6 de julho de 2022

Artur Silva – De vendedor de pão a seu próprio patrão

Artur Silva, 59 anos e filho de pernambucanos, já adotou Paulo Afonso como cidade de coração desde os seus 6 anos de idade. Seus pais como muitas outras famílias, vieram para a cidade devido à oferta de emprego causada pela construção das usinas.


 


Desde os seus oitos anos que ele sabe muito bem o que é trabalho. Até virar seu próprio patrão já pegou frete na feira, vendeu pão, foi mecânico, motorista, operador de máquinas, trabalhou em posto de gasolina…


 


Mas foi quando Artur trabalhou na construtora Gilvo de Castro, que o proprietário, Gilvo, lhe orientou a trabalhar por contra própria. Algumas empresas já estavam indo embora de Paulo Afonso, não estava mais tendo campo de trabalho e a própria construtora já acabava suas atividades nas obras da CHESF.


 


Desde os anos 90, Artur deixou de ser empregado para se tornar patrão na Rondon Construções, onde fornece material e prestação de serviços. Sua esposa, Quitéria Duque, pegou no pesado quando em épocas atrás não era possível contratar funcionário, sendo importante sua participação nas conquistas que possuem hoje.


 


“Mas ainda tem muita coisa pra gente adquirir. Eu só vou me considerar realizado quando os meus filhos tiverem formados e vivendo por conta própria”, completou Artur Silva.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!