paulo Afonso no mês de Abril/09 foi de R$ 8.398.200,69 (oito milhões, trezentos e noventa e oito mil e duzentos reais e sessenta e nove centavos), já inclusos o FUNDEB da Educação e as transferências da Saúde. Daí nossa surpresa com a notícia divulgada no site PAN Notícias, escrita pelo Sr. Fernando Montalvão, onde informa que o repasse para a Prefeitura é o dobro do que efetivamente foi transferido para os cofres municipais.


 


Esta informação, que induz a população ao erro, nos causa estranheza, principalmente por ter sido divulgada por um profissional bem informado. O que há de melhor na prática da democracia é a transparência, o acesso da população às informações da administração pública e a possibilidade de participar, seja através de sites, e-mails, blogs, jornais, revistas; sugerindo, opinando, criticando.


 


Agora, para que a democracia seja aplicada em sua totalidade, antes de tudo, é necessário que as informações divulgadas sejam coerentes e tenham sustentação, ou que, no mínimo, estejam corretas. Do contrário, não teremos formadores de opinião, mas sim meros divulgadores de informações levianas e irresponsáveis.


 


Segue abaixo quadro com a receita arrecadada pela Prefeitura Municipal de Paulo Afonso, de Janeiro a Abril de 2009.


 


DAF – Distribuição de Arrecadação Federal















RECEITA


JANEIRO/09


FEVEREIRO/09


MARÇO/09


ABRIL/09


FPM

Modificada em 08/05/09 às 11h07min


O advogado Fernando Montalvão, especialista em Gestão Pública, foi autor de um artigo afirmando que a receita da prefeitura de Paulo Afonso no mês de abril foi de 17 milhões de reais. Os números da Secretaria de Finanças do Município são de 8,5 milhões.


 


O artigo publicado pelo advogado Fernando Montalvão no dia 03/05/09, mostrou o que seria a receita da Prefeitura Municipal de Paulo Afonso no mês de abril. Veja o trecho do artigo que tratou sobre esse assunto: “No mês de abril a receita de Paulo Afonso com as transferências da União e do Estado, excluídas a da arrecadação direta foi de R$ 17.141.925,00, creditado o valor líquido de R$ 10.453.163,63. É que R$ 6.289.788,37 são despesas debitadas diretamente quando do repasse dos recursos.”


 


A Prefeitura disse que essa informação está errada e equivocada. A receita segundo a nota foi de R$ 8.398.200,69. A resposta ao advogado foi dura “É necessário que as informações divulgadas sejam coerentes e tenham sustentação, ou que, no mínimo, estejam corretas. Do contrário, não teremos formadores de opinião, mas sim meros divulgadores de informações levianas e irresponsáveis.”


 


Veja na íntegra a informação da Prefeitura com a tabela das receitas do município nos primeiros quatro meses do ano:


 


RESPOSTA À DIVULGAÇÃO ERRADA DA ARRECADAÇÃO MUNICIPAL DO MÊS DE ABRIL/2009


 


A receita decorrente das transferências da União e do Estado para o Município de Paulo Afonso no mês de Abril/09 foi de R$ 8.398.200,69 (oito milhões, trezentos e noventa e oito mil e duzentos reais e sessenta e nove centavos), já inclusos o FUNDEB da Educação e as transferências da Saúde. Daí nossa surpresa com a notícia divulgada no site PAN Notícias, escrita pelo Sr. Fernando Montalvão, onde informa que o repasse para a Prefeitura é o dobro do que efetivamente foi transferido para os cofres municipais.


 


Esta informação, que induz a população ao erro, nos causa estranheza, principalmente por ter sido divulgada por um profissional bem informado. O que há de melhor na prática da democracia é a transparência, o acesso da população às informações da administração pública e a possibilidade de participar, seja através de sites, e-mails, blogs, jornais, revistas; sugerindo, opinando, criticando.


 


Agora, para que a democracia seja aplicada em sua totalidade, antes de tudo, é necessário que as informações divulgadas sejam coerentes e tenham sustentação, ou que, no mínimo, estejam corretas. Do contrário, não teremos formadores de opinião, mas sim meros divulgadores de informações levianas e irresponsáveis.


 


Segue abaixo quadro com a receita arrecadada pela Prefeitura Municipal de Paulo Afonso, de Janeiro a Abril de 2009.


