5 de julho de 2022

Mulher agredida mostra hematoma causado pelo Diretor do Hospital da Chesf

A dona de casa Gelda Maria dos Santos Silva não só falou como mostrou os hematomas no braço (ver foto) causados pelas agressões do Diretor Administrativo do Hospital Nair Alves de Souza (HNAS). A entrevista foi ao ar no Programa “Ronda 950” da Rádio Bahia Nordeste. Veja o relato da vítima:


 


“Aconteceu o seguinte, eu cheguei passando mal aponto de ter um AVC (Acidente Vascular Cerebral) e meu marido conseguiu com a Dra. Francisca que eu fosse atendida pela emergência, porque eu não estava mais em condições de ficar de pé aguardando. Então desse modo eu entrei, assim que entrei, ele o Diretor do hospital me perguntou: O que a senhora está fazendo aqui dentro? Até então eu não sabia quem era ele, estava com uma roupa azul nem percebi que era ele, enfim não sabia de nada. Foi quando eu falei assim: A enfermeira chefe pediu que eu entrasse pra ser medicada, ser atendida pela Dra. Francisca porque eu não estou agüentando mais ficar de pé, em resposta o diretor do hospital Nair me disse: “A senhora vai sair daqui agora! Agora! Então eu falei: Não, mas como? Eu estava lá fora e vocês pediram para eu entrar, e agora vocês querem que eu saia? Eu não vou sair, eu vou ficar aqui, a Dra. Francisca pediu que eu aguardasse, que eu me acalmasse, daí ele continuou gritando comigo, com  a enfermeira chefe e inclusive com a Dra. Francisca. Isto daqui é privilégio, e a doutora lhe dizia: calma! Vamos resolver entre nós, não é privilégio, a moça está passando pela emergência, já é a segunda vez que ela é atendida, ontem à noite ela esteve aqui com a mesma dor de cabeça. Então pediu que eu aguardasse e eu falei assim: Não vou sair daqui, o senhor não vai me tirar daqui, eu estava  sentindo muita dor, estava nervosa e ele falou alto comigo apontando o dedo na direção do meu rosto. Logo depois eu falei assim: Eu quero saber o nome do senhor, quem é o senhor? Por que o senhor está me tratando desse jeito?


Ele entrou na sala da Doutora e veio de repente, agarrou o meu pescoço e disse assim: Eu sou o diretor do hospital por quê? Quer fazer o que? O que você vai fazer? Vai fazer o quê? Aí ele me pegou e me puxou pra dentro da sala, aí minha bolsa caiu e eu já passando mal, caiu minha bolsa, meus óculos, eu caí no chão também, ele me chutou, socou meu braço esquerdo.”


 


Gelda Maria denunciou o médico na Delegacia da Mulher por agressões física e verbal no dia 22/04.


 


Dois dias após o fato, o Diretor do Hospital também prestou queixa vítima de agressão. Veja o conteudo do Boletim de Ocorrência:


 


O doutor Luís Aureliano Diretor do Hospital Nair Alves de Souza também registrou um boletim de ocorrência na Delegacia de Polícia devido  ter sofrido agressão física. Segundo o relato do registro de ocorrência “o doutor Luís Aureliano foi vítima de agressão física, uma senhora de nome Gelda Maria dos Santos Silva que reside na rua Erocilda Patriota n° 259, Bairro Perpétuo Socorro, o agrediu fisicamente com socos e pontapés pelo motivo de querer ser atendida antes de outras pessoas que estavam a sua frente”. Ainda segundo a ocorrência “O doutor Luís Aureliano Diretor do Hospital Nair Alves de Souza estava de plantão quando a senhora Gelda quis de toda forma ser atendida antes de pessoas que estavam em sua frente e tinham chegado mais cedo no hospital. O doutor Aureliano pediu a mesma para aguardar a sua vez para receber o atendimento, dona Gelda não se conformou de ter que esperar e investiu em direção ao doutor Aureliano dando-lhe várias bolsadas causando uma contusão no dedo anular do doutor Aureliano,  para se defender colocou a mão na frente. Pouco depois veio o vigilante e conseguiu controlar a senhora Gelda que após se acalmar foi atendida”.


 


Através de um Comunicado Público, a Administração Regional da Chesf, que administra o Hospital Nair Alves de Souza, se manifestou da seguinte maneira: 


 


“A CHESF, no tocante aos fatos noticiados pelos órgãos de imprensa locais, tido por ocorridos no Hospital Nair Alves de Souza, no pronto-socorro adulto, no dia de ontem, 22/04/2009, envolvendo o Diretor Técnico, Doutor Aureliano, esclarece que a Administração Regional está apurando os mesmos visando, ao final dessa apuração, aplicar as possíveis medidas legais que o caso assim exigir.”

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!