 


DAF – Distribuição de Arrecadação Federal















RECEITA


JANEIRO/09


FEVEREIRO/09


MARÇO/09


ABRIL/09


FPM

Modificada em 08/05/09 às 11h07min


O advogado Fernando Montalvão, especialista em Gestão Pública, foi autor de um artigo afirmando que a receita da prefeitura de Paulo Afonso no mês de abril foi de 17 milhões de reais. Os números da Secretaria de Finanças do Município são de 8,5 milhões.


 


O artigo publicado pelo advogado Fernando Montalvão no dia 03/05/09, mostrou o que seria a receita da Prefeitura Municipal de Paulo Afonso no mês de abril. Veja o trecho do artigo que tratou sobre esse assunto: “No mês de abril a receita de Paulo Afonso com as transferências da União e do Estado, excluídas a da arrecadação direta foi de R$ 17.141.925,00, creditado o valor líquido de R$ 10.453.163,63. É que R$ 6.289.788,37 são despesas debitadas diretamente quando do repasse dos recursos.”


 


A Prefeitura disse que essa informação está errada e equivocada. A receita segundo a nota foi de R$ 8.398.200,69. A resposta ao advogado foi dura “É necessário que as informações divulgadas sejam coerentes e tenham sustentação, ou que, no mínimo, estejam corretas. Do contrário, não teremos formadores de opinião, mas sim meros divulgadores de informações levianas e irresponsáveis.”


 


Veja na íntegra a informação da Prefeitura com a tabela das receitas do município nos primeiros quatro meses do ano:


 


RESPOSTA À DIVULGAÇÃO ERRADA DA ARRECADAÇÃO MUNICIPAL DO MÊS DE ABRIL/2009


 


A receita decorrente das transferências da União e do Estado para o Município de Paulo Afonso no mês de Abril/09 foi de R$ 8.398.200,69 (oito milhões, trezentos e noventa e oito mil e duzentos reais e sessenta e nove centavos), já inclusos o FUNDEB da Educação e as transferências da Saúde. Daí nossa surpresa com a notícia divulgada no site PAN Notícias, escrita pelo Sr. Fernando Montalvão, onde informa que o repasse para a Prefeitura é o dobro do que efetivamente foi transferido para os cofres municipais.


 


Esta informação, que induz a população ao erro, nos causa estranheza, principalmente por ter sido divulgada por um profissional bem informado. O que há de melhor na prática da democracia é a transparência, o acesso da população às informações da administração pública e a possibilidade de participar, seja através de sites, e-mails, blogs, jornais, revistas; sugerindo, opinando, criticando.


 


Agora, para que a democracia seja aplicada em sua totalidade, antes de tudo, é necessário que as informações divulgadas sejam coerentes e tenham sustentação, ou que, no mínimo, estejam corretas. Do contrário, não teremos formadores de opinião, mas sim meros divulgadores de informações levianas e irresponsáveis.


 


Segue abaixo quadro com a receita arrecadada pela Prefeitura Municipal de Paulo Afonso, de Janeiro a Abril de 2009.


 


DAF – Distribuição de Arrecadação Federal















RECEITA


JANEIRO/09


FEVEREIRO/09


MARÇO/09


ABRIL/09


FPM

Modificada em 08/05/09 às 11h07min


O advogado Fernando Montalvão, especialista em Gestão Pública, foi autor de um artigo afirmando que a receita da prefeitura de Paulo Afonso no mês de abril foi de 17 milhões de reais. Os números da Secretaria de Finanças do Município são de 8,5 milhões.


 


O artigo publicado pelo advogado Fernando Montalvão no dia 03/05/09, mostrou o que seria a receita da Prefeitura Municipal de Paulo Afonso no mês de abril. Veja o trecho do artigo que tratou sobre esse assunto: “No mês de abril a receita de Paulo Afonso com as transferências da União e do Estado, excluídas a da arrecadação direta foi de R$ 17.141.925,00, creditado o valor líquido de R$ 10.453.163,63. É que R$ 6.289.788,37 são despesas debitadas diretamente quando do repasse dos recursos.”


 


A Prefeitura disse que essa informação está errada e equivocada. A receita segundo a nota foi de R$ 8.398.200,69. A resposta ao advogado foi dura “É necessário que as informações divulgadas sejam coerentes e tenham sustentação, ou que, no mínimo, estejam corretas. Do contrário, não teremos formadores de opinião, mas sim meros divulgadores de informações levianas e irresponsáveis.”


 


Veja na íntegra a informação da Prefeitura com a tabela das receitas do município nos primeiros quatro meses do ano:


 


RESPOSTA À DIVULGAÇÃO ERRADA DA ARRECADAÇÃO MUNICIPAL DO MÊS DE ABRIL/2009


 


A receita decorrente das transferências da União e do Estado para o Município de Paulo Afonso no mês de Abril/09 foi de R$ 8.398.200,69 (oito milhões, trezentos e noventa e oito mil e duzentos reais e sessenta e nove centavos), já inclusos o FUNDEB da Educação e as transferências da Saúde. Daí nossa surpresa com a notícia divulgada no site PAN Notícias, escrita pelo Sr. Fernando Montalvão, onde informa que o repasse para a Prefeitura é o dobro do que efetivamente foi transferido para os cofres municipais.


 


Esta informação, que induz a população ao erro, nos causa estranheza, principalmente por ter sido divulgada por um profissional bem informado. O que há de melhor na prática da democracia é a transparência, o acesso da população às informações da administração pública e a possibilidade de participar, seja através de sites, e-mails, blogs, jornais, revistas; sugerindo, opinando, criticando.


 


Agora, para que a democracia seja aplicada em sua totalidade, antes de tudo, é necessário que as informações divulgadas sejam coerentes e tenham sustentação, ou que, no mínimo, estejam corretas. Do contrário, não teremos formadores de opinião, mas sim meros divulgadores de informações levianas e irresponsáveis.


 


Segue abaixo quadro com a receita arrecadada pela Prefeitura Municipal de Paulo Afonso, de Janeiro a Abril de 2009.


 


DAF – Distribuição de Arrecadação Federal















RECEITA


JANEIRO/09


FEVEREIRO/09


MARÇO/09


ABRIL/09


FPM

Modificada em 08/05/09 às 11h07min


O advogado Fernando Montalvão, especialista em Gestão Pública, foi autor de um artigo afirmando que a receita da prefeitura de Paulo Afonso no mês de abril foi de 17 milhões de reais. Os números da Secretaria de Finanças do Município são de 8,5 milhões.


 


O artigo publicado pelo advogado Fernando Montalvão no dia 03/05/09, mostrou o que seria a receita da Prefeitura Municipal de Paulo Afonso no mês de abril. Veja o trecho do artigo que tratou sobre esse assunto: “No mês de abril a receita de Paulo Afonso com as transferências da União e do Estado, excluídas a da arrecadação direta foi de R$ 17.141.925,00, creditado o valor líquido de R$ 10.453.163,63. É que R$ 6.289.788,37 são despesas debitadas diretamente quando do repasse dos recursos.”


 


A Prefeitura disse que essa informação está errada e equivocada. A receita segundo a nota foi de R$ 8.398.200,69. A resposta ao advogado foi dura “É necessário que as informações divulgadas sejam coerentes e tenham sustentação, ou que, no mínimo, estejam corretas. Do contrário, não teremos formadores de opinião, mas sim meros divulgadores de informações levianas e irresponsáveis.”


 


Veja na íntegra a informação da Prefeitura com a tabela das receitas do município nos primeiros quatro meses do ano:


 


RESPOSTA À DIVULGAÇÃO ERRADA DA ARRECADAÇÃO MUNICIPAL DO MÊS DE ABRIL/2009


 


A receita decorrente das transferências da União e do Estado para o Município de Paulo Afonso no mês de Abril/09 foi de R$ 8.398.200,69 (oito milhões, trezentos e noventa e oito mil e duzentos reais e sessenta e nove centavos), já inclusos o FUNDEB da Educação e as transferências da Saúde. Daí nossa surpresa com a notícia divulgada no site PAN Notícias, escrita pelo Sr. Fernando Montalvão, onde informa que o repasse para a Prefeitura é o dobro do que efetivamente foi transferido para os cofres municipais.


 


Esta informação, que induz a população ao erro, nos causa estranheza, principalmente por ter sido divulgada por um profissional bem informado. O que há de melhor na prática da democracia é a transparência, o acesso da população às informações da administração pública e a possibilidade de participar, seja através de sites, e-mails, blogs, jornais, revistas; sugerindo, opinando, criticando.


 


Agora, para que a democracia seja aplicada em sua totalidade, antes de tudo, é necessário que as informações divulgadas sejam coerentes e tenham sustentação, ou que, no mínimo, estejam corretas. Do contrário, não teremos formadores de opinião, mas sim meros divulgadores de informações levianas e irresponsáveis.


 


Segue abaixo quadro com a receita arrecadada pela Prefeitura Municipal de Paulo Afonso, de Janeiro a Abril de 2009.


 


DAF – Distribuição de Arrecadação Federal









RECEITA


JANEIRO/09

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!